De escola pública, Beatriz tirou nota 1000 na redação do Enem: “Filha de pobre também pode ser médica”

O dia mais importante na vida de um jovem talvez seja quando ele descobre que entrou na tão sonhada universidade. Pode-se multiplicar essa felicidade por mil se a faculdade for pública e se o curso for medicina, um dos mais difíceis.

Beatriz Albino Servilha, de 19 anos, passou 3 anos estudando para entrar em medicina, mas graças a nota máxima que tirou na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ela não somente conseguiu, como foi aprovada em uma das melhores universidades públicas do país, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O pai de Beatriz é pedreiro. A mãe, telefonista. Mas mesmo sem condições para bancarem seus estudos, a jovem nunca desistiu. O que a impulsionou a continuar tentando foi a vontade de mostrar para eles, que mesmo sendo filha de pobre, ela conseguiria um dia, ser médica.

E o esforço não foi pouco: “era meu 3º ano tentando entrar na faculdade. Eu sabia que minha família não teria condições de manter meus estudos. Mas, mesmo assim, nunca me direcionaram para outra área. Nossa situação financeira não me impediu de correr atrás do que eu queria”.

Apenas 53 candidatos do Brasil inteiro tiraram nota 1000 na redação e ela foi um deles. O tema “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil” ajudou a jovem falar com propriedade e garantir a nota máxima, já que fazia dois anos que ela estudava Libras para poder se comunicar com uma amiga surda.

A emoção foi tanta quando recebeu a folha da redação, que ela começou a chorar. “Não achei tão difícil, porque tenho contato direto com a comunidade surda, que me impulsionou a continuar”, afirmou.

Ela, que é intérprete da língua de sinais na igreja em que frequenta, argumentou na redação dizendo que o Brasil carece de profissionais capacitados. “Não basta formar qualquer tipo de profissional. Existem aqueles que têm capacidade de trabalhar em tribunal, em teatro, em igreja ou em escolas. A sociedade é muito ignorante e não vê Libras como algo importante e oficial”, disse ao G1.

Depois de 2 anos de cursinho preparatório para vestibular, ela comemora sua conquista, que é apenas o começo de uma grande carreira na medicina. Sempre aluna aplicada, ela conta que conseguiu bolsa integral nos 2 anos em que fez cursinho, no primeiro, porque a prima já havia estudado lá e, no segundo, por causa da boa nota na redação do Enem.

Aprovada pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), na cota de estudantes de escola pública, autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar per capita inferior a 1,5 salário mínimo, Beatriz mostra que não é apenas de redação que ela entende e diz que o sistema de cotas não é um benefício, mas sim uma maneira do governo consertar um erro.

“Isso não é sistema de benefício a ninguém. É a forma de o governo corrigir um erro que é deixar o negro de lado, negligenciar a educação do pobre. Por anos, não tive matemática nem biologia”, conclui.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Paleontologistas descobrem 'última refeição' de dinossauro que viveu há 110 milhões de anos

Uma equipe de pesquisadores do Canadá reconstituiu o estômago de um dinossauro herbívoro, o melhor preservado de sempre. Uma equipe de paleontologistas canadenses conseguiu reconstruir o conteúdo do estômago de um dinossauro herbívoro que viveu no …

Estudo que desencoraja uso de hidroxicloroquina é alvo de investigações

Nesta quarta-feira (3), a Organização Mundial da Saúde anunciou que vai retomar os testes com o medicamento hidroxicloroquina, um dos mais cotados atualmente como possível auxiliar na luta contra a COVID-19. A notícia pegou muita gente …

Donald Trump diz por que estava em bunker subterrâneo em meio a protestos

Em meio aos protestos violentos e pacíficos que têm varrido os EUA após a morte do afro-americano George Floyd, surgiram relatos de que Trump se escondeu dos manifestantes em um bunker. Donald Trump atacou como "falsa" …

EUA: 4 policiais são acusados pela morte de George Floyd

O policial de Minneapolis que se ajoelhou sobre o pescoço de George Floyd provocando sua morte será acusado de assassinato em segundo grau. Seus três colegas também serão julgados, disse a senadora americana Amy …

Governo destina verba publicitária a canais de conteúdo inadequado

Em apenas 38 dias, o governo de Jair Bolsonaro publicou mais de 2 milhões de anúncios em canais na internet com "conteúdos inadequados", segundo mostrou um relatório da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das …

Cientistas encontram maior e mais antigo monumento da civilização maia no México

Pesquisadores da Universidade do Arizona (EUA) descobriram a mais antiga construção monumental da civilização maia já encontrada até agora e a maior de toda a história pré-hispânica da região. O estudo, publicado na revista Nature, foi …

Herdeiro da Samsung pode voltar a ser preso

O herdeiro da Samsung, Lee Jae-yong, pode ter de voltar à prisão. Procuradores de justiça da Coreia do Sul pediram nesta quinta-feira (4) uma nova detenção do antigo diretor da gigante como parte de uma …

Escolas ao ar livre criadas para combater a tuberculose no início do século 20

Em 1904, surgia nas proximidades de Berlim a primeira escola ao ar livre do mundo. A Waldschule für kränkliche Kinder havia sido criada por Walter Spickendorff em conjunto com o pediatra Bernhard Bendix e o …

Fígados humanos foram criados em laboratórios e transplantados em ratos com sucesso

Uma equipe internacional liderada por pesquisadores do Departamento de Patologia da Universidade de Pittsburgh (EUA) criou pequenos fígados através de engenharia genética utilizando células da pele humanas, e em seguida os transplantaram com sucesso em …

Governo alemão anuncia pacote de estímulo de 130 bilhões de euros

Merkel afirma que resposta "corajosa" é necessária para impulsionar a economia do país, abalada pela pandemia de covid-19. Medidas anunciadas incluem auxílios à indústria e às famílias e incentivos ao consumo. Os partidos que integram a …