Mais de 100 genes determinam a cor do nosso cabelo

Uma equipe internacional de cientistas identificou mais de uma centena de genes que ajudam a explicar as diferenças entre cabelos loiros, pretos, castanhos ou ruivos, em populações de origem europeia.

A cor do cabelo é uma das características do nosso aspecto físico que mais facilmente se herda dos nossos genitores. Até hoje, os cientistas conheciam apenas 13 genes.

Agora, pesquisadores do King’s College de Londres, no Reino Unido, e do Centro Médico da Universidade Erasmus de Roterdã, na Holanda, alargaram o leque para 124 genes que desempenham um papel significativo na determinação da cor do cabelo humano.

As descobertas foram publicadas recentemente na Nature Genetics e tem implicação em vários campos, como na compreensão da complexidade genética por trás das variações na pigmentação humana, no tratamento de várias doenças (como o câncer de pele) e na ciência forense, permitindo chegar à cor do cabelo do suspeito com uma precisão de 10 a 20% superiores as atuais.

“Se alguém deixar sangue na cena do crime, podemos dizer, a partir do DNA, se tinha cabelo preto ou ruivo com 90% de certeza“, adianta Tim Spector, um dos autores do estudo, citado pela revista portuguesa Visão.

No entanto, o novo teste baseado nos novos marcadores genéticos foi mais confiável para cabelos ruivos ou pretos do que para cabelos castanhos ou loiros.

Os cientistas analisaram o DNA de quase 300 mil pessoas com descendência europeia, dados cedidos por duas empresas: a BioBank e a 23andMe. Concluída a análise, os cientistas afirmaram ter identificado 124 genes que influenciam a cor do nosso cabelo.

De acordo com o Diário de Notícias, esse novo lote de genes explicam 34,6% do cabelo ruivo, 24,8% do cabelo loiro e 26,1% do cabelo preto, o que está relacionado com a produção e distribuição do pigmento melanina, mas também com outros mecanismos biológicos, que ainda não é possível explicar.

Além disso, é possível que existam centenas de outros genes que possam ter um papel semelhante.

Fica ainda sem explicação o porquê de algumas crianças nascerem loiras e o cabelo escurecer à medida que crescem, um fenômeno que dificulta a realização de testes forenses. “Sabemos que algumas crianças loiras se tornam morenas, mas não temos ideia por quê”, disse Manfred Kayser, um dos autores, citado pelo The Guardian.

As mulheres têm cabelo mais claro

Pesquisas anteriores já tinham sugerido isso, mas esse mais recente estudo vem confirmar o fato de que as mulheres tendem a ter o cabelo mais claro que os homens.

Assim, os cientistas concluíram que o sexo feminino tem 25% mais probabilidades de ter o cabelo loiro e três vezes menos hipóteses de ter o cabelo preto do que o sexo masculino.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Nosso sistema solar será destruído antes do que pensávamos

Embora o solo sob nossos pés pareça sólido e reconfortante (na maioria das vezes), nada neste Universo dura para sempre. Um dia, nosso sol morrerá, ejetando uma grande proporção de sua massa antes que seu núcleo …

Mãe em Estocolmo não é mais suspeita de aprisionar filho

Promotores suecos estão retirando seu caso contra uma mulher acusada de prender o filho por vários anos. De acordo com as últimas informações, não há provas suficientes de que ele havia sido detido contra sua …

Mistério de galáxia desprovida de matéria escura é revelado

As observações astronômicas apontam para forças de "maré" e comportamento "canibal" de uma galáxia vizinha, que explicariam a escassez deste componente invisível. Se alguma galáxia é pobre em matéria escura, pode ser devido a uma interação …

Maioria das vacinas da Moderna será reservada no início para os Estados Unidos

A Moderna espera disponibilizar entre 100 e 125 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 no primeiro trimestre de 2021. A empresa anunciou, nesta quinta-feira que, no início, entre 85 e 100 …

Amazonas é 3º estado com mais queimadas, emissões e desmatamento

Pela primeira vez, o Amazonas assume a terceira posição nos três principais rankings que indicam o avanço da degradação florestal na Amazônia brasileira, incluindo indicadores de queimadas, emissões de gases de efeito estufa e desmatamento …

Sudão bane casamento infantil e mutilação genital feminina, mas prática apresenta desafios

Depois de derrubar o ditador Omar al-Bashir no ano passado, o Sudão deu importante passo para reverter alguns dos tantos horrores cometidos contra a população feminina no país – e tornou ilegal tanto o casamento …

Namíbia elege deputado chamado Adolf Hitler

O nome de um recém-eleito político da Namíbia, vem chamando atenção na mídia nacionais e internacionais. "Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia", relatou o portal de notícias alemão Spiegel Online nesta …

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …

Cingapura é primeiro país a aprovar venda de carne de laboratório

Empresa californiana obteve autorização da cidade-Estado para usar sua carne de frango produzida a partir de cultura celular em chicken nuggets e garante que preço será competitivo. Cingapura é o primeiro país do mundo a aprovar …