Blockchain para dummies: finalmente, uma explicação simples

O que é um blockchain e como funciona?  O canal Savjee no Youtube, fez um excelente vídeo simplificado explicando como funciona uma cadeia de blocos, ou seja, a blockchain usada no bitcoin.

Hoje em dia cadeias de blocos estão bastante populares. Mas o que é uma cadeia de blocos? Como ela funciona, quais problemas elas solucionam e como são usadas? O canal Savjee no Youtube fez um vídeo que explica de uma forma simples.

Como o nome indica, um blockchain é uma cadeia de blocos que contém informações. Esta técnica foi originalmente descrita em 1991 por um grupo de pesquisadores e foi originalmente destinada a carimbo de data digital de documentos para que não seja possível retroceder ou manipula-los. Quase como um tabelião.

No entanto ele quase não foi utilizado até que fosse adaptado por Satoshi Nakamoto em 2009 para criar a moeda digital criptográfica Bitcoin.

Uma cadeia de blocos é um livro razão distribuído que é completamente aberto a qualquer pessoa. Elas têm uma propriedade importante: uma vez que os dados foram gravados dentro de uma cadeia de blocos, torna-se difícil mudar isso.

Então, como isso funciona?

Bem, vamos olhar mais de perto um bloco. Cada bloco contém alguns dados, o hash do bloco e o hash do bloco anterior. Os dados armazenados dentro de um bloco dependem do tipo de cadeia de blocos.

A cadeia de blocos do Bitcoin por exemplo armazena detalhes sobre uma transação, como o remetente, receptor e a quantidade de moedas. Um bloco também possui um hash. Você pode comparar um hash a uma impressão digital. Ele identifica um bloco e todo seu conteúdo e é sempre único, assim como uma impressão digital.

Uma vez que o bloco é criado, seu hash será calculado. Mudar algo dentro do bloco fará com que o hash mude. Então, em outras palavras: hashes são muito úteis quando você quer detectar mudanças para bloquear.

Se a impressão digital de um bloco mudar, ele não é mais o mesmo bloco. O terceiro elemento dentro de cada bloco é o hash do bloco anterior. Isto cria efetivamente uma cadeia de blocos e é essa técnica que faz uma blockchain tão segura.

Vamos dar um exemplo. Temos aqui uma cadeia de 3 blocos. Como você pode ver, cada bloco tem um hash e o hash do bloco anterior. Então, o bloco número 3 aponta para o bloco número 2 e o número 2 aponta para o número 1.

Agora o primeiro bloco possui um bit especial, ele não pode apontar para blocos anteriores porque é o primeiro. Vamos chamar este bloco de genesis. Agora, vamos dizer que você manipula o segundo bloco. Isso faz com que o hash do bloco também mude.

kizmet / Flickr

Na blockchain cada bloco tem seu próprio hash e o hash do bloco anterior

Por sua vez, isso fará com que o bloco 3 e todos os blocos seguintes sejam inválidos porque eles não armazenam um hash válido do bloco anterior. Então, mudar um único bloco tornará todos os blocos seguintes inválidos. Mas o uso de hashes não é suficiente para prevenir adulterações.

Os computadores nos dias de hoje são muito rápidos e podem calcular centenas de milhares de hashes por segundo. Você pode efetivamente manipular um bloco e recalcular todos os hashes dos blocos para tornar sua cadeia de blocos válida novamente.

Então, para mitigar isto, a cadeia de blocos tem algo chamado prova de trabalho. É um mecanismo que desacelera a criação de novos blocos. No caso do Bitcoins: demora cerca de 10 minutos para calcular a prova de trabalho necessária e adicionar um novo bloco na cadeia.

Este mecanismo torna muito difícil a manipulação dos blocos, porque se você manipular 1 bloco, você precisará recalcular a prova de trabalho para todos os blocos seguintes. Portanto, a segurança de uma cadeia de blocos vem do uso criativo do hashing e do mecanismo da prova de trabalho.

Mas há mais um modo que garante a segurança da cadeia de blocos e é por serem distribuídas. Em vez de usar uma central para gerenciar, as cadeias de blocos, usa-se uma rede ponto-a-ponto e qualquer pessoa pode participar.

Quando alguém se junta a esta rede, ele recebe uma cópia completa da cadeia de blocos. O nó pode usar isso para verificar se tudo ainda está em ordem.

Agora, vamos ver o que acontece quando alguém cria um novo bloco. Este novo bloco é enviado a todos na rede. Cada nó então verifica o bloco criado para certificar que não tenha sido adulterado. Se tudo der certo, cada nó adiciona este bloco à sua própria cadeia de blocos.

Todo nó nessa rede cria consenso. Eles concordam sobre quais blocos são válidos e quais não são. Os blocos que foram adulterados serão rejeitados por outros nós da rede. Então, para manipular com sucesso uma cadeia de blocos, você precisará manipular todos os blocos da cadeia, refazer a prova do trabalho para cada bloco e assumir o controle de mais de 50% da rede ponto-a-ponto.

Só então o seu bloco adulterado será aceito por todos os outros. Isso é quase impossível de fazer. Cadeia de blocos também estão em constante evolução. Um dos desenvolvimentos mais recentes é a criação dos contratos inteligentes.

Estes contratos são programas simples armazenados na cadeia de blocos e podem ser usados para trocar moedas automaticamente com base em certas condições.

A criação da tecnologia blockchain atingiu interesse de muitas pessoas. Logo, outros perceberam que a tecnologia poderia ser usada para outras coisas, como armazenar registros médicos, criar um tabelião digital ou mesmo cobrar impostos.”

Então agora você sabe o que é um blockchain, como ela funciona no nível básico e que problemas ela resolve.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estão interligadas? Rochas de asteroide interestelar são parecidas com as que caíram na Terra

Pedregulhos descobertos na superfície do asteroide Ryugu, explorado pela sonda japonesa Hayabusa-2, apresentam semelhanças às rochas de meteoritos que caíram na Terra. Imagens captadas na superfície do asteroide Ryugu exibem rochas isentas de poeira que não …

Startup cria case de celular que também é máquina de café

Você é apaixonado por café, mas vive na rua e nunca tem tempo para sentar em algum lugar e tomar um espressinho que seja? Então você precisa conhecer a Mokase, um case desenvolvido pelos designers …

Após episódio da Groenlândia, nacionalistas flamengos oferecem Valônia a Trump por R$4,57

Organização juvenil flamenga posta no Twitter oferta de € 1,00 a Trump pela região da Valônia. Episódio segue piada de Trump na rede e expõe desavenças entre diferentes regiões da Bélgica. A Valônia é uma das …

G7 acorda sobre ajuda à Amazônia "o mais rápido possível"

Macron afirma que apoio a países afetados pelos incêndios é consenso entre líderes das maiores potências econômicas. Em vídeo gravado em reunião entre europeus, Merkel diz que ligará para Bolsonaro para discutir questão. Durante sua 45ª …

Análise de mudança climática de Marte enche pesquisadores de esperança sobre vida passada

Hoje Marte é um deserto seco e gelado quase sem atmosfera que se considera não ter água líquida. Em geral, é um lugar inóspito. Mas podia ter sido diferente no passado? Nós já sabemos que houve …

Microplásticos na água representam 'risco pequeno à saúde', diz estudo

Microplásticos na água potável não parecem representar um risco para a saúde nos níveis comumente encontrados atualmente, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em seu primeiro relatório sobre a questão, a OMS descobriu …

Ativistas veganos oferecem "churrasco de cão" na Torre Eiffel em ato de conscientização

Um "churrasco de cão" acompanhado de espetinhos de legumes surpreendeu nesta sexta-feira (23) os turistas que visitavam a Torre Eiffel em Paris, uma ação da organização PETA para defender o veganismo. "Cão ou porco: qual é …

Bolsonaro autoriza uso das Forças Armadas contra incêndios amazônicos

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, realizou um pronunciamento, transmitido em rede nacional nesta sexta-feira, para comentar a situação dos incêndios na Amazônia. O presidente pediu "serenidade ao tratar dessa matéria" e disse que divulgação de …

Isso é o que aconteceria se os EUA e a Rússia começassem uma guerra nuclear

As tensões entre EUA e Rússia vêm escalando a um ponto perigoso já faz um tempo. As duas nações possuem armas nucleares, mas o que aconteceria se elas realmente utilizassem estas armas para se bombardearem? Uma …

Alex Navalny, principal opositor do Kremlim, é libertado após um mês na prisão

Alexei Navalny, principal opositor ao Kremlin, foi liberado nesta sexta-feira (23), depois de passar 30 dias na prisão por ter convocado os russos a participar no grande movimento de protesto que abala Moscou, anunciou seu …