Arqueólogos descobrem anfiteatro perdido em local sagrado da Terra Santa

Abir Sultan / EPA

Local está totalmente preservado, apesar de ter sido criado há pelo menos 1,8 mil anos

Arqueólogos israelenses anunciaram uma descoberta histórica num dos lugares mais sagrados, emblemáticos e disputados da Terra Santa: um anfiteatro romano de mais de 1,8 mil anos de idade, oito metros abaixo do famoso Muro das Lamentações.

As escavações também expuseram mais um pedaço do Muro em si, que estava encoberto havia pelo menos 1,7 mil anos – soterrado provavelmente por um terremoto.

O Muro das Lamentações, visitado por mais de 3 milhões de pessoas por ano, na Cidade Velha de Jerusalém, é considerado o ponto mais sagrado para o judaísmo, mas também é reverenciado por cristãos e o terceiro local mais sagrado para os muçulmanos. Fica adjacente à Esplanada das Mesquitas, ou Monte do Templo, para os judeus.

As escavações israelenses na Cidade Velha são criticadas pelos palestinos, já que toda essa área esteve sob controle jordaniano até 1967, quando passou a mãos israelenses durante a Guerra dos Seis Dias.

A disputa por Jerusalém é um dos pontos nevrálgicos do conflito entre israelenses e palestinos.  Os palestinos afirmam que toda a parte Oriental de Jerusalém, onde fica a Cidade Velha, ocupada por Israel, pertence a eles como parte de um Estado palestino independente.

Para os israelenses, a Cidade Velha e Jerusalém Oriental são parte indivisível de Israel, tendo sido anexada por lei em 1980. Eles dizem que a cidade nunca fez parte de qualquer nação moderna, já que os jordanianos também haviam ocupado sua parte Oriental depois da Guerra de 1948-49, depois de três décadas sob administração britânica.

ingmar / Flickr

Escavações na Cidade Velha de Jerusalém causam polêmica com palestinos, que reivindicam a região como parte de seu Estado

Mistério finalmente solucionado

O Muro é que o restou da muralha de contenção da estrutura construída por Herodes, que reinou na Judeia de 37 a.C. até 4 d.C., para sustentar o Segundo Templo judaico, destruído pelos romanos em 70 d.C. Hoje, no mesmo ponto, está o Santuário da Rocha, ou Al-Haram Al-Sharif, com sua famosa cúpula dourada.

Oito níveis do Muro das Lamentações foram desenterrados pelos arqueólogos. Estavam totalmente preservados, apesar de terem passado milênios soterrados. O trecho fica abaixo do chamado “Arco de Wilson“, localizado no canto esquerdo do atual Muro conhecido pelos turistas.

O “Arco de Wilson” era uma das passagens pelas quais, na época de Jesus Cristo, há 2 mil anos, moradores de Jerusalém e visitantes podiam subir até o Monte do Templo. Originalmente, tinha 13 metros de altura.

O anfiteatro romano com 200 assentos, pequeno em comparação com outros da região, como em Cesareia, foi descoberto próximo ao Muro, confirmando os relatos de historiadores da época, como Flávio Josefo (37 d.C.-100 d.C.), de que havia uma construção como essa adjacente à muralha.

Também foram desencavados vasos de cerâmica, moedas e elementos arquitetônicos.

As primeiras escavações arqueológicas no local foram feitas no século 19 – em 1864, o arqueólogo britânico Charles William Wilson descobriu o arco que leva seu nome.

Mas Wilson não conseguiu revelar o anfiteatro que era descrito por historiadores como Flávio Josefo e por fontes do período pós-destruição do Segundo Templo, época em que os romanos trocaram o nome de Jerusalém para Aelia Capitolina.

Outro detalhe interessante é o fato de que, segundo os arqueólogos, o pequeno anfiteatro, do tipo que os romanos chamavam de “odeon”, nunca foi terminado, e a construção foi abandonada por algum motivo, talvez por causa da revolta judaica de Bar Kochba (132 a 135 d.C).

“Da perspectiva dos pesquisadores, é uma descoberta sensacional, uma verdadeira surpresa”, diz o arqueólogo Joe Uziel, da Autoridade de Antiguidades de Israel. “Nosso objetivo era datar o Arco de Wilson, mas não poderíamos imaginar que solucionaríamos um dos maiores mistérios de Jerusalém: o anfiteatro perdido.”

Ciberia // BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …

Governo brasileiro publica portaria sobre aborto retirando obrigatoriedade de informar polícia

Nova portaria publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial retira a obrigatoriedade de que a polícia seja avisada sobre a realização de abortos previstos em lei. O texto é assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. …

Asteroide passa ‘raspando’ pela Terra e chega mais perto de nós do que satélites de TV

Por pouco não tivemos a ‘visita‘ de um asteroide na manhã desta quinta-feira (24). O evento era, basicamente, a cereja do bolo do que está sendo o anos de 2020. Quase! O objeto, chamado de ‘2020 …

Sarcófago de 'supervisor dos tronos' é desenterrado no Egito

Um sarcófago de pedra calcária e várias estatuetas funerárias ushebti foram descobertas na cidade egípcia de Minya, por uma missão arqueológica do país, liderada por Mostafa al-Waziry, o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do …

Trump não se compromete com transferência pacífica de poder

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recusou-se a se comprometer com uma transferência pacífica de poder caso seja derrotado na eleição presidencial de 3 de novembro. "Vamos ver o que vai acontecer", disse Trump, ao …

TikTok impõe restrições em anúncios de emagrecimento para combater gordofobia

O TikTok anunciou nesta quarta-feira (23) uma série de novas regras que restringem a veiculação de anúncios de aplicativos e suprimentos de emagrecimento dentro da plataforma. Segundo o comunicado oficial da rede social, o objetivo das …

Volkswagen vai indenizar ex-trabalhadores que denunciaram ditadura militar no Brasil

A subsidiária da montadora alemã Volkswagen anunciou que vai indenizar ex-trabalhadores por violações de direitos humanos no Brasil. Como reconhecido pela própria empresa, seus serviços de segurança interna colaboraram com a ditadura militar brasileira …