Nova regra em Wall Street: evitar mulheres a todo o custo

Os homens de Wall Street estão adotando certos comportamentos para afastar as mulheres da esfera econômica após o surgimento do movimento #MeToo.

Evitam jantares com colegas de trabalho, não se sentam ao lado de mulheres nos aviões, em reuniões de negócios deixam a porta aberta, reservam quartos de hotel em pisos diferentes e não aceitam ser mentores de juniores do sexo feminino, tudo por causa do #MeToo.

As várias denúncias de assédio e abusos sexuais assustaram os homens que estão agora afastando as mulheres da esfera econômica de Wall Street. Segundo a Bloomberg, mais de 30 executivos confessam que “estão assustados” com o movimento e que evitam encontros para se protegerem de rumores.

Na prática, em vez de corrigirem comportamentos, a tendência é promover a eliminação de situações onde possam acontecer, criando-se uma sensação de “pisar em ovos”, nas palavras de David Bahnsen, ex-diretor administrativo do banco de investimento Morgan Stanley e consultor independente.

Apesar de não ser um fenômeno único na indústria financeira, as mudanças são consideráveis. As mulheres já são escassas em cargos superiores. A mudança pode agravar a situação, levando a que sejam acusados de discriminação sexual e, consequentemente, se tornará mais difícil que as mulheres progridam profissionalmente.

Stephen Zweig, advogado especialista em questões laborais da FordHarrison, diz que “se os homens evitam trabalhar ou viajar sozinhos com mulheres, evitam ensinar mulheres em privado por medo de serem acusados de abuso sexual, esses homens se afastam de uma queixa de abuso sexual para serem acusados de discriminação sexual“.

Por sua vez, a chefe executiva da LaSalle Securities, Lisa Kaufman, afirma que essa tomada de posição por parte dos homens prejudica as jovens mulheres da esfera financeira e que é necessário a existência de um mentor.

“Não existem ainda mulheres suficientes para ajudar a próxima geração. A evolução requer tipicamente que alguém de um nível sênior conheça o seu trabalho e lhe dê uma oportunidade. Isso é difícil se a pessoa não estiver disposta a estar sozinha com o membro júnior”, destaca.

Em 2002, Mike Pence admitiu evitar jantares com mulheres, especialmente se forem “bonitas e atraentes”, para evitar situações de “infidelidade ou rumores”.

O #MeToo, inicialmente associado a Hollywood, levou a uma mudança de paradigma que pôs fim à cultura de assédio sexual que afeta milhões de pessoas.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Startup ajuda pequenas empresas a monitorarem vacinação dos funcionários

A startup brasileira White Tents lançou uma versão em formato freemium — isto é, gratuita mas com alguns recursos pagos — de sua plataforma digital para pequenas empresas que queiram monitorar a vacinação de até …

Argentina vacinará brasileiros na região de fronteira e turistas estrangeiros menores de 18 anos

O governo argentino anunciou uma nova flexibilização para a entrada de estrangeiros no país, a vacinação de turistas menores de 18 anos e de cidadãos de países vizinhos que atravessarem a fronteira por via …

CPI da Pandemia conclui trabalhos e pede o indiciamento de Bolsonaro

Senadores aprovam relatório sobre atuação do governo na crise do coronavírus que propõe punição de 78 pessoas e duas empresas, após seis meses de depoimentos, coleta de provas e repercussão na mídia. A CPI da Pandemia …

Sinais de possível 1º exoplaneta fora da Via Láctea são detectados

Pela primeira vez na história, é possível que os cientistas tenham descoberto um planeta em outra galáxia. O possível exoplaneta recebeu o nome de M51-ULS-1 e se encontra a 28 milhões de anos-luz de distância na …

China vai vacinar crianças a partir de três anos contra a covid-19

Imunizantes aprovados são das farmacêuticas chinesas Sinopharm e Sinovac, fabricante da Coronavac. País será um dos primeiros a começar a vacinar essa faixa etária. No total, China já vacinou 76% da população. Ao menos cinco províncias …

"Bolsonaro ignora todas as necessidades culturais dos brasileiros", diz Gilberto Gil à revista Télérama

A imprensa francesa desta segunda-feira (25) destaca o show de Gilberto Gil nesta noite na Filarmônica de Paris. O músico brasileiro conversou com o jornal Le Monde e com a revista Télérama. "Gilberto Gil", embaixador …

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …