O Saara oscila de deserto a “espaço verde” a cada 20 mil anos

A poeira depositada nas costas da África Ocidental durante os últimos 240 mil anos revela que o Saara – o maior deserto do mundo – oscilou entre climas úmidos e secos a cada 20 mil anos.

Segundo os cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), que realizaram a pesquisa, o pêndulo climático deve-se, principalmente, às mudanças sentidas no eixo da Terra à medida que o planeta orbita o Sol.

Por sua vez, a rotação afeta a distribuição de luz solar entre as estações: a cada 20 mil anos, a Terra muda de uma maior luz solar no verão para uma menor e vice-versa. Essas mudanças implicam, consequentemente, uma oscilação entre um clima mais úmido e um mais seco.

“Nossos resultados sugerem que a história do clima do norte da África dá-se predominante nesse ritmo de 20 mil anos, indo e voltando entre um Saara verde e um Saara seco”, disse David McGee, professor associado do Departamento de Ciências Atmosféricas e da Terra, citado em comunicado.

Os cientistas acreditam que esse espaço de tempo pode ser útil para entender melhor a história do maior deserto do mundo, e para entender quais espaços de tempo podem ter sido propícios para que humanos colonizassem o Saara e se dispersassem para fora da África.

Todos os anos, os ventos que sopram do nordeste varrem centenas de milhões de toneladas de poeira do Saara, depositando grande parte destes sedimentos no Oceano Atlântico, na costa da África Ocidental, e chegando até mesmo à floresta amazônica.

As camadas dessa poeira, acumuladas ao longo de centenas de milhares de anos, podem servir como uma espécie de crônica geológica da história climática do norte da África: as camadas de poeira mais espessa podem indicar períodos áridos, enquanto as camadas com menor quantidade de sedimentos podem indicar períodos de tempo mais úmidos.

McGee e sua equipe publicaram os resultados do estudo nos Science Advances.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Universidade egípcia expulsa aluna por abraçar o noivo (fora do campus)

A aluna abraçou o noivo quando o rapaz a pediu em casamento, mas o gesto, que não aconteceu no interior do campus, foi o suficiente para a jovem ser expulsa pela universidade. A universidade egípcia de Al …

Escultura “McJesus” provoca protestos em Israel

Uma escultura representando a figura de Ronald McDonald (da cadeia de fast food McDonald’s) crucificado, em uma exposição de arte em Israel, está provocando protestos da minoria cristã árabe no país. Centenas de cristãos árabes pediram …

Há uma espiral misteriosa na atmosfera de Vênus

A nave espacial não tripulada Akatsuki, do Japão, encontrou gigantescas estruturas espirais na atmosfera de Vênus, formadas por ventos polares e pela rápida rotação do planeta. A atmosfera de Vênus ganha atenção de astrônomos há quase …

Tem “barriga de cerveja”? Seu cérebro pode estar encolhendo

Uma equipe de pesquisadores britânicos concluiu que quem acumula mais gordura na zona do abdômen apresenta uma maior probabilidade de redução do cérebro e de aparecimento de demência. Com a linha da cintura em expansão, surgem …

Até os antigos egípcios faziam tarefa de casa

Uma tarefa de casa, escrita por uma criança do Antigo Egito, ficou preservada desde o segundo século a.C. – e as palavras podem parecer familiares até nos dias de hoje. Uma lição antiga preservada em uma …

Dinamarca avança com plano ambicioso de criar 9 ilhas na costa de Copenhague

O governo dinamarquês e a prefeitura de Copenhague, em conjunto com um gabinete de arquitectura e planejamento urbano, vão avançar com um ambicioso plano de criar nove ilhas na costa da capital do país. Um grandioso …

(cv) Euronews

Submarino alemão da Primeira Guerra Mundial aparece na costa da França

Os destroços de um submarino alemão da Primeira Guerra Mundial emergiram em uma praia de Wissant, no norte da França. Há décadas enterrada na areia, a carcaça enferrujada da embarcação naufragada em 1917 agora pode …

Não somos só o que comemos, “somos o que vemos” no dia a dia

No que diz respeito à saúde física, somos o que comemos. Mas e quanto à saúde mental? Segundo o médico David Fryburg, endocrinologista, somos o que vemos. Conforme aponta Fryburg, a comida é uma mistura complicada de fontes …

Detectados misteriosos sinais de rádio de galáxia a 1,5 bilhão de anos-luz

Uma equipe de cientistas do Canadá detectou sinais de rádio provenientes de uma galáxia a 1,5 bilhões de anos-luz de distância da Terra. As rajadas rápidas de rádio, impulsos de energia com duração de apenas alguns …

Companhia aérea portuguesa é a primeira a voar sem qualquer plástico a bordo

A companhia aérea portuguesa Hi Fly tornou-se a primeira do mundo a voar sem qualquer plástico a bordo. A viagem aconteceu no dia 26 de dezembro. De acordo com o comunicado da companhia, o voo teve origem em …