Troca de ministros é exemplo de ‘simplificação da política’ de Bolsonaro

Marcelo Camargo / ABr

Constantes mudanças de ministro feitas por Jair Bolsonaro têm “impacto político importante”, mas “simplificação da política” praticada pelo presidente o “mantém no cargo”, disse sociólogo à Sputnik Brasil.

Para Dario Sousa e Silva, professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), as trocas de funcionários do governo, tanto do primeiro quanto do segundo escalão, podem ser explicadas por “um esforço” de Bolsonaro de “falar para sua base eleitoral, que precisa simplificar a política”.

“Essa é a principal tarefa do presidente Bolsonaro: caracterizar a política como um confronto entre eles e nós, entre A e B, uma posição e uma anteposição”, afirmou o especialista.

Ele acrescenta ainda que é justamente essa “tarefa” de “simplificação da política” que faz com que Bolsonaro “ainda se encontre no cargo”,

Segundo Sousa e Silva, o fenômeno ocorre ao mesmo tempo em que a “democracia brasileira vai se tornando mais complexa desde a redemocratização, em 1985”.

‘Guinada à extrema-direita’

“A principal característica dessa guinada à extrema-direita dos últimos tempos é esse processo de simplificação”, apontou.

Em pouco mais de um mês, dois ministros da Saúde deixaram o cargo, Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich; Moro pediu demissão da pasta da Justiça; e Regina Duarte saiu da Secretaria de Cultura.

Ao todo, nove ministros foram demitidos ou se demitiram ao longo de todo o governo. Além disso, mais dois mudaram de pasta: Onyx Lorenzoni saiu da Casa Civil e foi para a Cidadania; e André Luiz Mendonça deixou a Advocacia-Geral da União para assumir o Ministério da Justiça.

Para o sociólogo, as “mudanças não têm um caráter técnico”, e demonstram que o “presidente precisa insistir numa imagem de que conduz a política“.

‘Quem obedece a quem’

Souza e Silva aponta ainda que, “cada vez mais”, Bolsonaro “tem se cercado de uma base militar, grupo que favorece a imagem que ele quer passar, de hierarquia e comando, cujo principal valor é a obediência”.

“Só não fica claro quem obedece a quem”, afirmou o professor, para quem a principal agenda do governo hoje “tem sido segurar o presidente no cargo.

De acordo com o sociólogo, tantas mudanças evidenciam “uma instabilidade flagrante” do governo, o que “deveria golpear mais fortemente a relação com o legislativo”.

“Mas o legislativo, principalmente na figura do presidente do Congresso [Davi Alcolumbre], vem negociando bastante eficazmente a manutenção do governo, no sentido de que variadas justificativas e pedidos de impeachment vem sendo sistematicamente ignorados”, disse Sousa e Silva.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado da Polónia, Andrzej Duda, venceu as presidenciais deste domingo. Segundo os dados oficiais da comissão eleitoral que se baseiam nos resultados de 99,97% das mesas de voto. Uma segunda volta renhida, …

Com mais de 35 mil mortes pela COVID-19, México passa Itália em óbitos causados pela doença

O México chegou neste domingo (12) a marca de mais de 35.000 mortes causadas pela COVID-19, tornando-se o quarto país do mundo com mais óbitos provocados pela doença. Anteriormente, a Itália era quarta nação do mundo …

Ex-assessor de Carlos Bolsonaro é efetivado na Funarte

Luciano da Silva Barbosa Querido, ex-assessor do vereador Carlos Bolsonaro, foi efetivado como presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) nesta segunda-feira (13/07), após ocupar o cargo interinamente por mais de dois meses. A decisão, publicada …

Espanha determina confinamento em parte da Catalunha, enquanto focos de Covid-19 aumentam no mundo

Autoridades da Catalunha (nordeste da Espanha) ordenaram neste domingo (12) que 200.000 habitantes que vivem ao redor da cidade de Lérida retornem ao confinamento obrigatório, enquanto aumenta a preocupação em todo o mundo com …

TikTok pode sair da China para se afastar de polêmicas envolvendo privacidade

Febre durante a pandemia do novo coronavírus, nos últimos dias o TikTok tem virado notícia não pelo sucesso dos vídeos compartilhados na rede social, mas sim pelas sérias acusações de violação à privacidade dos usuários …

Nuvem monstruosa de poeira do Saara é observa da espaço vindo em direção a Amazônia

  Todo os anos o deserto do Saara, lá do lado oposto do Oceano Atlântico, sopra uma nuvem tão gigantesca de poeira em direção as Américas que foi apelidada de Godzilla. É a maior destas nuvens em …

Oi? Kanye West compara vacina para COVID-19 com "a marca da besta"

Em nova polêmica, o rapper norte-americano Kanye West fez uma série de revelações sobre como ele enxerga uma possível vacina contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Durante entrevista concedida para a revista Forbes, o cantor também comentou …

Comentarista da CNN Brasil insinua que gays são promíscuos e ‘têm chance muito maior de ter Aids’

A CNN Brasil convidou o comentarista Leandro Narloch para falar sobre ao vivo sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de liberar a doação de sangue por parte de homens homossexuais e mulheres transsexuais, …

China detecta rastros de coronavírus em pacotes de alimentos do Equador

A China anunciou nesta sexta-feira (10/07) a suspensão das importações de alimentos do Equador após encontrar rastros do novo coronavírus em embalagens de camarão. Os vestígios foram encontrados em contêineres com pacotes de camarão branco do …

Pesquisadores se deparam com '1º colar' humano de 160.000 anos

Fósseis de conchas de amêijoas de 160 mil anos encontradas em cavernas de Israel são os primeiros exemplares de conchas usadas como adorno no corpo humano, defendem pesquisadores. Há cerca de 160 mil a 120 mil …