Alexei Navalny: quem é o líder opositor russo hospitalizado por suspeita de envenenamento

varfolomeev / Flickr

Manifestação de apoio a Alexei Navalny (ao centro)

Alexei Navalny, opositor ao governo de Vladimir Putin, na Rússia, está inconsciente no hospital, sob suspeita de envenenamento, segundo sua porta-voz.

O ativista anticorrupção se sentiu mal durante um voo e o avião fez um pouso de emergência em Omsk, informou Kira Yarmysh, acrescentando que suspeitavam que alguma substância havia sido misturada ao seu chá.

O Kremlin disse que deseja a Navalny uma “recuperação rápida”. Navalny, de 44 anos, tem sido um crítico ferrenho do presidente Putin.

Em junho, ele descreveu uma votação sobre as reformas constitucionais como um “golpe” e uma “violação da Constituição”. As reformas permitem que Putin cumpra mais dois mandatos. O secretário das Relações Exteriores britânico, Dominic Raab, disse estar “profundamente preocupado” com as notícias de que Navalny foi envenenado e desejou melhoras a ele e força à família.

O que disse a porta-voz?

Kira Yarmysh, secretária de imprensa da Fundação Anticorrupção, fundada por Navalny em 2011, tuitou: “Esta manhã Navalny estava voltando de Tomsk para Moscou. Durante o voo, ele se sentiu mal. O avião fez um pouso urgente em Omsk. Alexei foi envenenado“.

Ela acrescentou: “Suspeitamos que Alexei foi envenenado por algo misturado ao chá [dele]. Foi a única coisa que ele bebeu desde a manhã. Os médicos estão dizendo que o agente tóxico é absorvido mais rapidamente em líquido quente. No momento, Alexei está inconsciente”.

Yarmysh postou mais tarde que Navalny estava em um respirador e em coma, e que o hospital estava cheio de policiais. Ela disse que pediram para revistar seus pertences.

Ela também disse que os médicos estavam inicialmente prontos para compartilhar qualquer informação, mas depois alegaram que os testes de toxicologia foram adiados e estavam “claramente tentando ganhar tempo, e não dizendo o que sabiam”.

Ela disse em um tuíte às 14:58 do horário local que a condição de Navalny não havia mudado e ele ainda estava inconsciente. Ela foi informada que o diagnóstico seria “ao anoitecer”. Tanto a esposa de Navalny, Yulia Navalnaya, quanto a médica Anastasia Vasiliyeva chegaram ao hospital, mas tiveram o acesso negado a ele, disse Yarmysh.

Quais são os outros relatos?

A agência de notícias Tass citou uma fonte do Hospital de Emergência Omsk que teria dito: “Alexei Anatolyevich Navalny, nascido em 1976. Envenenamento, terapia intensiva”.

No entanto, o médico-chefe adjunto do hospital disse mais tarde à mídia que não havia certeza de que Navalny havia sido envenenado, embora “envenenamento natural” fosse um dos diagnósticos em consideração. Anatoly Kalinichenko disse que os médicos estavam “genuinamente tentando salvar a vida de Navalny”.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse posteriormente que desejava uma recuperação rápida do opositor, como faria com todos os cidadãos em tais circunstâncias, e que as autoridades poderiam aprovar tratamento no exterior, se solicitado.

Imagens de vídeo nas redes sociais mostram Navalny sendo levado em uma maca para uma ambulância na pista do aeroporto. Outro vídeo perturbador parece mostrar Navalny ferido e com dores durante o voo.

O passageiro Pavel Lebedev diz: “No início do voo, ele foi ao banheiro e não voltou. Ele começou a se sentir muito mal. Eles tiveram dificuldade para trazê-lo de volta e ele estava gritando de dor”. Outra fotografia em rede social mostra Navalny bebendo de uma xícara em um café do aeroporto de Tomsk.

A agência Interfax disse que os donos dos cafés estavam verificando as imagens das câmeras de segurança para ver se poderiam fornecer alguma evidência.

Quem é Alexei Navalny?

Ele fez seu nome ao expor a corrupção oficial, rotulando a Rússia Unida de Putin como “o partido dos vigaristas e ladrões”, e cumpriu várias penas de prisão.

Em 2011, ele foi detido e encarcerado por 15 dias após protestos contra suposta fraude eleitoral do partido Rússia Unida, de Putin, nas eleições parlamentares.

Navalny foi brevemente preso em julho de 2013 sob a acusação de peculato, mas denunciou a sentença como política. Ele tentou concorrer à corrida presidencial de 2018, mas foi barrado por causa de condenações anteriores por fraude em um caso que ele novamente disse ter motivação política.

Navalny também foi condenado a 30 dias de prisão em julho de 2019, após convocar protestos não autorizados. Ele adoeceu na prisão. Os médicos o diagnosticaram com “dermatite de contato”, mas ele disse que nunca teve nenhuma reação alérgica aguda e seu próprio médico sugeriu que ele pode ter sido exposto a “algum agente tóxico”. Navalny também disse que acha que pode ter sido envenenado.

Navalny também sofreu uma grave queimadura química no olho direito em 2017, depois de ter sido atacado com um corante antisséptico. No ano passado, sua Fundação Anticorrupção foi oficialmente declarada um “agente estrangeiro”, permitindo que as autoridades a submetessem a mais pressão.

Se isso for confirmado como um envenenamento, ataques anteriores a críticos de alto nível do presidente Putin seriam novamente colocados no centro das atenções.

Eles incluem o político Boris Nemtsov e a jornalista Anna Politkovskaya, que foram mortos a tiros, e o oficial de inteligência Alexander Litvinenko, que morreu envenenado no Reino Unido. Outro jornalista, Vladimir Kara-Murza, ainda está vivo, mas alegou que foi envenenado duas vezes pelos serviços de segurança russos.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …