Os australianos votaram majoritariamente a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo, abrindo caminho para a aprovação de uma lei até o fim deste ano. A decisão foi comemorada nessa quarta-feira (15) pela comunidade gay, com pessoas usando vestidos de casamento e ternos com lantejoulas e declarando “nosso amor é verdadeiro”.

A Austrália se tornará a 26ª nação a formalizar esse tipo de união se a legislação for aprovada no Parlamento. A decisão é esperada, apesar de algumas manifestações contrárias da ala conservadora do governo.

Milhares de pessoas reunidas em um parque de Sydney se abraçaram e choraram quando o estatístico-chefe do país revelou, ao vivo em um telão, que 61,6% dos eleitores consultados aprovaram a igualdade de matrimônio e que 38,4% se manifestaram contrários à medida.

Ian Thorpe, nadador olímpico australiano que assumiu ser gay há três anos, disse que o resultado foi um grande alívio. “Significa que o que você sente por outra pessoa, quem quer que seja, é igual”, disse Thorpe aos repórteres durante as comemorações em Sydney.

A votação voluntária não tem aplicação obrigatória, mas o primeiro-ministro Malcolm Turnbull disse imediatamente que cumprirá a promessa de apresentar um projeto de lei ao Parlamento, com o objetivo de aprovar a lei até o Natal.

Turnbull minimizou o temor de uma divisão em seu governo de coalizão, em reação à iniciativa, devido ao fato de a facção conservadora estar pressionando por emendas para proteger liberdades religiosas que discriminam casais homossexuais.

“É inequívoco, é esmagador. Eles falaram aos milhões e votaram majoritariamente no sim pela igualdade de matrimônio. Eles votaram sim pela justiça, sim pelo comprometimento, sim pelo amor“, afirmou Turnbull aos repórteres em Canberra, após o anúncio dos resultados.

Um projeto de lei de igualdade matrimonial foi apresentado ao Parlamento no fim desta quarta-feira (pelo horário local).

O resultado simboliza um divisor de águas para os direitos gays na Austrália, onde o envolvimento em atividades homossexuais era ilegal em alguns estados até 1997.

Quase 80% dos eleitores registrados participaram da sondagem – um comparecimento maior do que o do Brexit, como é conhecido o processo de separação do Reino Unido da União Europeia, e do que o do referendo sobre casamento homossexual da Irlanda.

“Gostei de ver, Austrália”, tuitou a apresentadora norte-americana Ellen DeGeneres, que é casada com a atriz australiana Portia de Rossi, nos Estados Unidos.

Reuters // Agência Brasil

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …