Aplicativo gratuito ajuda a encontrar os melhores preços em medicamentos

Não é sempre que conseguimos pesquisar os melhores preços do remédio que necessitamos quando estamos doentes. Por isso, o MediPreço foi criado para nos ajudar a economizar na compra dos medicamentos.

Um estudo do Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ) apontou que a variação de preço dos medicamentos pode chegar a 400%. A maioria das pessoas desconhece esse dado. Foi pensando nisso que um grupo de quatro amigos decidiu criar o aplicativo para celular, gratuito, que mostra a variação de preços de um remédio específico no Brasil inteiro.

O MediPreço funciona da seguinte maneira: basta o usuário fotografar o código de barras do medicamento pelo aplicativo. O sistema busca o valor máximo permitido para aquele medicamento e o menor valor da região, via geolocalização.

No banco de dados estão 25 mil medicamentos em 70 mil farmácias pelo país. Resumindo, o consumidor ganha o poder de barganhar um desconto no preço do medicamento com o atendente do estabelecimento.

“O MediPreço atende o usuário na hora que mais precisa. Quem vai à farmácia, muitas vezes se encontra em uma situação de fragilidade, seja por uma enfermidade urgente ou por uma doença que precisa de atenção e controle”, disse Gregório Salles, um dos criadores da ferramenta.

O banco de dados é baseado na tabela do Ministério da Saúde que estabelece um teto máximo de preços que podem ser praticados.

Os próprios usuários do app também ajudam a atualizar os valores – cerca de 343 mil colaboradores postam quanto pagaram nos medicamentos, criando uma rede atualizada em tempo real dos valores realmente praticados pelas farmácias.

“Sempre que você posta está ajudando outras pessoas que dependem daquele medicamento. Além disso, cria-se uma rede de fiscalização para impedir a cobrança de valores abusivos”, ressalta Alexandre Máximo, também desenvolvedor do MediPreço.

O usuário Marco Resende adotou o MediPreço há alguns meses. Especialista em tecnologia da informação, ele utiliza um medicamento contínuo, o maleato de enalapril. Marco costumava pagar R$ 32 no medicamento. Agora, ele compra por R$ 17, R$ 16 e até R$ 15 – uma economia de mais de 50%.

“Por me dar um referencial, tenho conseguido negociar na farmácia os valores e conseguido bons descontos. Gostei tanto que toda vez que compro um remédio agora, eu posto quanto paguei”, afirmou.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Guaidó desafia proibição de deixar Venezuela e inicia giro internacional em busca de apoio

O opositor venezuelano Juan Guaidó voltou a desafiar a proibição de deixar o país. O autoproclamado presidente interino viajou para a Colômbia, antes de seguir para Bélgica e Suíça. Ele pretende participar do Fórum …

FMI prevê melhora para economia brasileira, apesar da redução do crescimento mundial

O Fundo Monetário Internacional reduziu nesta segunda-feira (20) sua expectativa de crescimento global para este ano. A instituição é mais otimista sobre a situação do Brasil, que deve crescer nos próximos anos. O FMI disse …

Harry diz estar triste por deixar deveres reais

O príncipe Harry falou neste domingo (19/01) de sua tristeza por ser obrigado a desistir de seus deveres reais em um acordo com a família real britânica, dizendo não haver outra opção se ele e …

Ultrassom destrói células cancerosas

Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia e do Instituto de Pesquisa Beckman da Cidade da Esperança desenvolveram uma técnica de ultrassom direcionado de baixa intensidade que mata células cancerígenas sem afetar as células saudáveis …

Robôs são maior ameaça à humanidade que mudança climática, segundo especialista

Especialista em inteligência artificial acredita que robôs podem ser hackeados por terroristas, além de outros problemas, tornando-os potencialmente perigosos para o homem. Se por um lado a tecnologia pode ajudar o homem em suas tarefas do …

Sem capacidade para reciclar, Malásia devolve lixo para países desenvolvidos

A Malásia devolveu 150 contêineres de lixo ilegal para seus países de origem. Entre eles estão os Estados Unidos, a França, o Reino Unido e o Canadá, anunciaram as autoridades nesta segunda-feira (20). Segundo …

Defesa de Trump diz que processo de impeachment é ilegal

Em primeira manifestação formal desde o início do julgamento do presidente, defesa acusa oposição democrata de tentar interferir nas eleições de 2020. Os advogados do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disseram neste sábado que o …

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …