Campanha mundial por pessoas com deficiência é lançada em Tóquio

Uma campanha global em favor de 1,2 bilhão de pessoas com deficiência no mundo foi lançada na quinta-feira (19) sob a liderança do Comitê Paralímpico Internacional (IPC), apoiado por uma ampla gama de organizações internacionais. Um primeiro caso de Covid-19 foi registrado na Vila Paralímpica, segundo os organizadores dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, a menos de uma semana do início do evento, em um momento de alta dos contágios no Japão.

Batizada de #WeThe15 (“Nós, os 15”), a campanha internacional pretende ser “o maior movimento de direitos humanos” de todos os tempos, representando 15% da população mundial com deficiência, segundo dados das Nações Unidas. Reunindo organizações do mundo do esporte, dos direitos humanos e das artes e apoiada por empresas, a campanha é lançada a menos de uma semana antes da abertura dos Jogos Paraolímpicos em Tóquio (24 de agosto a 5 de setembro).

Achamos que isso será uma verdadeira virada de jogo“, disse o presidente do IPC, Andrew Parsons, à AFP. “As Paraolimpíadas de Tóquio podem ser uma plataforma para isso. É incrível.”

Mais de 125 monumentos ao redor do mundo, do Empire State Building, em Nova York, ao Coliseu de Roma, passando pelo palácio presidencial do Eliseu, em Paris, e pelo Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, serão iluminados na cor roxa adotada por WeThe15, que é inspirada por outros movimentos de direitos humanos como Black Lives Matter ou #MeToo.

“Queremos colocar a deficiência no centro da agenda de inclusão”, disse o porta-voz do IPC, Craig Spence. “Houve muito progresso nos últimos anos em termos de diversidade racial, sexual e de gênero. Mas a deficiência foi esquecida, apesar de estar na encruzilhada dessas três áreas.”

A campanha será veiculada nas redes sociais e apoiada por celebridades como o ex-jogador de futebol inglês David Beckham ou a diva da televisão americana Oprah Winfrey. Os Jogos Invictus, uma competição para soldados feridos e com deficiência lançada por iniciativa do príncipe Harry, também estão envolvidos.

Uma década de apoio

A campanha terá a duração de dez anos, sendo cada ano dedicado a um aspecto diferente da discriminação contra as pessoas com deficiência, incluindo emprego e educação. Os Jogos Paralímpicos são uma força promotora da inclusão e de chamar a atenção para a discriminação, segundo os organizadores, que esperam que o evento seja visto por “mais de quatro bilhões” de telespectadores em todo o mundo.

O evento paralímpico em Londres em 2012 teria mudado “a atitude de uma em cada três pessoas em relação à deficiência” na Grã-Bretanha, de acordo com Spence. Ele cita números que mostram que, seis anos após os Jogos de Londres, mais um milhão de pessoas com deficiência estavam empregadas. “Os Jogos Paraolímpicos claramente tiveram um impacto sobre isso.”

Caso positivo na Vila Paralímpica

Uma pessoa relacionada com os Jogos, mas que não mora no Japão, foi testada positivo para a Covid-19, informou o comitê organizador, que não revelou mais detalhes. Assim como nos Jogos Olímpicos, os eventos paralímpicos não terão público.

Até o momento, os organizadores registram 74 casos de Covid-19 vinculados aos Jogos Paralímpicos, que acontecerão de 24 de agosto a 5 de setembro. A maioria dos casos é de funcionários e pessoas contratadas residentes no Japão.

Outros seis casos foram detectados por municípios que recebem delegações paralímpicas que estão treinando antes da competição. Mas até agora não havia sido registrado nenhum caso na vila paralímpica. Os alojamentos dos atletas dos Jogos de Tóquio foram construídos na orla de Harumi. As unidades serão depois vendidas como apartamentos residenciais.

O comitê organizador dos Jogos Olímpicos, encerrados em 8 de agosto, consideram que conseguiram impedir uma propagação importante das infecções graças às medidas sanitárias rígidas.

O balanço inclui 546 casos de Covid-19 vinculados aos Jogos Olímpicos. Porém, alguns especialistas apontaram que a celebração dos Jogos foi uma contradição com a mensagem do governo sobre a situação da saúde e que contribuiu para o aumento das infecções no país.

Os casos diários de Covid-19, que não param de aumentar no arquipélago, bateram um novo recorde na quarta-feira com quase 24.000 contágios. Diante da nova onda, o estado de emergência em vigor em parte do Japão desde julho foi prolongado até 12 de setembro e ampliado a 13 departamentos, incluindo Tóquio.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …