Mais de 100 genes determinam a cor do nosso cabelo

Uma equipe internacional de cientistas identificou mais de uma centena de genes que ajudam a explicar as diferenças entre cabelos loiros, pretos, castanhos ou ruivos, em populações de origem europeia.

A cor do cabelo é uma das características do nosso aspecto físico que mais facilmente se herda dos nossos genitores. Até hoje, os cientistas conheciam apenas 13 genes.

Agora, pesquisadores do King’s College de Londres, no Reino Unido, e do Centro Médico da Universidade Erasmus de Roterdã, na Holanda, alargaram o leque para 124 genes que desempenham um papel significativo na determinação da cor do cabelo humano.

As descobertas foram publicadas recentemente na Nature Genetics e tem implicação em vários campos, como na compreensão da complexidade genética por trás das variações na pigmentação humana, no tratamento de várias doenças (como o câncer de pele) e na ciência forense, permitindo chegar à cor do cabelo do suspeito com uma precisão de 10 a 20% superiores as atuais.

“Se alguém deixar sangue na cena do crime, podemos dizer, a partir do DNA, se tinha cabelo preto ou ruivo com 90% de certeza“, adianta Tim Spector, um dos autores do estudo, citado pela revista portuguesa Visão.

No entanto, o novo teste baseado nos novos marcadores genéticos foi mais confiável para cabelos ruivos ou pretos do que para cabelos castanhos ou loiros.

Os cientistas analisaram o DNA de quase 300 mil pessoas com descendência europeia, dados cedidos por duas empresas: a BioBank e a 23andMe. Concluída a análise, os cientistas afirmaram ter identificado 124 genes que influenciam a cor do nosso cabelo.

De acordo com o Diário de Notícias, esse novo lote de genes explicam 34,6% do cabelo ruivo, 24,8% do cabelo loiro e 26,1% do cabelo preto, o que está relacionado com a produção e distribuição do pigmento melanina, mas também com outros mecanismos biológicos, que ainda não é possível explicar.

Além disso, é possível que existam centenas de outros genes que possam ter um papel semelhante.

Fica ainda sem explicação o porquê de algumas crianças nascerem loiras e o cabelo escurecer à medida que crescem, um fenômeno que dificulta a realização de testes forenses. “Sabemos que algumas crianças loiras se tornam morenas, mas não temos ideia por quê”, disse Manfred Kayser, um dos autores, citado pelo The Guardian.

As mulheres têm cabelo mais claro

Pesquisas anteriores já tinham sugerido isso, mas esse mais recente estudo vem confirmar o fato de que as mulheres tendem a ter o cabelo mais claro que os homens.

Assim, os cientistas concluíram que o sexo feminino tem 25% mais probabilidades de ter o cabelo loiro e três vezes menos hipóteses de ter o cabelo preto do que o sexo masculino.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …