Catalunha escolhe novo governo após destituição de líder separatista

calbenido / Flickr

Bandeira da Catalunha

As urnas abriram nesta quinta-feira (21) na Catalunha com uma grande participação de eleitores desde a abertura das seções. Eleições são importantíssimas para o futuro da região, imersa em um profundo debate entre partidários e contrários à independência.

Os centros de votação estarão abertos desde as 9h (6h em Brasília) e ficam abertos até as 20h (17h em Brasília) para que 5.554.395 catalães possam escolher os 135 deputados que compõem o parlamento regional entre um total de 38 candidaturas.

Segundo as pesquisas, espera-se uma participação em massa, superior a 80%, apesar das eleições serem realizadas em um dia de trabalho, algo que não acontecia na Espanha desde as eleições gerais de 1982.

Estas eleições têm um caráter excepcional, já que foram convocadas pelo governo espanhol após destituir o Executivo regional após a declaração ilegal de independência da Catalunha do passado 27 de outubro.

Além disso, os cabeças de lista dos dois principais partidos independentistas, o ex-presidente catalão Carles Puigdemont e seu ex-vice-presidente Oriol Junqueras, vivem este dia de maneira incomum.

Puigdemont fugiu para a Bélgica para não responder perante a justiça espanhola pelo seu envolvimento no processo separatista e não se registrou no consulado espanhol para poder votar no exterior, pelo que “cedeu” seu voto a uma jovem de 18 anos.

Junqueras votou pelo correio da prisão de Estremera, em Madri, onde se encontra desde o dia 2 de novembro, investigado por rebelião, sedição e desvio de fundos.

Esta é a quarta vez em sete anos que os catalães realizam eleições regionais, após as de 2010, 2012 e 2015, exemplo da instabilidade política vivida pela região, marcada pelo debate independentista dos últimos tempos.

Partidos unionistas tentam “roubar” maioria aos independentistas

As últimas pesquisas revelam um empate técnico entre os dois blocos sem que nenhum consiga a maioria, mas o aumento da taxa de participação e a transferência de votos dentro de cada bloco torna o resultado imprevisível.

O partido constitucionalista de direita liberal Cidadãos e os independentistas da Esquerda Republicana (ERC) parecem se destacar na luta pela vitória, apesar de estarem muito longe da maioria absoluta e obrigados a negociar coligações muito difíceis.

A campanha eleitoral foi caracterizada pela ausência de vários candidatos suspeitos de delitos de rebelião, sedição e peculato: alguns detidos preventivamente, como o vice-presidente do governo regional anterior, Oriol Junqueras, outros refugiados na Bélgica, como o ex-presidente do governo regional, Carles Puigdemont.

Puigdemont fez campanha eleitoral ao vivo por videoconferência apresentando-se como o presidente ainda em funções do executivo regional e como refugiado político em Bruxelas.

Os partidos separatistas ganharam as últimas eleições regionais, em 2015, com 72 deputados num total de 135 no parlamento regional, o que permitiu a eles formar um governo que organizou um referendo de autodeterminação no dia 1º de outubro, que foi considerado ilegal pelo Estado espanhol.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Companhia aérea adota copos comestíveis para substituir descartáveis

A redução do uso de plástico como medida de combate à poluição é necessidade urgente e, ainda que cada um de nós seja parte desse destrutivo consumo, é sabido que a diferença se dá de …

Senado votará pacote anticrime nesta quarta-feira, diz Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que vai pautar para esta quarta-feira (11) a votação do pacote anticrime. O projeto foi aprovado na semana passada pela Câmara dos Deputados e passou nesta terça-feira (10) …

Vacina contra gastroenterite pode ser eficaz contra câncer, mostra pesquisa

O estudo, realizado por um grupo de cientistas franceses do Centro de Pesquisa em Cancerologia de Lyon, mostrou que a vacina usada para prevenir a gastroenterite em crianças pode provocar a morte de células cancerígenas …

Famosa na internet, a falecida gata Lil Bub terá suas cinzas enviadas ao espaço

Visitar pessoalmente o espaço sideral é uma oportunidade que pouquíssimas pessoas têm em vida, mas enviar suas cinzas ao espaço pode se tornar uma nova forma de passar a eternidade entre as estrelas. E, assim …

Câmara dos EUA formaliza acusações contra Trump

Democratas dizem ter provas suficientes para acusar o presidente americano de abuso de poder e obstrução do Congresso. Votação sobre o impeachment no plenário da Câmara deve ocorrer na próxima semana. Congressistas democratas na Câmara dos …

Cientistas criam pele artificial que é flexível se cura como a de verdade

Cientistas da Universidade Nacional da Austrália criaram um hidrogel que funciona como a pele de verdade, com a mesma força e durabilidade. “Com a química especial que desenvolvemos no hidrogel, ele pode se reparar após ser …

Putin e Zelenski anunciam cessar-fogo na Ucrânia

Em cúpula em Paris, presidentes concordam em retomar processo de paz e prometem troca de todos os prisioneiros até o fim deste ano. Apesar de avanços, divergências sobre eleições em regiões separatistas permanecem. Os presidentes ucraniano, …

Aung San Suu Kyi vai defender Mianmar na ONU de acusações de genocídio

A prêmio Nobel da Paz defenderá seu país das acusações de genocídio da minoria muçulmana rohingya no tribunal internacional da ONU, em Haia. A Corte Penal Internacional (CPI) autorizou em novembro que Mianmar, antiga Birmânia, seja …

Em meio a "emergência climática", UE aposta em Acordo Verde

Com a UE prestes a fracassar em suas metas de redução de CO2 até 2030, todos os olhos se voltam para os planos de longo prazo da Comissão Europeia para combater a mudança climática. A nova …

Kim Jong-un "tem tudo a perder" se agir de maneira hostil, diz Trump

O presidente americano Donald Trump também disse neste domingo (8) que a Coreia do Norte tem potencial econômico, mas deve manter "boas relações" com os Estados Unidos. A mensagem de Trump foi publicada no Twitter …