Bolsonaro afirma que está com covid-19

Tânia Rêgo / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (07/07) que seu exame para detectar a covid-19 teve resultado positivo.

Bolsonaro, de 65 anos, se submeteu ao exame na segunda-feira, após dizer que estava sentindo sintomas leves da covid-19. Na ocasião, ele foi levado ao Hospital das Forças Armadas em Brasília para fazer uma ressonância magnética nos pulmões, antes de fazer um novo teste para o coronavírus.

Ao anunciar o resultado, em entrevista em frente ao Palácio da Alvorada, Bolsonaro aproveitou a ocasião para mais uma vez reclamar das medidas de isolamento impostas por prefeitos e governadores. “Levou um certo pânico à sociedade no tocante ao vírus. Todo mundo sabia que mais cedo ele iria atingir uma parte considerável da população. Eu, por exemplo, se não tivesse feito o exame, não saberia o resultado. E ele acabou de dar positivo.” “O fato de eu ter sido contaminado mostra que eu sou um ser humano como outro qualquer”, disse.

Bolsonaro também disse que está se tratando com hidroxicloroquina, o medicamente que ele tem propagandeado como uma “cura”, apesar de sua eficácia contra a covid-19 não ter sido comprovada e de agências sanitárias de vários países já terem descartado seu uso no tratamento da doença.

Estou perfeitamente bem“, disse o presidente. “Obviamente, as medidas que estou tomando, protocolares, são para evitar a contaminação a terceiros.”

Bolsonaro afirmou ainda que não ficou surpreso com o resultado. “Confesso que achava que já tinha pego lá atrás, tendo em vista a minha atividade muito dinâmica perante a população”, disse.

Nos últimos meses, em diversas ocasiões, o presidente contrariou recomendações e desafiou medidas impostas para evitar aglomerações ao realizar passeios pelo comércio, participando de atos com apoiadores e abraçando e cumprimentando pessoas.

O presidente, que faz parte do grupo de risco por causa da idade, também voltou a minimizar em parte o coronavírus, que já provocou 65 mil mortes no país. “O cuidado mais importante é com mais idosos, que têm problema de saúde. Com os demais você toma cuidado, mas não precisa entrar em pânico. A vida continua.”

Temos que voltar a trabalhar, caso contrário a economia pode se colocar em uma situação bastante complexa. Como eu já disse no passado, não se pode combater o vírus onde o efeito colateral desse combate é pior do que os danos causados pelo próprio vírus”, completou.

Ele também aproveitou para distorcer mais uma vez as implicações de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que garantiu que os estados e municípios têm autonomia para tomar medidas que tenham como objetivo tentar conter a propagação da doença, como o fechamento do comércio e igrejas. Para Bolsonaro, a decisão reduziu o governo federal a um mero “repassador de recursos”.

No entanto, a decisão não impede que o governo federal realize suas próprias ações contra o vírus e trace estratégias de âmbito nacional. A decisão foi tomada em abril, quando o presidente vinha ameaçando editar decretos para forçar a reabertura. O governo federal também segue sem um ministro da Saúde desde maio.

Bolsonaro passou a maior parte da entrevista de máscara, mas, ao final, tirou o acessório em frente aos jornalistas. “Para vocês verem minha cara, eu estou tranquilo, estou bem, tudo na paz”, disse.

Bolsonaro não é o primeiro líder mundial a contrair a covid-19.

Em 27 de março, o premiê britânico Boris Johnson revelou que seu teste havia detectado o coronavírus. Na ocasião, Johnson disse em um vídeo que tinha “sintomas leves” e que pretendia continuar a liderar o governo à distância. Dez dias depois, teve que ser internado numa UTI quando seu estado piorou. Ele se recuperou em 12 de abril.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …