Telescópio gigante na China acabou de detectar sinais repetitivos distantes

(dr) Liu Xu / Xinhua

O Radiotelescópio FAST (Five Hundred Metre Aperture Spherical Telescope) é o maior do mundo com 500 metros de diâmetro.

O Aperture Spherical Telescope, conhecido como FAST, identificou sinais repetitivos vindos do espaço. Viajaram aproximadamente 3 bilhões de anos-luz até chegar à Terra.

Em julho de 2016 a China apresentou o maior radiotelescópio do mundo, com o comprimento de 30 campos de futebol (veja modelo do telescópio na imagem principal). Este telescópio fica ao lado de uma cadeia de montanhas na província Guizhou do sudoeste Chinês. Pois o Aperture Spherical Telescope, chamado de FAST, acabou de identificar sinais repetitivos do tipo rajada rápida de rádio (FRB).

As FRBs são um fenômeno astrofísico de alta energia com pulsos de poucos milissegundos. Esses sinais viajam de partes distantes do universo. O primeiro deles foi captado em 2007, mas outros foram detectados desde então.

Apesar de astrônomos terem feito progresso impressionante na detecção de FRBs, ainda  não sabemos muito sobre a origem delas. É possível que essas rajadas se originem de buracos negros ou talvez de estrelas de nêutrons.

O que é empolgante sobre a detecção feita nestes últimos meses de agosto e setembro pelo radiotelescópio FAST é que esses sinais têm sido repetitivos. Essa rajada foi batizada de FRB 121102. Ela foi identificada pela primeira vez em 2012 pelo Observatório Arecibo em Porto Rico.

Pesquisadores apontam que este sinal viajou aproximadamente 3 bilhões de anos-luz através do universo para nos alcançar.

O FRB 121102 foi detectado recentemente pelo FAST no dia 30 de agosto e depois no dia 3 de setembro, quando mais de 20 pulsos foram registrados. Isso caracteriza este sinal como particularmente persistente.

“Eu acho que é incrível que a natureza produza algo assim. Também acho que tem alguma informação muito importante nessa estrutura que nós temos que descobrir como codificá-la. Tem sido muito divertido tentar descobrir exatamente o que isso é”, afirmou ao ScienceAlert o físico Ziggy Pleunis, da Universidade McGill (Canadá). Pleunis ajudou a detalhar oito novos FRBs em um artigo publicado em agosto.

Além das hipóteses da origem dos pulsos em buracos negros ou estrelas de nêutrons, outros astrônomos argumentam que podem haver razões diferentes para a existência desses pulsos, o que poderia explicar porque o FRB 121102 se repete o outros não fazem isso.

A boa notícia é que a equipe que trabalha no FAST já conseguiu eliminar interferência de satélites e de aeronaves sobre as medições realizadas.

Com a coleta de dados feitos com a ajuda do FAST, nossa base de dados sobre esses sinais intrigantes está crescendo, e esperamos que este mistério possa ser resolvido nos próximos anos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Este projeto social está buscando 7 pessoas para viajar o mundo com tudo pago

A empresa portuguesa YourBestLife está recrutando sete pessoas para viajar o mundo realizando trabalhos de impacto social com tudo pago. As inscrições vão até o dia 31 de outubro e podem se candidatar pessoas que …

Pela primeira vez na história cientistas conseguem reverter envelhecimento

Nenhuma pessoa está livre do tempo: seja um jovem, uma criança, um recém-nascido ou um adulto em idade madura, todo mundo irá envelhecer e sentir os efeitos desse processo. Essa é uma verdade incontestável em qualquer …

Greta Thunberg protesta em frente à Casa Branca ao lado de estudantes pelo clima

A militante do meio ambiente, Greta Thunberg, participou nesta sexta-feira (13) de uma pequena manifestação sobre o clima em frente à Casa Branca. “Nunca desistam”, disse a ativista aos jovens que foram até o local …

Snowden alerta para propagação de mentiras na internet

Há seis anos, ex-analista da NSA causou terremoto político ao revelar atividades ilícitas do serviço secreto dos EUA. Em entrevistas a jornais alemães, Snowden conta que ainda almeja asilo político na Alemanha. Seis anos após divulgar …

Visita de objeto interestelar intriga comunidade científica

  O objeto interestelar foi detectado por um astrônomo amador, e desde então o visitante passou a intrigar a comunidade científica. Gennady Borisov, astrônomo amador, utilizou um telescópio que ele mesmo construiu para avistar o objeto. Sua …

Homem morto há 22 anos é encontrado com ajuda do Google Earth

Os restos mortais de um homem desaparecido há duas décadas, nos EUA, foram encontrados dentro de um carro submerso em um lago graças ao Google Earth. William Moldt foi dado como desaparecido em Lantana, na Flórida, …

O plano japonês de jogar ao mar água radioativa de Fukushima

Nesta semana, o ministro do Meio Ambiente do Japão, Yoshiaki Harada, declarou que despejar no Oceano Pacífico mais de 1 milhão de toneladas de água contaminada pelo desastre nuclear de Fukushima seria a "única opção" …

Incêndio no Hospital Badim deixou 11 mortos no Rio de Janeiro

Um incêndio atingiu o Hospital Badim, no Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro, na noite de quinta-feira, deixando pelo menos onze mortos, conforme noticiado pela imprensa brasileira. Os pacientes foram retirados às pressas da unidade …

Origem dos cometas é revelada em novo estudo

Pesquisadores da Universidade de Leiden (Holanda) aplicaram modelos químicos em 14 cometas e encontraram um padrão em sua composição. Os cometas são bolas de gelo, poeira e pequenas partículas parecidas com pedras. Seus núcleos podem alcançar …

Princesa saudita é condenada por agressão em Paris

Filha do rei da Arábia Saudita foi acusada de ordenar que segurança amarrasse e agredisse um encanador. Trabalhador havia sido chamado para consertar uma pia no apartamento da princesa na capital francesa. Um tribunal francês condenou …