Faxineira brasileira autodidata é convidada para dar palestra nos EUA

Uma faxineira brasileira e autodidata vai contar a própria história em palestra nesta sexta (15), na Cuny University, em Nova York. O evento, mediado pelo doutor Eduardo Vianna, será transmitido ao vivo pelo Facebook do BradoNYC e vai contar ainda com poesia e projeções da vida da mineira na Big Apple.

A mineira Alline Parreira nasceu no sertão, em Manga, foi adotada duas vezes e aos 3 meses foi criada por uma família branca.

Ela não possui curso superior, é ativista social e se sustenta fazendo faxinas em casas nova-iorquinas, onde vive há dois anos. “Para nós, mulheres negras, não foi permitido narrar nossas histórias em primeira pessoa, eu quebro esse paradigma, eu que conto minha história, para mim é muito importante”, aponta.

Universidade da vida

“A vida foi a minha universidade. Eu sem curso superior, sem nada, adquiri todas essas informações. Aprendo e pesquiso muito. Minha construção identitária é baseada no que aprendi lendo os autores acadêmicos Angela Davis e Frantz Fanon”, relembra.

“Com Angela Davis, em ‘Mulheres, Raça e Classe’, eu identifiquei que em todo este processo da construção de minha identidade, gênero, raça e classe sempre caminharam juntos, sou mulher negra e pobre. Com Frantz Fanon, no livro ‘Peles Negras Máscaras Brancas’, de uma forma muito radical eu me descolonizei, modifiquei totalmente o meu ser, me libertei”, conta Alline.

“Não podemos dicotomizar os dois tipos de conhecimento”, aponta Eduardo Vianna. “O conhecimento conceitual, teórico, tem que estar a serviço da prática, mas a prática precisa ser analisada, o que requer conceitos”, defende o mediador.

Durante a palestra, Alline incluirá uma performance surpresa que será seguida de uma conversa sobre privilégio, identidade e transformação social.

História

Sem a aplicação correta do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Alline foi doada pela mãe e adotada por uma mulher extremamente pobre que também morava em Manga, e mais tarde foi adotada pela mãe dessa mulher.

Elas moravam no sertão de Minas Gerais, quase na divisa com a Bahia, à beira do Rio São Francisco, e Alline passou por todo tipo de privação possível. Na escola, sofreu rejeição e teve de ser alfabetizada pela mãe, analfabeta. Elas aprenderam a ler e escrever juntas.

Apesar de todas as impossibilidades, Alline conseguiu dar a volta por cima ao descobrir programas governamentais.

Outro ponto marcante na história da brasileira foi quando ela ganhou uma bolsa e viajou sozinha pelo continente africano. “Mudou meu rumo, e ampliou os meus horizontes, com o conhecimento prático, de uma mulher negra viajando sozinha”, relembra.

Daí em diante, Alline – que já havia tomado gosto pelos estudos e pela leitura – passou a aplicar os conceitos críticos que ia aprendendo com autores que combatem opressões, como racismo e misoginia, à sua própria realidade e trajetória de vida.

“Quando relato minha trajetória, as pessoas se surpreendem: fui adotada de forma ilegal, cresci numa família branca e extremamente pobre, completamente disfuncional. Vivi muitas opressões tanto da minha família adotiva quanto na escola. Ninguém nunca esperou nada de bom de mim”, relembra.

“Quando fala-se de uma criança negra adotada por uma família branca, logo se imagina que a família seja rica, mas a minha era muito pobre, não tínhamos luz elétrica, cozinhávamos em fogão a lenha, por falta de gás”, contou ao site Geledes.

Alline espera narrar sua história em livro. Para isso, está buscando parcerias e editoras.

Ciberia // Só Notícia Boa

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo mostra que Zika chegou ao Brasil proveniente do Haiti

Estudo desenvolvido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Pernambuco revela que o vírus Zika chegou ao Brasil proveniente do Haiti. De acordo com pesquisadores, imigrantes ilegais e militares brasileiros que participaram da missão de paz …

Jacarta, a capital da Indonésia, pode ficar submersa já em 2050

Os especialistas alertam que, se nada for feito, alguns lugares da capital da Indonésia podem acabar completamente debaixo de água até 2050. “A possibilidade de Jacarta ficar submersa não é brincadeira”, adverte Heri Andreas, cientista do …

Cabral admite ter recebido R$ 5 milhões de caixa 2 do Rei Arthur (mas "nunca aceitou propina")

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral sustentou, em depoimento à Justiça Federal, que todo o dinheiro que recebeu era recurso de caixa 2 e que nunca aceitou propina. Ele foi interrogado nesta segunda-feira (13) pelo juiz Marcelo Bretas, …

Tragédia em Gênova: ponte desaba e deixa 22 mortos

A ponte Morandi, localizada sobre a autoestrada A10, em Gênova, no norte da Itália, colapsou nesta terça-feira (14). As autoridades admitem que o colapso da estrutura fez dezenas mortos e vários feridos. Inicialmente as autoridades não …

Moro aceita denúncia contra Guido Mantega na Lava Jato

O juiz federal Sérgio Moro aceitou nesta segunda-feira (13) denúncia apresentada pela força-tarefa de investigadores da Operação Lava Jato contra o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega. Com a decisão, Mantega se torna réu em uma …

Google registra a localização dos utilizadores mesmo sem autorização explícita

O Google está tão determinado em saber a localização dos utilizadores que faz o seu registro mesmo que eles manifestem de forma explícita sua oposição à prática, noticiou nesta terça-feira (14) a agência AP. Uma investigação …

Venezuela passa a ter duas moedas

A Venezuela vai passar a ter duas unidades monetárias contabilísticas, o bolívar soberano e o petro, uma criptomoeda venezuelana, a partir da próxima segunda-feira (20), anunciou o presidente Nicolás Maduro. Na data, a Venezuela vai eliminar …

Rosa Weber toma posse na presidência do TSE

A ministra Rosa Weber toma posse nesta terça-feira (14) do cargo de presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em sessão solene no plenário da Corte. A solenidade será transmitida ao vivo pela TV Justiça e …

Filho do ex-jogador Edmundo produz filme sobre abandono paterno

Alexandre Mortágua encarou uma longa batalha para fazer valer o direito de saber quem era seu pai. Filho do ex-jogador de futebol e atual comentarista esportivo Edmundo, Alexandre foi reconhecido pelo ex-atleta por meio de …

Descoberta de novos geoglifos pode reescrever a história da Amazônia

Novos geoglifos descobertos no estado do Acre reforçam a ideia de que havia uma numerosa população milenar e hierarquizada na Amazônia 2.500 anos antes da chegada dos europeus. Dados podem “reescrever” a história da região. “A …