Astrônomos detectam estrelas que fugiram de guerra gravitacional

NASA / ESA

Nebulosa Kleinmann-Low, parte do complexo da Nebulosa de Órion

Nebulosa Kleinmann-Low, parte do complexo da Nebulosa de Órion

Enquanto os descobridores portugueses do século XV exploravam terras africanas, um grupo de estrelas travava uma guerra estelar na distante Nebulosa de Órion. As estrelas lutavam entre si num conflito gravitacional, que terminou com o sistema se afastando e com pelo menos três estrelas expelidas em direções diferentes.

As velozes estrelas passaram despercebidas durante centenas de anos até que, nas últimas décadas, duas delas foram detectadas em observações de rádio e luz infravermelha, comprimentos de onda que podem penetrar a espessa poeira da Nebulosa de Órion.

As observações mostraram que as duas estrelas viajavam a altas velocidades em direções opostas uma à outra. A origem das estrelas, no entanto, era um mistério.

Os astrônomos traçaram o caminho de ambas as estrelas 540 anos para o passado, até ao mesmo local, e sugeriram que faziam parte do mesmo, atualmente extinto, sistema múltiplo. Mas a energia combinada da dupla não batia certo. Os investigadores argumentaram que deveria haver pelo menos uma outra estrela que roubou energia do lançamento estelar.

Agora, o Telescópio Espacial Hubble da NASA ajudou os astrônomos a descobrir a peça final do quebra-cabeça ao encontrar a terceira estrela fugitiva. Os astrônomos seguiram o percurso da estrela recém-descoberta de volta ao mesmo local onde as duas estrelas anteriormente conhecidas estavam localizadas há 540 anos.

O trio reside numa pequena região de jovens estrelas chamada Nebulosa Kleinmann-Low, perto do centro do vasto complexo da Nebulosa de Órion, a 1300 anos-luz da Terra.

“As novas observações do Hubble fornecem provas muito fortes de que as três estrelas foram expelidas de um sistema múltiplo,” afirma o pesquisador principal Kevin Luhman, da Universidade Estatal da Pensilvânia, EUA.

NASA / ESA / Z. Levy

Quando duas estrelas se fundem ou formam um binário apertado, esse fenômeno libera energia

Quando duas estrelas se fundem ou formam um binário apertado, esse fenômeno libera energia

Os astrônomos já tinham encontrado, anteriormente, alguns outros exemplos de estrelas em rápido movimento que traçaram de volta a sistemas estelares múltiplos e que provavelmente foram afastadas. Mas estas três estrelas são os exemplos mais jovens de estrelas ejetadas.

Segundo o estudo publicado na publicados na revista The Astrophysical Journal Letters, as estrelas têm provavelmente apenas algumas centenas de milhares de anos, o que significa que são jovens o suficiente para albergar discos de material deixado para trás na sua formação.

Todas as três estrelas se movem extremamente depressa para fora da Nebulosa Kleinmann-Low, a quase 30 vezes a velocidade da maioria dos habitantes estelares da nebulosa.

As três estrelas provavelmente foram expulsas do seu lar natal quando se envolveram num “jogo de bilhar” gravitacional, comenta Luhman.

Com base em simulações de computador, os astrônomos preveem que estas guerras gravitacionais ocorram em conjuntos estelares jovens, onde as estrelas recém-nascidas se aglomeram.

Através da comparação de imagens da nebulosa, obtidas pelo James Webb Space Telescope, com aquelas obtidas anos antes pelo Hubble, os astrônomos esperam identificar mais estrelas fugitivas que se separaram de outros sistemas múltiplos.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em comércio, templos e repartições públicas

Presidente alegou que uso de máscaras em locais fechados pode ser classificado como "violação de domicílio" e vetou trecho que obrigava o poder público a fornecer máscaras para a população mais pobre. O presidente Jair Bolsonaro …

Novos hábitos devem fazer parte da vida das sociedades no pós-pandemia, dizem especialistas

Enquanto a vacina que poderá conter a disseminação do novo coronavírus não sai, o mundo seguirá lavando as mãos. exaustivamente, abusando do álcool gel (ou de desinfetantes poderosos), caprichando na limpeza de tudo o …

Coroas de buracos negros supermassivos podem ser fonte de "partículas fantasmas"

Nas profundezas do gelo antártico, estão enterrados mais de 5.000 sensores de luz, que fazem parte do Observatório IceCube, um detector de neutrinos. Em 2018, este observatório recebeu a atenção da comunidade científica de todo …

Partícula exótica nunca vista antes é descoberta no CERN

Cientistas trabalhando no Grande Colisor de Hádrons (LHC) observaram uma partícula exótica composta de quatro quarks charm. Essa é provavelmente a primeira descoberta de uma classe de partículas jamais observada pelos físicos. O quark é uma …

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro

Ministério Público Federal acusa senador de ter recebido pagamentos indevidos da Odebrecht através de contas no exterior. Verônica Serra, filha do político, também é denunciada. A força-tarefa da Operação Lava-Jato em São Paulo denunciou nesta sexta-feira …

'Morra quem morrer', diz prefeito na Bahia ao decretar reabertura do comércio

O prefeito da cidade de Itabuna (BH), Fernando Gomes, declarou em vídeo divulgado nas redes sociais que autorizará reabertura de estabelecimentos comerciais em 9 de julho. Ao anunciar a implementação do decreto que autorizará reabertura do …

Édouard Philippe, premiê francês, pede demissão e deixa cargo após três anos

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou sua demissão nesta sexta-feira (3) ao presidente Emmanuel Macron, que aceitou o pedido. O anúncio foi feito nesta manhã pela assessoria do palácio do Eliseu, a sede da …

Crânio achado em tumba submarina revela aparência de homem da Idade da Pedra

Oscar Nilsson, um artista forense sueco, reconstruiu virtualmente a aparência de um homem da Idade da Pedra, cujo crânio sem mandíbula foi encontrado em uma estaca dentro de uma tumba submarina de aproximadamente oito mil …

Alemanha quer eliminar extremismo de direita de tropa de elite

Com reforma, Ministério da Defesa alemão pretende "apertar o botão de reset" no KSK, unidade de elite das Forças Armadas abalada por escândalos sobre envolvimento de seus membros com extremismo de direita. A ministra alemã da …

Putin, presidente "eterno"? Para mais de 75% dos russos, a resposta é sim

Vladimir Putin, presidente "vitalício"? Essa é uma das apostas da votação que termina hoje na Rússia, e que vem sendo apoiada por cerca de 73,55% dos eleitores, que até agora votaram “SIM” neste referendo. Se …