Boeing revela sua nave que levará astronautas ao espaço

Boeing / NASA

Boeing Starliner: brevemente, numa órbita perto de si

Boeing Starliner: brevemente, numa órbita perto de si

Quando a NASA decidiu aposentar seus ônibus espaciais e depender da Rússia para entrar em órbita, sabíamos que tudo estava prestes a mudar na era do transporte espacial.

Estamos entrando numa era de viagens comerciais semelhante aos primórdios da viagem aérea privada de um século atrás. Só que agora não é só somente um voo do Brasil até a Europa que ficou mais acessível. É da Terra até o resto do universo.

E o primeiro passo já foi dado. A Boeing revelou sua nova nave espacial tripulada, a CST-100 Starliner, que deve ser a primeira a conduzir astronautas americanos depois de anos de dependência da Soyuz.

Anteriormente conhecida apenas como CST-100, o novo nome da nave se encaixa com a série “liner” de veículos da Boeing, incluindo o Stratoliner e o Dreamliner.

A Starliner, em forma de cápsula, será capaz de transportar quatro astronautas para destinos na órbita baixa da Terra, como a Estação Espacial Internacional (EEI).

A sonda, que é amplamente automatizada, vai completar um primeiro voo não tripulado até 2017, se tudo der certo, com lançamento no topo de um foguete Atlas V da United Launch Alliance. Em seguida, a Boeing deve programar voos tripulados.

Era comercial

“Cem anos atrás, estávamos no alvorecer da era da aviação comercial e, hoje, com a ajuda da NASA, estamos no alvorecer de uma nova era espacial comercial”, disse o vice-presidente e gerente geral de Exploração do Espaço da Boeing, John Elbon, em um comunicado para a imprensa.

A Starliner está sendo desenvolvida como parte do Programa de Tripulação Comercial da NASA, junto com a cápsula Dragon de outra empresa comercial, a SpaceX.

A Boeing e a SpaceX receberam US$ 4,2 bilhões e US$ 2,6 bilhões, respectivamente, da agência especial norte-americana no ano passado para desenvolver suas naves.

Kim Shiflett / NASA

A Boeing se instalará no Centro Espacial Kennedy, na Commercial Crew and Cargo Processing Facility, para preparar o lançamento da Starliner

Centro Espacial Kennedy

A Boeing também revelou como irá redirecionar a infraestrutura existente no Centro Espacial Kennedy da NASA, no estado americano da Flórida, para construir e operar a Starliner.

Uma grande instalação anteriormente usada para gerenciar ônibus espaciais será agora destinada a tripulação comercial e processamento de carga, enquanto outros edifícios servirão como núcleos da Boeing para lançamentos e controle de missões.

A SpaceX também deve operar a partir do Centro Espacial Kennedy, enquanto a NASA vai usá-lo para lançamentos, por exemplo, da nave Orion, construída para transportar astronautas à lua, à Marte e a asteroides.

Os primeiros lançamentos tripulados da Starliner e da Dragon marcarão o fim de um hiato em voos espaciais tripulados americanos, desde a aposentadoria do programa de ônibus espaciais em 2011, acabando com sua dependência da nave espacial Soyuz da Rússia.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Twitter vai ser mais rígido com conteúdo adulto na internet e preocupa criadores

Desde o ano passado tem sido mais difícil para os criadores de páginas com o perfil NSFW (Not Safe for Work ou não seguro para ver no trabalho — impróprio, em tradução livre) ter seus …

Otan tenta exibir união, enquanto líderes são flagrados falando de Trump

Chefes de Estado e de Governo de 29 países participaram nesta quarta-feira (4) do segundo dia da cúpula de aniversário de 70 anos da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), em Watford, nos arredores …

Radar aéreo descobre um navio viking em uma fazenda

Um estudo do Instituto Norueguês de Pesquisa do Patrimônio Cultural (NIKU) descobriu um navio viking em uma fazenda usando radar aéreo. O achado foi uma surpresa e um golpe de sorte, uma vez que este local …

Casamentos entre pessoas do mesmo sexo saltam 61,7% no Brasil

O número de casamentos realizados entre pessoas do mesmo sexo em 2018 aumentou 61,7% em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (04/12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com …

Uber do entulho te ajuda a descartar resíduos corretamente

O lixo é definitivamente um problema contemporâneo de dimensões globais – e não só a qualidade, o material ou o destino desse lixo, mas também a forma de descarta-lo. Dos 387 quilos de resíduos que o …

Asteroide passará perto da Terra a 27.000 km/h na sexta-feira, alerta NASA

Um grande corpo celeste está se movendo na direção da Terra e chegará ao ponto mais próximo do nosso planeta nesta sexta-feira (6). De acordo com as estimativas da NASA, o asteroide 2019 WR3 mede entre …

Mensagem misteriosa pintada em urso polar na Rússia alarma pesquisadores

Imagens compartilhadas por perfis russos nas redes sociais com um urso polar pintado em spray com o símbolo "T-34" ter alarmado especialistas. Eles advertem que a pintura — cujas circunstâncias ainda não foram identificadas — pode …

Experimento deve provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

De onde estiver, Stephen Hawking segue presente na ciência, e seus últimos conselhos devem render uma descoberta para lá de impressionante (e revolucionária). Em conversa com um pesquisador da Austrália, o gênio da física falou sobre …

Justiça absolve Lula e Dilma no caso "quadrilhão do PT"

Juiz que analisou caso afirma que denúncia apresentada por Rodrigo Janot contra cúpula do PT em 2017 foi tentativa de "criminalizar a atividade política". Ministério Público pediu absolvição dos réus em outubro. A Justiça Federal do …

Chineses ativam o primeiro radiotelescópio posicionado no lado afastado da Lua

Um experimento que levou mais de um ano para ser concluído no lado afastado da Lua finalmente está em funcionamento. Não está ainda 100%, mas o Netherlands-China Low-Frequency Explorer (NCLE) já consegue captar sinais de …