Brasil vive “retrocesso democrático” que pode ser irreversível, alerta relatório internacional

O Brasil vive um forte processo de “retrocesso democrático” que pode ser irreversível, segundo relatório sobre o Estado da democracia no mundo, publicado pelo Instituto internacional pela democracia e assistência eleitoral (Idea), nesta segunda-feira (22). O país também registrou o maior número de “indicadores democráticos” em queda em 2020, entre as nações analisadas. No mundo, o número de democracias passou de 104 a 98 nos últimos cinco anos.

O retrocesso democrático vivido pelo Brasil é único na região da América Latina e do Caribe, tanto por sua duração quanto por seu ponto de partida, de acordo com o documento do Idea, que tem sede em Estocolmo, na Suécia.

O relatório explica que desde meados da década de 1990, e sobretudo na década de 2000, o país apresentou uma “evolução ascendente” de quase todos seus indicadores democráticos, situando-se acima da média regional em temas como eleições limpas, liberdades civis, controle do governo e participação da sociedade civil.

Mas a partir de 2013, o processo de retrocesso democrático começou “a tomar forma no país como resultado de uma queda constante e prolongada de quase todos os indicadores, que se exacerbou especialmente nos últimos dois anos”, contextualiza o relatório. Em 2016, o Brasil começou a “transitar por um processo de retrocesso democrático que ainda não foi concluído”.

Apesar do mau desempenho do Brasil, atualmente muitos indicadores democráticos ainda se mantém em níveis médios. Isto acontece devido à boa atuação do país no passado e porque a deterioração se dá de maneira lenta, de acordo com o Idea.

Assim, ainda que a queda dos indicadores brasileiros desde 2016 tenha sido muito pronunciada, “seu bom desempenho no passado permite que sua qualidade democrática se reduza sem que ele perca seu status de democracia”, contextualiza. “Isso demonstra que a democracia brasileira, ainda tendo sofrido anos de retrocesso democrático, é resiliente“.

Processo irreversível

Mas o relatório alerta para o perigo de que o processo seja irreversível. “Os contantes ataques contra os meios de comunicação e a independência da Justiça mostram a recrudescência do retrocesso democrático”, afirma.

O Idea leva em conta critérios ligados à proteção social básica, corrupção, independência dos meios de comunicação e da Justiça. Além do Brasil, a Índia e até os Estados Unidos estão na lista de democracias que “recuaram” nos últimos dois anos. Também fazem parte países europeus como Hungria, Polônia e Eslovênia.

O número de países democráticos no mundo diminuiu nos últimos cinco anos, segundo o relatório, passando de 104 a 98. Mas apesar dos impactos da pandemia de Covid-19, o número de democracias não caiu na América Latina e no Caribe desde o último relatório de 2019, se mantendo em 18. Todos os processos eleitorais programados foram realizados nas datas previstas, na região.

Deterioração

Mas a qualidade da democracia continua se deteriorando na América Latina. Além do Brasil, países como Chile, Colômbia, Guatemala e Uruguai, entre outros, sofreram “uma erosão democrática”.

Ataques a organismos eleitorais, realizados tanto por partidos políticos da oposição, quanto pelos que estão no poder e por chefes de Estado, se tornaram mais frequentes. “São práticas que ameaçam a integridade dos processos eleitorais, debilitam o Estado de direito e alimentam a crise de legitimidade das instituições democráticas e de controle”, alerta o relatório.

De acordo com o documento é necessário proteger e fortalecer as instituições democráticas, melhorar a qualidade da governabilidade para implementar e promover reformas, contar com mecanismos regionais de defesa da democracia eficazes e atualizados, além de redesenhar os mecanismos de deliberação e de participação cidadã.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …