Militares abrem fogo contra manifestantes em Mianmar

Kaung Zaw Hein / EPA

Forças de segurança reforçam repressão aos protestos contra golpe de Estado e deposição do governo democraticamente eleito. Relatos de mortes surgem de várias cidades. ONU condena violência e o uso de força excessiva.

As forças de segurança de Mianmar abriram fogo contra manifestantes neste domingo (28/02), no dia mais violento desde o início dos protestos contra o golpe de Estado no país, há quatro semanas.

Relatos de mortes em razão da violência policial surgem de diferentes cidades do país. A agência da ONU para os direitos humanos afirma que ao menos 18 pessoas foram mortas durante a repressão às manifestações.

O país do Sudeste Asiático vem sendo palco de manifestações populares desde que a chefe de governo Aung San Suu Kyi foi removida do poder e presa durante o golpe perpetrado pelos militares. Centenas de milhares participam de protestos e várias centenas de pessoas foram presas.

A junta militar assumiu o controle do país tenta conter o movimento popular que pede o retorno da democracia e a libertação da líder deposta. Neste domingo, as tensões se agravaram com o recrudescimento da repressão, com registros de pessoas mortas a tiros em ao menos quatro cidades do país.

O Escritório do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos afirmou ter informações de fontes confiáveis que confirmam a morte de ao menos 18 pessoas neste domingo. “Condenamos o agravamento da violência contra os protestos em Mianmar e pedimos que os militares suspendam imediatamente o uso da força contra manifestantes pacíficos”, disse uma porta-voz da agência.

Policiais disparam contra multidões

“Durante o dia, em várias locações no país, a polícia e os militares confrontaram as manifestações pacíficas com o uso de força letal e não-letal”, afirmou o órgão em nota. “As mortes resultam do disparo de munições contra multidões em Yangon, Dawei, Mandalay, Myeik, Bago e Pokokku. Gás lacrimogêneo também foi utilizado em vários locais, assim como granadas de luz e de atordoamento.”

Se confirmada, esta já é a maior contagem de óbitos ocorridos em um dia em razão da violência policial. No sábado, as forcas de segurança passaram a utilizar táticas mais brutais e agiram para dispersar os protestos logo de início, prendendo um grande número de pessoas.

A Associação de Assistência a Prisioneiros Políticos em Mianmar relatou a prisão, acusação ou condenação de 854 pessoas até este sábado. Outras 771 estavam detidas ou sendo procuradas pelas autoridades. O grupo havia documentado 75 novas prisões, mas alertou que centenas de cidadãos já havia sido detidos em Yangon e outras cidades.

Golpe encerra curto período de democracia em Mianmar

A violência deste domingo teve início pela manhã, quando estudantes marchavam pelas ruas de Yangon, rumo a um cruzamento que se tornou ponto de encontro de manifestantes. Imagens de vídeo e fotografias mostram a polícia investindo contra as pessoas e prendendo dezenas delas.

O golpe de Estado em 1º de fevereiro reverteu a lenta transição do país para a democracia, após um regime militar de cinco décadas. O Exército tomou o poder depois de alegar fraude nas eleições de 8 de novembro, vencidas por ampla margem pela legenda governista Liga Nacional pela Democracia (NLD).

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ferido em tiroteio, Presidente do Chade morre depois de 30 anos no poder

O Presidente do Chade, Idriss Déby Itno, no poder há 30 anos, morreu nesta terça-feira (20) em decorrência de ferimentos que sofreu no fim de semana, quando comandava uma operação do Exército no combate …

O que acontece com as doses das vacinas AstraZeneca e Janssen que países europeus decidiram não usar?

Enquanto alguns países lutam para obter mais vacinas, outros se perguntam o que fazer com as doses que encomendaram, mas não usarão mais por causa de preocupações com sua segurança. Vários países restringiram o uso das …

Flávio Bolsonaro trabalha com nome favorito para indicação ao STF, diz jornal

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, é o nome preferido de Flávio Bolsonaro para ser o próximo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a jornalista Bela Megale, do jornal …

Greta Thunberg doa 100 mil euros a consórcio de vacinas

A ativista do clima sueca Greta Thunberg anunciou nesta segunda-feira (19/04) que a fundação que leva seu nome doará 100 mil euros ao consórcio Covax Facility, um programa apoiado pelas Nações Unidas que visa um …

Nasa faz história com primeiro voo de helicóptero direto de Marte

A Agência Espacial dos EUA (NASA) conseguiu executar o primeiro vôo do helicóptero Ingenuity, um pequeno robôzinho voador que vai pairar pela atmosfera de Marte. A máquina conseguiu levantar aos ares do planeta vermelho nessa segunda-feira …

NASA lança telescópio para captar partículas da borda do Sistema Solar

Todo o Sistema Solar está à deriva em um aglomerado de nuvens, uma área limpa por antigas explosões de supernovas. Os astrônomos chamam essa região de Bolha Local. Uma nova missão da agência espacial norte-americana NASA …

Depressão pode ser diagnosticada com um simples exame de sangue

Um exame recém-desenvolvido que monitora biomarcadores sanguíneos ligados a distúrbios de humor poderia levar a novos métodos de diagnosticar e tratar a depressão e o transtorno bipolar, com um simples exame de sangue. Embora a depressão …

EUA aplicaram vacina contra covid-19 em mais da metade dos adultos

Governo americano afirma que quase 130 milhões de pessoas com mais de 18 anos receberam pelo menos uma dose do imunizante contra o coronavírus no país. Mais da metade de toda a população adulta dos Estados …

Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas

O avanço da variante P.1, descoberta em Manaus em janeiro, levou a cidade de São Paulo a mudar sua orientação para todos aqueles que forem infectados por coronavírus. Agora, eles devem procurar uma unidade de …

Nepal vê população de rinocerontes aumentar com queda de turismo por pandemia

O Nepal está vendo um crescimento em sua população de rinocerontes. O país abriga boa parte dos dos rinos com um chifre só e eles estão ameaçados de extinção. O país observou que, durante a pandemia …