Rússia, a terra da Copa, permite por lei que homens batam nas mulheres

Basta um dado sobre a violência contra a mulher para entender a dimensão do problema no Brasil: aqui, por hora, cerca de 500 brasileiras são agredidas, em sua vasta maioria em casa pelos próprios maridos. Mas a situação na Rússia consegue ser pior.

E ainda que se trate de assombrosa estatística, outros países conseguem ser consideravelmente piores – e a atual sede da Copa do Mundo, a Rússia, é definitivamente um deles. Nascer mulher por lá é conviver com níveis assustadores de violência, e pior: muitas vezes com a complacência ou mesmo a concordância das autoridades e das leis.

Os dados de violência por hora na Rússia contra mulheres são quase três vezes piores que os brasileiros: por lá, enquanto acontece o primeiro tempo e o intervalo de uma partida da Copa, antes do segundo tempo começar, uma média de 1.370 mulheres terão sofrido episódios de violência.

E uma lei em especial, apelidada de de “lei do tapa“, ilustra os costumes e a própria Constituição russa, assim como o terrível impacto que o legislativo pode causar diretamente na vida das pessoas.

A lei sobre violência doméstica na Rússia prevê que boa parte das agressões deve ser resolvida em casa, sem a interferência da polícia – a não ser que as mulheres ou mesmo as crianças sejam hospitalizadas ou estejam em estado grave de saúde.

Sem ossos quebrados, sangue ou coisa do tipo, a orientação da polícia é de simplesmente conversar com o agressor, na maioria das vezes pelo telefone – ou realmente não fazer nada. Não é incomum que casos de agressões se transformem em situações extremas de violência, assassinato ou tortura contra mulheres.

Cerca de 40% dos crimes no país são cometidos por familiares, em casa, mas as questões de gênero ou de direitos humanos são desprezadas por políticos – que vão ao extremo oposto, criando leis como a “antipropaganda gay” ou a “lei do tapa” supracitada, ambas criadas por uma parlamentar mulher.

Com a lei, se um homem der socos, tapas ou mesmo provocar cortes em sua esposa ou nos seus filhos, o máximo que lhe ocorrerá é o pagamento de uma multa de 470 dólares, e eventualmente uma detenção de duas semanas.

Segundo o Hypeness, trata-se da “legalização da violência doméstica, justificada pelos costumes, pela defesa da família, por premissas religiosas ou pelo apelo popular de uma parte dos russos”.

Existem, claro, outras parlamentares lutando pelo direito das mulheres e dos homossexuais no país, mas a luta é ainda árdua: não há nada similar a uma Lei Maria da Penha para proteger as mulheres minimamente.

Ciberia // Hypeness

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Enquanto isso, a Lei Maria da Penha (tida pela ONU como uma das três melhores legislações do mundo no enfrentamento à violência contra as mulheres), sancionada por Lula em 2006 e grandemente robustecida durante o governo Dilma não teve assim tanto reconhecimento ou consideração pelas brasileiras. Elas é que estiveram em maior número no apoio ao impeachment. Concordo plenamente com quem diz que o machismo, frequentemente, é maior entre mulheres que entre homens.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …

Covid-19: Governo chinês recompensa quem se vacina distribuindo ovos

Primeiro país afetado pela Covid-19, mas também o primeiro a se recuperar da pandemia, a China ainda encontra dificuldades para convencer sua população a se vacinar contra o coronavírus. O governo em algumas regiões …

Bloomberg revela planos de Biden de cortar orçamento do Pentágono

A administração Biden alegadamente pretende propor ao Pentágono um orçamento menor do que sob a administração Trump, reportou a agência Bloomberg citando três fontes. De acordo com agência, o orçamento será US$ 7 bilhões menor (cerca …

Cientistas revelam ameaça de grande desabamento de plataformas de gelo na Antártida

Novo estudo demonstrou que mais de um terço da área das plataformas de gelo na Antártida pode cair no mar se as temperaturas globais aumentarem em quatro graus, em comparação com o nível pré-industrial. De acordo …

“É como um lindo instrumento”: mais de 2 mil microfones desvendam o mistério o zunido dos beija-flores

O beija-flor faz um agradável zumbido quando paira na frente das flores para se alimentar. Mas só agora ficou claro como suas asas gera o som harmônico enquanto bate suas asas a impressionantes 40 vezes …

Barroso determina que presidente do Senado instale "CPI da covid"

Pedido para criar a comissão foi protocolado no início de fevereiro, mas Rodrigo Pacheco resistia. Colegiado deve apurar irregularidades e pode gerar desgaste ao governo. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou …

Cientistas descobrem segredo do computador de mais de 2 mil anos

A Máquina de Anticítera permanecia há mais de um século como um dos grandes mistérios do planeta até março desse ano: espécie de primeiro computador da história, o mecanismo com mais de 2 mil anos …