Bomba-H da Coreia do Norte seria 17 vezes mais poderosa que a de Hiroshima

Dados de satélite japonês forneceram detalhes do teste de uma arma termonuclear, realizado em 2017, indicando que sua explosão teria sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima.

A Coreia do Norte estimou que a arma, testada em 2017, tivesse provocado uma explosão entre 50 e 70 quilotons de potência, entretanto, uma revisão indicou que o valor passava dos 400 quilotons.

Contudo, estimativas baseadas no deslocamento de solo retiradas das imagens registradas pelo satélite da Organização Indiana de Pesquisa Espacial (ISRO) indicaram um rendimento entre 245 e 271 quilotons.

Esse valor seria aproximadamente 17 vezes mais poderoso do que a bomba Little Boy, utilizada pelos EUA para destruir a cidade de Hiroshima em 1945, juntamente com a bomba de Nagasaki.

Para uma bomba de hidrogênio esse valor ainda é pouco, já que a primeira bomba-H dos EUA tinha 10,2 megatons, ou seja, quase 700 vezes mais poderosa do que a Little Boy.

As últimas indicações realizadas por cientistas da ISRO, liderados por K. M. Sreejith, foram publicadas na revista Royal Astronomical Society Journal.

O grupo utilizou os dados do satélite japonês ALOS-2, que é dotado de um poderoso radar de abertura sintética, PALSAR-2 – utilizado para cartografia e deslocamentos na superfície, onde o teste da bomba-H foi realizado, segundo Serviço Geológico dos EUA.

“Os radares baseados no satélite são ferramentas poderosas para medir as mudanças na superfície terrestre, além de permitirem estimar a localização e o rendimento dos testes nucleares debaixo do solo”, afirmou Sreejith.

O satélite mediu uma mudança na superfície da montanha de diversos metros, movendo o flanco do pico Mantapsan em aproximadamente meio metro. Com isso, a equipe estimou que a explosão tenha ocorrido aproximadamente 540 metros abaixo do topo, criando uma cavidade dentro da montanha com um ângulo de 66 metros.

Diversos países seguem discutindo os testes realizados pelos norte-coreanos, como os EUA, Japão e Coreia do Sul, sobre a possibilidade de ataque a instalações nucleares da Coreia do Norte.

Entretanto, as duas Coreias chegaram a um acordo, enquanto que diálogos entre os líderes norte-coreano e norte-americano seguem em andamento, com o objetivo de atingirem desnuclearização em troca do cancelamento de sanções contra o país mais fechado do mundo.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Viagem tripulada a Marte seria melhor com passagem por Vênus, afirmam astrônomos

De acordo com cientistas norte-americanos, cálculos das órbitas entre a Terra e Marte os levaram a concluir que tais viagens seriam mais rápidas, eficientes, e permitiriam estudar os dois planetas. Uma viagem da Terra a Marte …

EUA: Suprema corte autoriza a divulgação de documentos financeiros de Trump

A Suprema Corte dos Estados Unidos impôs uma grande derrota a Donald Trump, ao decidir que um procurador de Nova York tem direito de acesso a vários documentos financeiros do presidente, incluindo declarações de …

O fenômeno "água morta", observado a mais de cem anos, é finalmente explicado

Finamente uma equipe com especialistas de múltiplas áreas CNRS e da Universidade de Poitiers, ambas na França, decifrou a misteriosa ocorrência pela primeira vez. O estranho é fenômeno que desacelera navios ou faz que eles parem …

Pode mesmo haver vida nas nuvens de Vênus, dizem cientistas

Quem gosta de astronomia não deve saber que Vênus não é o mais habitável dos planetas. Com temperaturas em torno de 470ºC e com uma atmosfera formada por dióxido de carbono e nitrogênio noventa vezes …

Cientistas rebatem decisão da China de coletar DNA de homens e meninos

Um relatório que revelou que a China está coletando DNA de milhões de pessoas para ajudar a solucionar crimes. Essa informação tem levantado preocupações entre os pesquisadores sobre privacidade e consentimento, sob o argumento de que …

China revela análise de substância estranha encontrada na Lua em 2019

Em julho de 2019, a equipe da missão chinesa Chang'e 4 encontrou uma substância estranha na Lua. A descoberta foi anunciada em agosto do mesmo ano, chamando a atenção da comunidade científica, mas nada foi …

Cientistas alertam OMS para transmissão aérea do coronavírus além de dois metros

A transmissão aérea do novo coronavírus interpela os especialistas desde o início da pandemia. Nessa segunda-feira, um grupo de 239 cientistas alertou as autoridades de saúde do mundo inteiro, e em particular a OMS, …

Governo tem que tirar garimpeiros de terras yanomami em 15 dias para começar a enfrentar covid-19 em áreas indígenas

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou que o Governo Federal deveria retirar os garimpeiros das terras yanomami de Roraima como medida para conter o avanço do novo coronavírus nos territórios indígenas. A decisão liminar …

Encontrada a origem da vida no universo

Uma estrela morre por segundo no universo. Mas esses objetos estelares não somem totalmente, algo sempre fica para trás. Certas estrelas entram em supernova, que geram um buraco negro ou uma estrela de nêutrons, enquanto a …

Bolsonaro afirma que está com covid-19

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (07/07) que seu exame para detectar a covid-19 teve resultado positivo. Bolsonaro, de 65 anos, se submeteu ao exame na segunda-feira, após dizer que estava sentindo sintomas leves da …