Juíza italiana: vítima foi humilhada e Robinho mostrou “desprezo absoluto”

A vida de Robinho ganha contornos cada vez mais dramáticos. Condenado em novembro de 2017, acusado de estupro coletivo, o ex-atacante do Santos teve agora os detalhes do crime revelados por uma das juízas responsáveis pelo caso sob tutela do Tribunal de Milão, presidido por Mariolina Panasiti.

Para relembrar, o caso ocorreu em uma boate da cidade de Milão em janeiro de 2013, em conjunto com outros 5 homens e a vítima seria uma mulher de origem albanesa. A acusação vem dos tempos em que o brasileiro era um dos jogadores mais bem pagos do Milan, um dos clubes mais tradicionais da Europa.

O que torna a situação de Robinho ainda mais delicada é um relatório de 28 páginas apontando que a jovem foi humilhada repetidas vezes pelos envolvidos, além de ressaltar o “desprezo absoluto” de Robinho e Ricardo Falco (outro envolvido) pela mulher. Além disso, os escritos revelam conversas interceptadas pela justiça italiana com comentários do grupo sobre o estupro coletivo.

Falando com os jornalistas, a juíza garante que a mulher foi “exposta a humilhações repetidas, bom como atos de violência sexual pesados.” Além disso, a magistrada afirma que os “termos chulos e desdenhosos” são “sinais inequívocos de falta de escrúpulos e quase consciência de uma futura impunidade”.

Ela ainda aponta o fato de o acusado debochar do acontecido por inúmeras vezes, “destacando assim um absoluto desrespeito pela condição da vítima”.

O caso envolvendo um nome de destaque no futebol brasileiro nos últimos 10 anos, com passagens por Milan e Real Madrid, revela a necessidade de discutir a cultura do estupro, tão presente no mundo da bola.

Ainda é comum clubes, os próprios atletas e a imprensa esportiva se esquivarem do tema, como fez o zagueiro Gabriel, colega de time de Robinho no Atlético-MG, que entrevista afirmou ser “muito ruim uma acusação dessas, sem que ele tenha feito nada”.

Em um meio predominantemente machista e masculino, as manifestações mais contundentes sobre o assunto vieram por meio de um protesto realizado pelo Grupo de Feministas do Galo, que penduraram faixas no centro de treinamento do clube condenando os atos praticados pelo então jogador atleticano e o silêncio por parte da diretoria do Atlético-MG.

Vale dizer que este não é o primeiro caso do tipo envolvendo Robinho. Em 2009, quando defendia o Manchester City da Inglaterra, o atleta revelado pelo Santos foi acusado por uma mulher de estupro em uma boate de Leeds, o que levou o jogador a viajar ao Brasil com medo de ser preso pela polícia europeia.

Atualmente Robinho está jogando no futebol turco.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Revelada consequência grave da COVID-19 mais frequente do que se acreditava

Novo estudo revelou que os pacientes com COVID-19 que foram internados em unidades de terapia intensiva (UTI) têm mais possibilidade de desenvolver deficiências cognitivas contínuas. O estudo de quase 150 pacientes internados no início da pandemia …

Fundo de Bill Gates investe US$ 50 milhões em robôs agricultores que poupam água

A startup norte-americana Iron Ox recebeu um aporte de US$ 53 milhões (R$ 280,5 milhões) para melhorar sua tecnologia de robôs usados na agricultura e que consomem 90% menos água que plantações tradicionais. O dinheiro veio …

Bolsonaro pede à população que tome banho frio e evite elevador

O presidente Jair Bolsonaro pediu nesta quinta-feira (23/09) à população que tome banho frio e evite usar o elevador para economizar energia elétrica. "Aqui são três andares. Quando tem que descer, mesmo que o elevador esteja …

A incrível descoberta que indica presença humana nas Américas muito antes do que se pensava

Novas descobertas científicas apontam que humanos chegaram às Américas pelo menos 7 mil anos antes do que se estimava anteriormente. As pesquisas em torno do momento em que o continente americano passou a ser povoado a …

Mianmar: Justiça americana ordena quebra de sigilo do Facebook para investigar ameaças contra rohingyas

Um juiz americano ordenou ao Facebook que divulgue os arquivos de contas ligadas de membros do exército birmanês e de milícias budistas que perseguiram a minoria Rohingya em Mianmar. A decisão, que encontra resistência …

Eduardo Bolsonaro está com covid-19

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, está com covid-19. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (24/09) por vários sites brasileiros de notícias. O próprio Eduardo teria confirmado seu diagnóstico ao portal …

Covid: o que alta em internação de idosos revela sobre efetividade da vacina e 3ª dose

As últimas estatísticas de casos, internações e mortes por covid-19 no Brasil trazem uma conclusão importante: as vacinas funcionam e protegem contra as formas graves da doença, mas algumas pessoas mais vulneráveis realmente precisam tomar …

Líder separatista catalão Carles Puigdemont é detido na Itália

Carles Puigdemont, que foi presidente do governo regional catalão durante a declaração de independência frustrada de 2017, foi detido na ilha italiana da Sardenha (oeste) nesta quinta-feira (23) após quatro anos foragido da justiça …

Por que as drogas psicodélicas estão mais perto do mercado convencional

O aumento da permissão de uso de psicodélicos como terapia promete transformar a forma como vemos o extraordinário. Foi em 1971 que Rick Doblin usou LSD pela primeira vez. Era uma tarde de sábado na Flórida, em …

Covid-19: EUA autorizam 3ª dose da vacina da Pfizer para idosos e grupos de risco

Os Estados Unidos autorizaram nesta quarta-feira a aplicação de uma terceira dose da vacina contra a covid-19 da Pfizer para maiores de 65 anos, pessoas com alto risco de contrair uma forma grave da …