Ameaça do Exército não diminui protestos e greve geral em Mianmar

Htoo Tay Zar / Wikimedia

Aung San Suu Kyi

A junta militar de Mianmar endureceu o tom da repressão, após um fim de semana violento no país, e alertou os manifestantes de que eles correm risco de morrer, o que não dissuadiu milhares de pessoas de retomarem os protestos em todo o país, nesta segunda-feira.

Desde às 9h (local), as ruas já estavam lotadas. Mianmar vive uma greve geral, numa data que considera especial: 22 de fevereiro de 2021, ou 22/02/2021, e a população dá importância às datas com muitos números repetidos. É também uma data que lembra a revolução de 8 de agosto de 1988, também com repetições do número 8.

Kyaw é um dos líderes da Associação de Estudantes da Universidade de Yangon e espera que 500 de seus colegas se juntem a ele para marchar no centro da cidade. Os jovens usam capacetes com adesivos nas cores da Liga Nacional para a Democracia (LND), partido da líder civil Aung San Suu Kyi, e carregam alto-falantes para transmitir suas palavras de ordem.

Poucos metros adiante, outro protesto era organizado por vizinhos de bairro. Zaw, um dos líderes, conta em voz baixa que quatro soldados haviam se juntado a eles desde o início das manifestações. Eles se vestem com roupas civis e permanecem discretos – embora sejam contra o golpe de Estado, não podem aparecer em público.

Ao todo, dezenas de milhares de pessoas marcharam em várias cidades de Mianmar para denunciar o golpe militar, desafiando as ameaças dos militares de usar a força para acabar com a “anarquia”. O aviso veio no domingo (21), após um fim de semana de luto pela morte de três manifestantes e marcado pelo funeral de uma jovem, na sexta-feira (19).

Primeira vítima fatal da repressão, Mya Thwate Thwate Khaing foi baleada na cabeça durante uma manifestação pró-democracia e se tornou um ícone da resistência no país. O corpo dela foi enterrado neste domingo (21), nos arredores da capital, Naypyidaw.

De acordo com relatos de médicos que atenderem às vítimas, os serviços de segurança de Mianmar recorrem a munições reais, além de balas de borracha, gás lacrimogêneo e canhões de água, que têm sido usados contra a população desarmada.

“Os manifestantes estão exortando as pessoas, especialmente adolescentes e jovens exaltados, a embarcarem no caminho do confronto, onde morrerão”, alertaram as autoridades de Mianmar na noite de domingo, em um comunicado no canal público MRTV, com legendas em inglês.

A presença do Exército nas ruas, contudo, era estranhamente pequena na manhã desta segunda-feira, como relata a correspondente da RFI em Rangun, Juliette Verlin. A polícia ainda não bloqueava o acesso às principais estradas. Entretanto, o acesso às embaixadas, incluindo a sede do escritório das Nações Unidas, onde as aglomerações tem sido cada vez maiores, está fechado.

ONU pede fim da repressão

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, pediu nesta segunda-feira ao Exército de Mianmar – que derrubou o governo civil de Aung San Suu Kyi – que “pare imediatamente a repressão”, no momento em que europeus estão prestes a discutir sanções ao país.

“Hoje, apelo ao Exército que pare imediatamente com a repressão. Liberte os presos. Acabe com a violência. Respeite os direitos humanos e a vontade do povo expressa nas últimas eleições”, pediu Antonio Guterres, em um vídeo gravado e transmitido na abertura da 46ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU.

De acordo com a Associação de Ajuda a Presos Políticos, 640 pessoas foram presas desde o golpe militar em Mianmar. Entre os alvos, estão ferroviários, funcionários públicos e bancários que deixaram de trabalhar para apoiar a oposição.

A escalada das tensões provoca reações internacionais, que foram denunciadas na noite de domingo pelo Ministério das Relações Exteriores de Mianmar como “ingerência flagrante” nos assuntos internos do país.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA vão fornecer 20 milhões de vacinas contra Covid-19 para outros países

Os Estados Unidos fornecerão 20 milhões de doses adicionais de vacinas contra a Covid-19 para outros países até o final de junho, elevando o total destinado ao exterior para 80 milhões de doses. O …

Demi Lovato vai comandar programa de TV investigativo sobre OVNIs

A atriz e cantora Demi Lovato está prestes a se aventurar em um desafio de outro mundo. A artista anunciou na última semana a sua participação em uma série limitada para a plataforma de streaming …

CPI da Covid: como 'isolamento vertical' pode virar arma contra Bolsonaro

Uma das linhas de investigação da CPI da Covid apura se o governo federal adotou a estratégia da imunidade de rebanho, ou seja, a obtenção da imunidade coletiva por meio da infecção da população, no …

Astrônomos continuam encontrando inexplicáveis anéis circulares misteriosos no céu

Nos últimos anos, astrônomos avistaram vários objetos de rádio gigantescos e quase perfeitamente circulares no universo distante. Embora ninguém tenha uma explicação para essas entidades misteriosas ainda, uma equipe adicionou recentemente outra ao seu catálogo, …

Conflito tem seu dia mais sangrento em Gaza

Bombardeios israelenses deixam pelo menos 42 palestinos mortos e elevam total de vítimas a 188. Netanyahu diz que ataques continuarão. Sem um cessar-fogo à vista, o atual conflito entre Israel e Hamas teve neste domingo (16/05) …

Apple é acusada de enganar usuários através de aplicativos fraudulentos na App Store

A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store. Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos …

Chile escolhe representantes para elaborar nova Constituição

O domingo foi o último dia de votação no Chile para a escolha dos redatores da nova Constituição do país. Os 155 representantes eleitos terão a tarefa de mudar o texto herdado da ditadura. …

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …