Vírus Zika pode ser a chave para curar tumores cerebrais

Midiamax

O Aedes aegypti pode transmitir três doenças: Zika, dengue e chikungunya

Cientistas pretendem introduzir mutações sobre o vírus Zika até desenvolverem uma variante genética que ataque os tumores sem causar a propagação da infecção no organismo.

O vírus Zika, que afeta principalmente bebês durante a gravidez e provoca microcefalia, malformações nervosas e até morte prematura, pode ser eficaz no tratamento de glioblastomas, a forma mais comum e agressiva de tumor cerebral, de acordo com um novo estudo publicado no Journal of Experimental Medicine.

Pacientes com este tumor têm uma expectativa média de vida de dois anos, desde o momento do diagnóstico.

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, em San Diego (EUA), em colaboração com médicos da Universidade de Washington, utilizaram o vírus Zika para atacar as células mães que sofreram mutações que geraram o tumor cerebral para comprovar a hipótese de que a preferência do vírus Zika pelas células progenitoras neuronais poderia ser utilizada contra as células mãe do glioblastoma.

Até agora, a pesquisa consistiu em duas fases. A primeira fase foi realizada em uma placa de Petri, onde se observou que o vírus Zika “devorou” as células que geram o glioblastoma.

A segunda foi realizada em ratos afetados artificialmente com este tipo de tumor cerebral. Foi observado neles uma notável desaceleração do crescimento do tumor nos roedores, permitindo prolongar sua expectativa de vida.

O tratamento padrão contra esta forma de tumor cerebral costuma ser agressivo e consiste em cirurgia, quimioterapia e sessões de radiação. No entanto, uma grande parte dos tumores reaparece ao fim de poucos meses.

Os resultados deste estudo sugerem agora que uma infecção com Zika poderia complementar o tratamento com a quimioterapia, que ataca o tumor, mas não as células “progenitoras” que o geram. Por outro lado, o Zika afeta essas células, mas não o tumor.

“Acreditamos que o Zika pode ser utilizado em combinação com terapias atuais para erradicar um tumor inteiro”, afirmou Milan Chheda, professor assistente de neurologia e medicina, na Universidade de Washington e um dos autores do estudo.

Agora, os cientistas pretendem introduzir mutações sobre o vírus Zika até desenvolverem uma variante genética que ataque os tumores sem causar a propagação da infecção no organismo.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Encontrados metais em crateras da Lua que podem dar pistas sobre sua formação

A hipótese mais aceita sobre a formação da Lua diz que ela surgiu após a colisão entre a Terra e um planeta do tamanho de Marte, chamado Theia. O suposto evento é chamado de “hipótese …

Coronavírus empurra Cuba de volta à crise

Apesar de a covid-19 estar sob controle no país, os problemas econômicos têm se agravado, e a já difícil situação de abastecimento se torna mais crítica. Segundo semestre deve ser ainda pior na ilha caribenha. Cuba …

Boicote ao Facebook: como a debandada de grandes anunciantes pode afetar sobrevivência da rede social

Boicotes podem ser extremamente eficazes: é o que o Facebook está descobrindo. No final do século 18, o movimento abolicionista encorajou o povo britânico a ficar longe de bens produzidos pelos escravos. Funcionou. Cerca de 300 …

Cientista conta quais formas de vida os humanos podem encontrar em Marte

A humanidade tem cada vez mais chances de conhecer outras formas de vida, conforme desenvolve suas capacidades de exploração espacial. Em Marte, poderemos encontrar organismos introduzidos por veículos espaciais e modificados sob influência das condições no …

O coronavírus do ocidente é uma versão mais perigosa do que a original

Esforços são realizados para identificar se o vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, passou por mutações em relação ao primeiro identificado em Wuhan, na China, em dezembro do ano passado. Em abril, um estudo não revisado pelos …

Missão indiana levará sonda para investigar efeitos do vento solar em Vênus

Em 2005, o Instituto Sueco de Física Espacial (IRF) enviou à órbita de Vênus a sonda ASPERA-4, através da missão Venus Express, da agência espacial europeia ESA. A sonda estudou o planeta até 2014, medindo …

O mistério das centenas de elefantes encontrados mortos em Botsuana

A morte “totalmente sem precedentes” de centenas de elefantes em Botsuana nos últimos meses está cercada de mistério. O biólogo e ativista Niall McCann afirmou que colegas no país do sul da África identificaram mais de …

Coronavírus na Coreia do Norte: Kim Jong-un declara 'sucesso brilhante' no combate à pandemia e zero casos

O líder norte-coreano Kim Jong-un elogiou o "sucesso brilhante" de seu país ao enfrentar a pandemia de covid-19, segundo a agência de notícias estatal KCNA. Falando em uma reunião do Politburo, Kim disse que o …

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em comércio, templos e repartições públicas

Presidente alegou que uso de máscaras em locais fechados pode ser classificado como "violação de domicílio" e vetou trecho que obrigava o poder público a fornecer máscaras para a população mais pobre. O presidente Jair Bolsonaro …

Novos hábitos devem fazer parte da vida das sociedades no pós-pandemia, dizem especialistas

Enquanto a vacina que poderá conter a disseminação do novo coronavírus não sai, o mundo seguirá lavando as mãos. exaustivamente, abusando do álcool gel (ou de desinfetantes poderosos), caprichando na limpeza de tudo o …