Vaso sanitário patrocinado por Bill Gates pode salvar milhares de vidas

Condições sanitárias precárias são responsáveis por 1,7 milhão de mortes em países em desenvolvimento todos os anos, sendo que suas principais vítimas são crianças de até cinco anos de idade. Isso acontece por que mais de 2,4 bilhões de pessoas não têm acesso a um vaso sanitário em boas condições.

Isso pode mudar com o SaTo Pan, um sanitário de baixo custo e fácil de instalar. Eles podem ser produzidos por apenas US$1,50, cada. Seu funcionamento é interessante: o recipiente azul permanece fechado, sem acesso à fossa.

O peso das fezes e urina empurram uma tampa para baixo, e depois que os rejeitos caem, a tampa se fecha novamente, protegendo os olhos e narizes do usuário da terrível visão e cheiro, além de diminuir a transmissão de doenças ao impedir os insetos de pousar na fossa e depois passear por aí.

É uma descarga praticamente sem água. O sistema precisa de apenas 200ml de água por uso.

Até agora, mais de um milhão desses sanitários foram doados para a população de 14 países ao redor do mundo. Pelo menos 800 mil deles foram instalados em Bangladesh, Uganda, Haiti, Malaui, Nepal, Nigéria e Filipinas.

O vaso sanitário foi desenvolvido pela American Standards, com grandes investimentos da Fundação Bill e Melinda Gates, como parte do programa Água, Saneamento e Higiene.

Além de receber a instalação da estrutura, usuários dos banheiros das escolas e das comunidades aprenderam a transformar os resíduos em fertilizantes seguros, sem parasitas, vírus ou bactérias perigosos para a saúde humana.

Além de serem importantes para reduzir doenças, esses novos banheiros mudam a vida de crianças que frequentam escolas pobres e de populações de favelas que contavam apenas com baldes para as necessidades ou de banheiros públicos que são pagos.

“No final da tarde passamos na casa das vizinhas perguntando quem vai ao banheiro, porque temos que ir juntas. Se formos sozinhas, somos estupradas”, descreve uma moradora de uma favela no Quênia.

Ela também explica que quando as meninas entram na puberdade e começam a menstruar, têm que parar de frequentar as escolas porque não têm privacidade para trocar os absorventes.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Oxford testa ivermectina como possível tratamento contra covid-19

Universidade quer verificar se medicamento antiparasitário pode trazer benefícios a infectados pelo coronavírus e evitar hospitalizações. Remédio é defendido por Bolsonaro como parte do chamado tratamento precoce. A Universidade de Oxford, no Reino Unido, afirmou nesta …

Aquecimento global fará milhões de vítimas, diz texto da ONU

Dezenas de milhões de pessoas deverão sofrer de fome, seca e doenças nas próximas décadas devido às mudanças climáticas, segundo rascunho de relatório de 4 mil páginas preparado por painel de especialistas. As mudanças climáticas irão …

Blocos flutuantes podem indicar que Vênus está geologicamente ativo

Uma equipe internacional de cientistas descobriu que a superfície de Vênus possui um manto gelatinoso, com pedaços sólidos de crosta flutuando e se movimentando como blocos de gelo. Para os especialistas, esta atividade fornece possíveis indicações …

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …