Celular pode ouvir o que você assiste na televisão

E se os seus hábitos televisivos estivessem sendo escutados pelo seu celular? Há mais de duzentos aplicativos móveis que fazem uso do microfone no smartphone para identificar séries, filmes e programas televisivos mais vistos pelos usuários.

A Alphonso, startup indiana que desenvolveu a tecnologia, reúne a informação para a vender posteriormente a publicitários. O curioso é que este programa funciona mesmo quando o aplicativo não está sendo utilizada.

Há perto de 250 aplicativos na loja online do Google usando o Alphonso, e uma pesquisa na App Store mostrou que algumas estão também disponíveis para iOS.

De acordo com o New York Times, a maior parte dos aplicativos são jogos, muitos dos quais destinados a crianças, como o Doodle Flip ou o Rat Rescue. Segundo a informação que consta no site da startup, a tecnologia está presente em mais de 40 milhões de “televisões inteligentes, boxes e dispositivos móveis” no total.

O objetivo da tecnologia, segundo o Público, é identificar as séries, filmes e programas televisivos mais vistos por cada pessoa para que os aplicativos móveis consigam apresentar conteúdo publicitário personalizado, de acordo com os gostos e preferências pessoais de cada um.

Segundo consta na política de privacidade publicada no site da empresa, “a Alphonso apenas recebe pequenas amostras de áudio do microfone do dispositivo em que o app está instalado se o usuário concordar“. No entanto, realça o Público, são feitas poucas perguntas aos utilizadores.

Mas como funciona a autorização? Esta surge quando um aplicativo móvel que use o sistema da Alphonso é instalada. Primeiro, parte-se do pressuposto de que o usuário leu a descrição completa do app na loja online do Google. “O aplicativo vem integrado com o Sistema de Reconhecimento de Conteúdo da Alphonso (ACR)”, lê-se.

Depois de instalada, o app pergunta ao usuário se pode gravar o áudio e, em caso de resposta afirmativa, o dispositivo passa a conseguir acessar o microfone do aparelho.

O reconhecimento do áudio é feito pela Shazam, aplicação para smartphones capaz de reconhecer conteúdo de áudio. No entanto, segundo a empresa, o sistema não reconhece conversas humanas ou som ambiente.

O problema reside no fato de muitos consumidores não saberem sobre a autorização. “Parece um pouco de especulação ligar o microfone através aplicativos instalados em 50 mil dispositivos e esperar que o Shazam reconheça”, diz Justin Brookman, diretor de política de privacidade da Consumers Union, organização dos direitos dos consumidores nos EUA.

“Ainda assim, é bom clarificar estes tipos de modelos e tecnologias dúbias antes que fiquem mais sofisticadas”, refere.

Através das definições do smartphone, é possível saber se ele tem este tipo de funcionalidades instaladas. Se um determinado aplicativo autoriza o uso do microfone e não é um app de mensagens, voz ou um jogo que necessite dele, então pode estar sendo utilizado para fins publicitários.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA vão fornecer 20 milhões de vacinas contra Covid-19 para outros países

Os Estados Unidos fornecerão 20 milhões de doses adicionais de vacinas contra a Covid-19 para outros países até o final de junho, elevando o total destinado ao exterior para 80 milhões de doses. O …

Demi Lovato vai comandar programa de TV investigativo sobre OVNIs

A atriz e cantora Demi Lovato está prestes a se aventurar em um desafio de outro mundo. A artista anunciou na última semana a sua participação em uma série limitada para a plataforma de streaming …

CPI da Covid: como 'isolamento vertical' pode virar arma contra Bolsonaro

Uma das linhas de investigação da CPI da Covid apura se o governo federal adotou a estratégia da imunidade de rebanho, ou seja, a obtenção da imunidade coletiva por meio da infecção da população, no …

Astrônomos continuam encontrando inexplicáveis anéis circulares misteriosos no céu

Nos últimos anos, astrônomos avistaram vários objetos de rádio gigantescos e quase perfeitamente circulares no universo distante. Embora ninguém tenha uma explicação para essas entidades misteriosas ainda, uma equipe adicionou recentemente outra ao seu catálogo, …

Conflito tem seu dia mais sangrento em Gaza

Bombardeios israelenses deixam pelo menos 42 palestinos mortos e elevam total de vítimas a 188. Netanyahu diz que ataques continuarão. Sem um cessar-fogo à vista, o atual conflito entre Israel e Hamas teve neste domingo (16/05) …

Apple é acusada de enganar usuários através de aplicativos fraudulentos na App Store

A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store. Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos …

Chile escolhe representantes para elaborar nova Constituição

O domingo foi o último dia de votação no Chile para a escolha dos redatores da nova Constituição do país. Os 155 representantes eleitos terão a tarefa de mudar o texto herdado da ditadura. …

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …