AstraZeneca tem dados sobre vacina questionados nos EUA

Especialistas alertam que informações de estudo clínico da farmacêutica estavam desatualizadas. Empresa reconhece que números eram “provisórios” e promete apresentar novas análises em 48 horas.

A AstraZeneca afirmou nesta terça-feira (23/03) que divulgará em 48 horas dados de uma “primeira análise” de um estudo clínico de sua vacina contra a covid-19 realizado nos Estados Unidos, após reconhecer que os números divulgados na véspera eram anteriores a 17 de fevereiro.

O anúncio foi feito após especialistas americanos terem afirmado que os dados do estudo sobre a eficácia do inoculante estavam desatualizados.

Em nota, a empresa admitiu que os resultados divulgados foram uma “análise provisória” com dados até 17 de fevereiro e assegurou que entrará “imediatamente” em contato com o Conselho de Monitoramento de Dados e Segurança dos Estados Unidos (DSMB) para fornecer cifras atualizadas.

Alerta

Composto por um painel de especialistas independentes que assessora o governo americano, o DSMB expressou preocupação na segunda-feira com as informações publicadas pela AstraZeneca, alertando para a falta de atualidade dos dados, os quais “podem ter fornecido uma visão incompleta” sobre a eficácia da vacina.

Nos resultados, divulgados apenas horas antes do alerta do DSMB, a farmacêutica anglo-sueca afirmou que sua vacina contra a covid-19 é 79% eficaz na prevenção dos sintomas da covid-19, incluindo em idosos, de acordo com um estudo realizado nos EUA com mais de 30 mil pessoas. A farmacêutica afirmou que o medicamento é 100% eficaz na prevenção de formas graves da doença e de hospitalização.

A AstraZeneca também disse que os monitores de segurança independentes do estudo não encontraram efeitos colaterais graves na vacina. Também não identificaram nenhum aumento no risco de formação de coágulos sanguíneos como os identificados na Europa e que levaram vários países a suspender temporariamente as vacinações no início da semana passada.

Na quinta-feira, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) considerou o imunizante “seguro e eficaz”, e o uso da vacina foi retomado em alguns países.

Fiocruz

A vacina da AstraZeneca, que está em processo de aprovação pelos órgãos sanitários dos Estados Unidos, é usada em mais de 70 países, incluindo o Brasil, onde é produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

O preparado é considerado importante aliado na luta contra a pandemia, por ser mais barato e mais fácil de transportar e estocar que os outros imunizantes.

Na semana passada, a Fiocruz afirmou que estudos preliminares indicam que a vacina da AstraZeneca é eficaz contra a variante brasileira do coronavírus.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Embraer negocia sua divisão de carros voadores com a norte-americana Zanite

A Embraear confirmou nesta quinta-feira (10) que iniciou negociações com a empresa norte-americana Zanite Acquisition para realizar a fusão de sua divisão Eve Air Mobility. A unidade é responsável pelo desenvolvimento de veículos elétricos de pouso …

NASA flagra 'choque cósmico' impressionante a 140 milhões de anos-luz da Terra

A NASA compartilhou a imagem de um sistema galáctico, denominado Arp 299, que consiste em duas galáxias que estão em meio a uma fusão. A imagem mostra dois objetos próximos de forma oval, emitindo feixes de …

Infecção por dengue cai 77% em teste com bactéria em mosquito Aedes Aegypti

Um método que usa bactérias em mosquitos conseguiu reduzir em 77% os casos de dengue, segundo um estudo publicado na prestigiosa revista científica The New England Journal of Medicine. O estudo, realizado na cidade de Yogyakarta …

Por que especialistas são contra dispensar máscaras no Brasil

Após Bolsonaro propor fim da obrigatoriedade da proteção facial para vacinados ou pessoas que já superaram uma infecção pelo coronavírus, especialistas classificam ideia de "absurda" e "temerária". A necessidade do uso de máscaras para conter a …

Por que Brasil ainda não pode relaxar uso de máscaras como os EUA fizeram

Amplamente recomendada por cientistas e alvo de desdém do presidente ao longo da pandemia, a máscara facial contra a covid-19 poderá ter seu uso flexibilizado no Brasil, segundo anunciou Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (10/6). No …

STF autoriza Copa América no Brasil

Ministros do Supremo Tribunal Federal formam maioria para rejeitar ações que visavam impedir competição de seleções. Patrocinadores retiram suas marcas do evento após controvérsias e preocupações com avanço da pandemia. O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou, …

China aprova vacina contra covid-19 para crianças com mais de três anos

Autorização de uso emergencial foi confirmada pela farmacêutica chinesa Sinovac, fabricante da Coronavac. No entanto, ainda não foi informado quando essa faixa etária começará a ser vacinada. A China aprovou o uso emergencial de uma vacina …

Por que falar palavrão nos dá uma sensação tão boa?

Todos nós já passamos por isso quando damos uma topada, somos fechados no trânsito ou derramamos café. De repente, soltamos um xingamento inflamado. Instintivamente, buscamos um palavrão e, como num passe de mágica, obtemos um certo …

A consciência humana cria a realidade?

Existe uma realidade física que é independente de nós? A realidade objetiva existe? Ou a estrutura de tudo, incluindo o tempo e o espaço, é criada pelas percepções do observador? A afirmação inovadora vem de um …

Primeiro caso humano de hantavírus é detectado em Michigan

Trata-se de uma mulher adulta, que foi hospitalizada por uma doença pulmonar grave causada pelo vírus. O Departamento de Saúde do estado norte-americano de Michigan (MDHHS, na sigla em inglês) detectou o primeiro caso humano de …