Traficante internacional de armas que se passou por pastor é preso no Rio

(dr)

Sebastião Braz da Fonseca Neto

Sebastião Braz da Fonseca Neto

Policiais da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) do Rio de Janeiro prenderam o traficante internacional de armas Sebastião Braz da Fonseca Neto, de 49 anos, em Pedra de Guaratiba, na zona oeste da cidade.

O traficante internacional Sebastião Braz da Fonseca Neto, de 49 anos, que dizia ser pastor, tinha uma condenação de sete anos e seis meses de prisão por tráfico de armas expedido pela Justiça Federal. O traficante já tinha uma condenação de sete anos e seis meses de reclusão.

O titular da Desarme, Fabrício Oliveira, disse que a prisão do criminoso, na noite de ontem (16),  foi a conclusão de uma série de diligências na região que os agentes fizeram ao longo dessa semana.

“A gente percebe, que em razão de as penas não serem muito elevadas, isso acaba estimulando esse tipo de crime. Muitas pessoas que já foram presas em situação de tráfico de armas continuam praticando esse tipo de crime e continuam integrando organizações criminosas. Então, para a gente é muito importante capturar essas pessoas”, disse em entrevista à Agência Brasil.

O traficante tinha sido preso, em 2010, na BR-262, entre Miranda e Corumbá, em Mato Grosso do Sul, na companhia de Francisco Ferreira Moura, de 43 anos, quando transportava sete fuzis Bushmaster, modelo M-15, fabricados nos Estados Unidos. Na ocasião, eles se identificaram como pastores de uma Igreja evangélica.

“Ele estava em liberdade e considerado foragido com esse mandado de prisão em aberto”, destacou Oliveira.

As investigações mostraram que os fuzis foram comprados na Bolívia e seriam entregues no Morro do Martins, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Pela operação, os criminosos receberiam R$ 20 mil.

“Tinha integrantes da quadrilha que moram em Niterói. A gente sabe que muitas vezes os fuzis chegavam e iam direto para Niterói, de onde eram distribuídos para diversos locais do Rio, inclusive, diversas facções e diversas comunidades”, disse o delegado.

“Eles eram na verdade, grandes traficantes de armas e para eles não interessava qual era a facção ou qual era a localidade. Queriam vender as armas e lucrar altos valores com o tráfico”, acrescentou. De acordo com o Oliveira, as investigações avançam para apurar o envolvimento de Sebastião Braz com outros traficantes de armas.

“Há indícios de que ele pertencia a uma organização criminosa de tráfico internacional de armas e as pessoas que compõem essas organizações não param de exercer as atividades ilícitas, então, isso demonstra a importância dessa captura”, afirmou. As operações da polícia estão sob sigilo.

Fabrício Oliveira disse também, que, em princípio, não há informação sobre um possível relacionamento de Sebastião Braz com o traficante brasileiro que mora em Miami, nos Estados Unidos, envolvido na operação para exportação de 60 fuzis de alto poder bélico apreendidos, no início deste mês, no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

“Em princípio o que demonstra para a gente é que são esquemas diferentes para trazer armas para o Rio de Janeiro”.

O delegado informou ainda que as investigações sobre os fuzis apreendidos no aeroporto, pelo fato de o caso ter sido configurado tráfico internacional, passaram para a esfera federal, mas a Desarme, junto com a Delegacia de Roubos e Furtos de Carga (DRFC), continua a fazer diligências para que os envolvidos possam ser denunciados pelo Ministério Público Federal.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Japão lembra 75 anos de bomba de Hiroshima e pede união contra armas nucleares

Esta quinta-feira (6) marca o 75º aniversário do primeiro ataque com bomba atômica do mundo. Cerca de 140 mil pessoas morreram no bombardeio à cidade japonesa, realizado pelo Estados Unidos no fim da Segunda Guerra …

Donald Trump determina bloqueio do TikTok e WeChat nos EUA em 45 dias

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na noite de ontem (6) uma ordem executiva determinando o fim de relações com as empresas responsáveis pelos apps TikTok e WeChat no país norte-americano. Em comunicado emitido …

Brasil caminha para ter 200 mil mortes pelo coronavírus até outubro, diz especialista

Na semana em que o Brasil deverá registrar 100 mil mortes pelo novo coronavírus, um especialista brasileiro indica que o país caminha para dobrar esse número em dois meses, atingindo 200 mil óbitos pela pandemia …

Petição defende que França assuma controle do Líbano

Suspeita de que desastre em Beirute foi causado por negligência eleva indignação dos libaneses, que pedem mandato francês pelos próximos dez anos no país. Apelo recebe mais de 50 mil assinaturas após visita de Macron. Quase …

Macron visita Beirute devastada e cobra reformas no Líbano

Presidente francês visita local da explosão e ouve apelos por mudanças por parte da população, para quem o desastre é consequência de anos de corrupção, caos público e má gestão. O presidente da França, Emmanuel Macron, …

Após ser engolido, besouro consegue escapar do intestino dos sapos

Uma pesquisa mostrou que o besouro aquático Regimbartia attenuata tem a capacidade de sobreviver ser engolido por um sapo. Todos já ingerimos coisas que parecem querer sair correndo de dentro de nós, mas deve ser muito …

Disney+ chegará à América Latina em novembro

Ao divulgar que ultrapassou a marca de 60 milhões de assinantes, a Disney também reforçou uma informação que traz esperança a muita gente: o Disney+ deve mesmo chegar à América Latina em novembro. A informação foi …

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …