Cibercriminosos tentam imitar Zoom, Google Meet e até OMS para aplicar golpes

Os golpes de phishing continuam sendo a principal e mais lucrativa artimanha dos cibercriminosos para roubar dados e disseminar malwares.

Um novo relatório da Check Point, empresa especializada em segurança da informação, apontou para a detecção de nada menos do que 192 mil ataques relacionados ao coronavírus por semana entre o final de abril e o começo de maio, com bandidos tentando se passar por serviços de teleconferência e até pela Organização Mundial de Saúde para enganar as vítimas.

Os e-mails fraudulentos são acompanhados de URLs igualmente perigosas, simulando a aparência e os endereços reais de serviços como Zoom, Microsoft Teams e Google Meet. Na maioria dos casos, as tentativas vêm disfarçadas de convites para reuniões ou eventos online, com links que levam às páginas falsas ou diretamente ao download de malwares.

Segundo os dados da Check Point, desde janeiro deste ano, mais de 6,5 mil domínios ligados ao Zoom foram registrados globalmente, sendo 2,5 mil apenas entre o final de abril e início de maio. Desta nova leva, a empresa detectou ataques ligados a 32 deles, com outros 13% do total, ou cerca de 320, sendo considerados suspeitos.

A discrepância entre o número de URLs e sua utilização também está relacionada a uma visão de futuro, já que na medida em que os endereços vão sendo identificados como maliciosos, acabam substituídos por outros de forma a escapar da detecção.

O mesmo também vale para a Organização Mundial de Saúde, cujas tentativas de golpes estão, claro, diretamente ligadas ao coronavírus. Os e-mails de phishing se relacionam a informativos falsos contendo, por exemplo, a notícia de que os testes humanos de uma vacina estariam começando, avisos para que o usuário se registre para receber apoios financeiros no momento da crise e até convites para que os alvos participem de pesquisas ou experimentos relacionados a medicamentos ou tratamentos para a COVID-19.

Pedidos de doações em criptomoedas também são feitos, com os fundos sendo direcionados às carteiras digitais de golpistas.

Em todos os casos, o principal meio de detectar a existência de uma fraude desse tipo é prestar atenção nas URLs usadas, que nunca corresponderão com as oficiais. Elas podem conter caracteres trocados, como um “I maiúsculo” no lugar do “l minúsculo”, numerais que parecem letras ou erros de digitação propositais que podem passar despercebidos em uma primeira olhada.

A atenção, aliás, é o principal método indicado pelos especialistas para se manter seguro. Como dito, o uso de termos parecidos, grafias diferentes e URLs que não correspondem às oficiais são o principal caminho usado pelos hackers e, da mesma maneira, também a melhor maneira de se manter seguro contra os ataques. Erros de digitação ou ortografia em e-mails também podem denunciar convites falsos.

Além disso, valem as dicas de sempre. Os usuários devem tomar cuidado com links para downloads recebidos por e-mail ou mensageiros instantâneos, mesmo que eles venham de contatos conhecidos ou fontes aparentemente seguras. O ideal é não baixar nada que venha por esses meios e acessar páginas oficiais de organizações e plataformas caso acredite que a comunicação é legítima, mas não tenha certeza disso.

Ainda, ofertas mirabolantes devem ser descartadas. Não existe governo no mundo, muito menos a OMS, dando milhares de dólares em auxílio emergencial, enquanto uma cura para o novo coronavírus, infelizmente, não existe.

Descarte qualquer comunicação nesse sentido e mantenha softwares de segurança instalados e atualizados para ajudar na detecção de pragas virtuais.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo indica razão bizarra para a existência de barba nos homens

Humanos são bastante diferentes dos outros grandes primatas no que se refere ao pelo corporal: de forma geral temos bem menos que eles, especialmente as mulheres. Os homens, por outro lado, conseguem produzir uma barba longa, …

EUA querem fechar brecha em regra que bloqueia fornecimento de chips para Huawei

Reguladores dos EUA querem fechar uma brecha na nova regra que bloqueia o fornecimento global de chips para a Huawei. Recentemente, a fabricante chinesa também teve a sua presença prorrogada por mais um ano na …

Objetos escondidos por prisioneiros são descobertos em Auschwitz

Talheres e outros itens encontrados num duto de chaminé de um dos blocos daquele que foi o maior campo de extermínio nazista podem revelar detalhes sobre a vida no local, onde mais de um milhão …

Troca de ministros é exemplo de 'simplificação da política' de Bolsonaro

Constantes mudanças de ministro feitas por Jair Bolsonaro têm "impacto político importante", mas "simplificação da política" praticada pelo presidente o "mantém no cargo", disse sociólogo à Sputnik Brasil. Para Dario Sousa e Silva, professor da Universidade …

Pinguins fazem tour exclusivo em museu fechado por causa do coronavírus

Por todo o mundo a pandemia do novo coronavírus e a quarentena fecharam as portas dos museus, deixando as obras de arte solitárias nos corredores esvaziados das instituições, que já há meses não recebem visitantes. Enquanto …

Esse pode ser o único sintoma de Covid-19 em alguns pacientes

De acordo com publicação da Universidade de Utah, o coronavírus pode causar conjuntivite em casos raros e não parece ser o único sintoma de Covid-19, sendo acompanhada de febre, tosse e falta de ar. Mas …

Spotify reforça ambição de expandir para além do streaming de música

O Spotify teve uma alta em suas ações nessa terça-feira (19), depois de anunciar que terá, com exclusividade, um dos maiores podcasters do mundo na sua plataforma. "The Joe Rogan Experience", um podcast no estilo …

Israel é alvo de ciberataques generalizados

Vários websites de Israel foram atingidos nesta quinta-feira (21) por um ataque cibernético coordenado, com suas páginas principais sendo substituídas por imagens da capital, Tel Aviv, e de outras cidades israelenses em chamas. De acordo com …

Para imprensa europeia, cloroquina se tornou "arma política" no Brasil

A imprensa europeia demonstra surpresa e preocupação com a decisão do governo brasileiro de ampliar o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina para o tratamento de doentes com sintomas leves do coronavírus no SUS. Sites de …

STF libera vídeo de reunião com Moro e Bolsonaro

O ministro Celso de Mello do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu liberar nesta sexta-feira (22/05) a íntegra do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril mencionada pelo ex-ministro da Justiça Sergio Moro, logo …