Cientistas rejuvenescem ratos idosos com sangue humano

U.S. Navy / Wikimedia

-

Um grupo de cientistas injetou sangue de adolescentes em ratos idosos, melhorando sua memória, cognição e atividade física. Esta descoberta pode ser uma boa notícia para as pessoas que sofrem de doenças degenerativas, como o Alzheimer.

“O método tem potencial para ser utilizado num tratamento para as pessoas”, diz Sakura Minami, pesquisadora da Alkahest, uma empresa líder mundial em terapias de plasma.

Várias pesquisas anteriores revelaram que a partilha de sangue entre ratos idosos e ratos jovens tem um efeito interessante: os animais jovens mostram sinais de envelhecimento cerebral, enquanto o cérebro, o fígado e coração dos roedores mais velhos começam a rejuvenescer.

Para descobrir se o plasma sanguíneo de jovens poderia ter os mesmos benefícios, Sakura Minami e sua equipa recolheram amostras de sangue de humanos com 18 anos de idade, que posteriormente injetaram em ratos com 12 meses.

Quando um rato completa um ano de idade, o equivalente a 50 anos em humanos, o animal começa a mostrar sinais de envelhecimento, tais como a má memória e diminuição da atividade física.

No entanto, quando injetados com sangue humano, os animais começaram a comportar-se como ratos mais jovens, mostrando melhorias em vários aspetos.

Os pesquisadores colocaram os ratos tratados num dispositivo chamado Labirinto Barnes, uma ferramenta usada para medir a aprendizagem e a memória dos roedores.

Devido à fraca memória, ratos mais velhos tendem a não conseguir se movimentar no labirinto, mas depois de serem injetados com sangue humano realizaram a tarefa como os ratos jovens.

“É mais ou menos o que esperávamos. O sangue dos jovens deve ter algo que é importante para os manter jovens”, afirmou Victoria Bolotina, da Universidade de Boston, citada pela New Scientist.

Os cientistas procuraram pistas sobre a formação de novos neurônios no cérebro – um processo chamado neurogênese, que é importante para a memória e aprendizagem – e descobriram a criação de novas células nos cérebros dos ratos injetados com o sangue humano.

A pesquisadora Sakura Minami diz ter identificado alguns fatores no sangue jovem que podem ser responsáveis por estes benefícios, mas por enquanto não pode revelá-los.

O método foi apresentado na reunião anual da Sociedade de Neurociência na Califórnia, nos EUA, e já está sendo testado em pessoas com Alzheimer.

BZR, ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …