Arte rupestre: “Capela Sistina pré-histórica” é descoberta nos confins da selva amazônica

Uma coleção impressionante de arte rupestre foi descoberta no meio da Floresta Amazônica. Chamada de “Capela Sistina pré-histórica”, a área com os desenhos se estende por quase 13 quilômetros em território colombiano. Arqueólogos acreditam que haja ali dezenas de milhares de pinturas de até 12.500 anos atrás.

A descoberta foi feita por uma equipe formada por cientistas britânicos e colombianos ainda no ano passado, mas só foi revelada agora. A pesquisa foi financiada pelo European Research Council e liderada pelo professor José Iriarte, da Universidade de Exeter. Imagens dos desenhos serão exibidas no documentário “Jungle Mystery: Lost Kingdoms of the Amazon”, de uma rede de televisão britânica, ainda este mês.

Pesquisadores estimam essa data por conta dos animais que aparecem na arte rupestre. Há mastodontes, por exemplo, animal pré-histórico que se assemelha a um elefante e que não existe há mais de 12 mil anos. Acredita-se que essas pinturas tenham sido feitas pelos primeiros humanos que habitaram a região, no sítio arqueológico Serranía La Lindosa, que fica no Parque Nacional Chiribiquete.

Quando você está lá, suas emoções apenas fluem. Estamos falando sobre várias dezenas de milhares de pinturas. Vai levar gerações para registrá-las. Para cada lado que você olha, é uma nova parede com pinturas”, celebrou Iriarte sobre os desenhos que mostram, ainda, pessoas dançando, pássaros, peixes e outras cenas do cotidiano pré-histórico.

Começamos a ver animais que já estão extintos. Os registros são tão naturais e tão bem feitos que temos poucas dúvidas de que você está olhando para um cavalo, por exemplo. O cavalo da Era do Gelo tinha um rosto selvagem e pesado. É tão detalhado que podemos até ver o cabelo do cavalo. É fascinante.”

Ella Al-Shamahi, apresentadora do documentário, conta como ficou impressionada ao ver as pinturas rupestres. “Uma das coisas mais fascinantes foi ver a megafauna da Era do Gelo porque é um marcador temporal. Não acho que as pessoas percebam que a Amazônia mudou na aparência. Nem sempre foi essa floresta tropical. Quando você olha para um cavalo ou mastodonte nessas pinturas, é claro que eles não viveriam em uma floresta. Eles são muito grandes. Eles não estão apenas dando pistas sobre quando foram pintados por algumas das primeiras pessoas, mas também estão dando pistas sobre como este local poderia ser: mais parecido com uma savana.”

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …