Ameaça do Exército não diminui protestos e greve geral em Mianmar

Htoo Tay Zar / Wikimedia

Aung San Suu Kyi

A junta militar de Mianmar endureceu o tom da repressão, após um fim de semana violento no país, e alertou os manifestantes de que eles correm risco de morrer, o que não dissuadiu milhares de pessoas de retomarem os protestos em todo o país, nesta segunda-feira.

Desde às 9h (local), as ruas já estavam lotadas. Mianmar vive uma greve geral, numa data que considera especial: 22 de fevereiro de 2021, ou 22/02/2021, e a população dá importância às datas com muitos números repetidos. É também uma data que lembra a revolução de 8 de agosto de 1988, também com repetições do número 8.

Kyaw é um dos líderes da Associação de Estudantes da Universidade de Yangon e espera que 500 de seus colegas se juntem a ele para marchar no centro da cidade. Os jovens usam capacetes com adesivos nas cores da Liga Nacional para a Democracia (LND), partido da líder civil Aung San Suu Kyi, e carregam alto-falantes para transmitir suas palavras de ordem.

Poucos metros adiante, outro protesto era organizado por vizinhos de bairro. Zaw, um dos líderes, conta em voz baixa que quatro soldados haviam se juntado a eles desde o início das manifestações. Eles se vestem com roupas civis e permanecem discretos – embora sejam contra o golpe de Estado, não podem aparecer em público.

Ao todo, dezenas de milhares de pessoas marcharam em várias cidades de Mianmar para denunciar o golpe militar, desafiando as ameaças dos militares de usar a força para acabar com a “anarquia”. O aviso veio no domingo (21), após um fim de semana de luto pela morte de três manifestantes e marcado pelo funeral de uma jovem, na sexta-feira (19).

Primeira vítima fatal da repressão, Mya Thwate Thwate Khaing foi baleada na cabeça durante uma manifestação pró-democracia e se tornou um ícone da resistência no país. O corpo dela foi enterrado neste domingo (21), nos arredores da capital, Naypyidaw.

De acordo com relatos de médicos que atenderem às vítimas, os serviços de segurança de Mianmar recorrem a munições reais, além de balas de borracha, gás lacrimogêneo e canhões de água, que têm sido usados contra a população desarmada.

“Os manifestantes estão exortando as pessoas, especialmente adolescentes e jovens exaltados, a embarcarem no caminho do confronto, onde morrerão”, alertaram as autoridades de Mianmar na noite de domingo, em um comunicado no canal público MRTV, com legendas em inglês.

A presença do Exército nas ruas, contudo, era estranhamente pequena na manhã desta segunda-feira, como relata a correspondente da RFI em Rangun, Juliette Verlin. A polícia ainda não bloqueava o acesso às principais estradas. Entretanto, o acesso às embaixadas, incluindo a sede do escritório das Nações Unidas, onde as aglomerações tem sido cada vez maiores, está fechado.

ONU pede fim da repressão

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, pediu nesta segunda-feira ao Exército de Mianmar – que derrubou o governo civil de Aung San Suu Kyi – que “pare imediatamente a repressão”, no momento em que europeus estão prestes a discutir sanções ao país.

“Hoje, apelo ao Exército que pare imediatamente com a repressão. Liberte os presos. Acabe com a violência. Respeite os direitos humanos e a vontade do povo expressa nas últimas eleições”, pediu Antonio Guterres, em um vídeo gravado e transmitido na abertura da 46ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU.

De acordo com a Associação de Ajuda a Presos Políticos, 640 pessoas foram presas desde o golpe militar em Mianmar. Entre os alvos, estão ferroviários, funcionários públicos e bancários que deixaram de trabalhar para apoiar a oposição.

A escalada das tensões provoca reações internacionais, que foram denunciadas na noite de domingo pelo Ministério das Relações Exteriores de Mianmar como “ingerência flagrante” nos assuntos internos do país.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

União Europeia começa exame contínuo da vacina russa Sputnik V

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) deu início ao exame contínuo do dossiê de registo da vacina Sputnik V para verificar sua conformidade com as normas europeias de eficácia, segurança e …

Afrouxar uso de máscaras é "pensamento neandertal", diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou nesta quarta-feira (03/03) a decisão dos estados do Texas e do Mississippi de suspender a obrigatoriedade do uso máscaras para conter a propagação do coronavírus. O democrata …

Argentina só vai habilitar motoristas que fizerem curso sobre igualdade de gênero

A partir de março e 2021 quem quiser tirar carteira de habilitação na Argentina terá de estudar mais do que somente as leis de trânsito, o funcionamento do automóvel e a própria condução de um …

ONGs denunciam grupo Casino na Justiça francesa por desmatamento na Amazônia

Organizações de defesa do meio ambiente e dos povos indígenas denunciaram nessa quarta-feira (3) o grupo Casino na Justiça francesa. A empresa é acusada de responsabilidade no desmatamento da Amazônia através da venda de …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Um cientista criou um algoritmo de computador que pode levar a descobertas transformadoras em energia e cuja própria existência levanta a probabilidade de que nossa realidade possa realmente ser uma simulação. O algoritmo foi criado pelo …

The Crown "é baseada na verdade", diz Harry que dá ideia de convívio com família real

Principe Harry defendeu a série “The Crown” da Netflix, dizendo que – embora não fosse “estritamente preciso” – retratava as pressões da vida dentro da família real. Em uma entrevista com James Corden, do programa americano …

Microsoft acusa hackers chineses de ciberataques a entidades dos EUA com uso de falhas desconhecidas

A Microsoft relatou a detecção de exploits desconhecidos utilizados por hackers chineses "patrocinados pelo Estado" destinados a atacar versões locais da Microsoft Exchange Server a fim de receber informações de entidades dos EUA. Exploit é uma …

Compra de mansão lança novas suspeitas sobre Flávio Bolsonaro

Filho mais velho do presidente comprou imóvel de luxo de R$ 6 milhões. Valor está bem acima do patrimônio declarado pelo senador, e condições de empréstimo para quitar mais da metade do valor levantam questionamentos. O …

Condenado a três anos de prisão, ex-presidente francês Sarkozy enfrenta outros processos na Justiça

Ele se tornou o primeiro ex-chefe de Estado francês a receber em primeira instância uma pena de prisão em regime fechado. Nicolas Sarkozy foi julgado culpado na segunda-feira (1°) por corrupção e tráfico de …

Colômbia é o 1º país latino-americano a receber vacinas da iniciativa COVAX

Nesta segunda-feira (1º), um lote de 117 mil doses da vacina da Pfizer/BioNTech chegou à Colômbia por meio da iniciativa COVAX. O país é o primeiro na região a receber os imunizantes do consórcio da …