Ter um filho pode ser mais deprimente que um divórcio ou uma morte

Um novo estudo feito na Alemanha afirmou que ter um bebê pode ser pior para o bem-estar mental de uma pessoa do que o divórcio ou a morte de um parceiro.

Parece horrível, não é mesmo? Como assim ter um filho é deprimente?

Bom, é cedo para tirar quaisquer conclusões do estudo, que precisa ser replicado para ser corroborado. Mas os resultados são intrigantes e podem servir como base para refletirmos sobre a fenômeno de formação de famílias no mundo atual.

O principal objetivo do estudo, desenvolvido por Rachel Margolis e Mikko Myrskylä e publicado na revista Demography, era explorar por que a taxa de natalidade em muitos países desenvolvidos caiu e manteve-se baixa.

Além disso, a pesquisa queria descobrir porque muitas vezes há uma disparidade entre o número de filhos que as pessoas dizem que querem ter, e quantos elas realmente têm.

Os pesquisadores acompanharam 2.016 casais alemães sem filhos do nascimento de seu primeiro bebê até cerca de dois anos depois. Eles tiveram que responder repetidamente a pergunta “Quão satisfeito você está com sua vida, considerando todas as coisas?”, sendo que a resposta ia de 0 (totalmente insatisfeito) a 10 (totalmente satisfeito).

Os casais estavam em geral satisfeitos antes do nascimento de seu bebê, com a felicidade crescendo em antecipação à gravidez. No entanto, após o nascimento da criança, apenas 30% dos pais relataram os mesmos ou maiores níveis de satisfação. O resto – 70% – disse que a sua felicidade tinha diminuído.

Entre as novas mães e pais que ficaram menos felizes, 37% (742) reportaram uma queda de uma unidade, 19% (383) uma queda de duas unidades, e 17% (341) uma queda de três unidades. Isso é considerado muito grave.

Por que tão triste?

Por que ter um recém-nascido vem com tanto descontentamento? Provavelmente, porque esses primeiros anos são difíceis, repletos de noites sem dormir e desafios anteriormente desconhecidos.

Aliás, outro estudo de 2011, publicado no Population and Development Review, mostrou que ter filhos vem com uma queda de felicidade nos primeiros anos, mas com um aumento na felicidade geral bem mais tarde, quando eles já não dependem mais dos pais (e param de sugar toda a alegria de suas almas).

No novo estudo alemão, os desafios da paternidade foram divididos em três categorias que afetaram o desejo de reproduzir de novo: primeiro foram considerados problemas de saúde na gravidez (sentidos por ambos os sexos), e depois complicações durante o parto. O terceiro era o desafio contínuo da educação dos filhos.

Os pais relataram cansaço devido a problemas amamentação, privação do sono, depressão, isolamento doméstico e piora do relacionamento conjugal.

Outra descoberta surpreende da nova pesquisa é que a queda de felicidade vista foi extrema em comparação a outros estudos que utilizaram as mesmas medidas. O divórcio foi medido com uma queda de 0,6 na felicidade, por exemplo, e a morte de um cônjuge ou parceiro a 1,0.

Já ter um bebê levou a uma queda média de 1,4 na felicidade das pessoas, e muitos pais que haviam indicado o desejo de ter mais filhos pararam depois do primeiro. A associação de negatividade foi particularmente elevada para pais mais velhos e aqueles com níveis mais elevados de educação.

A conclusão da pesquisa é de que os casais devem considerar a mudança que sua vida sofrerá antes de tomar a decisão de ter um filho. Expectativas um pouco mais realistas podem evitar uma queda tão grande em felicidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …

Imagens do satélite Amazonia-1 já estão disponíveis — e qualquer um pode acessar

O Ministério da Ciência e Tecnologia comunicou, nesta semana, que as imagens do Amazonia-1 já podem ser acessadas pelo público. O satélite Amazonia-1 foi lançado em fevereiro de 2021 e, desde então, já avançou por etapas importantes, …

Alemanha acusa médico sírio de crimes contra a humanidade

Promotores federais da Alemanha acusaram nesta quarta-feira (28/07) um médico sírio de assassinato e crimes contra a humanidade. O suspeito enfrenta 18 acusações de tortura contra pacientes de hospitais militares nas cidades sírias de Homs e …

Suposto 'padrão' citado por Bolsonaro não indica fraude eleitoral; presidente admite não ter provas

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live semanal desta quinta-feira (29/07) para fazer uma apresentação questionando a lisura das últimas eleições e apontando o que considera ser "fortíssimos indícios" de fraudes nas urnas eletrônicas. No entanto, …

Cientistas revelam novos dados sobre neandertais e denisovanos após analise sanguínea

Cientistas, que analisaram os genes de três neandertais e um denisovano, descobriram que ambas as espécies de pessoas ancestrais provêm da África. Os autores também encontraram uma ligação genética entre os neandertais e os aborígines …

Uruguai anuncia 3ª dose para vacinados com CoronaVac; Brasil e Chile avaliam mesmo caminho

Brasil, Chile e Uruguai são os três países da região que aplicam, maciçamente, o imunizante chinês. A efetividade da CoronaVac é a menor entre todas as vacinas atualmente disponíveis e diminui substancialmente depois dos …

Apple fatura US$ 84 bi no trimestre graças a vendas sólidas de iPhones

Com crescimento em todas as linhas de produtos — até mesmo no segmento de serviços —, a Apple obteve uma receita de US$ 84,1 bilhões (cerca de R$ 434 bilhões) em seu terceiro trimestre fiscal …

Vento solar de 400 km/s causa fissura no campo magnético da Terra, diz portal

Os ventos solares provocaram uma ruptura no campo magnético de nosso planeta, informa portal SpaceWeather.com. O campo magnético da Terra é crucial para a vida de todos os seres vivos, já que protege a camada de …