Exército de “ratos vampiros” noturnos dizima albatrozes havaianos

USFWS

Os roedores já mataram mais de mil aves e expulsaram um grande número dos ninhos

Milhares de albatrozes foram violentamente atacados por “ratos vampiros” na ilha de Sand, no arquipélago do Havaí, nos Estados Unidos.

De acordo com o Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos EUA, as aves fazem ninhos na ilha há décadas. No entanto, em 2015, os voluntários da organização começaram a notar algo realmente estranho: os albatrozes tinham ferimentos nas cabeças, patas e caudas.

Para resolver o mistério, os biólogos instalaram câmeras perto dos ninhos e as gravações que obtiveram os deixaram ainda mais perplexos.

As imagens revelavam que eram ratos – e não predadores maiores como falcões ou corujas, como os biólogos pensavam – que feriram as aves. Todas as noites, os ratos se aproximavam dos albatrozes e bebiam seu sangue.

De acordo com as estimativas do Serviço de Pesca e Vida Selvagem, os roedores já mataram mais de mil aves e expulsaram um grande número dos ninhos.

Mas qual é a razão do fenômeno?

De acordo com a explicação dos especialistas, os ratos coabitaram pacificamente a ilha durante 75 anos. “Nunca esperamos que isso acontecesse”, disse o biólogo Matt Brown. Em poucos anos, os ataques se espalharam para além de “pequenos incidentes”, levando à morte de, pelo menos, mil albatrozes adultos e ferindo inúmeros outros.

Enquanto esperam pela confirmação do motivo, os biólogos avançam com uma hipótese tirada de um filme de terror: os ataques foram provocados pela seca que há vários anos afetou a região.

Devido à escassez de água, os ratos foram obrigados a beber sangue. Por sua vez, os albatrozes, vítimas de uma particularidade que os torna especialmente vulneráveis aos ataques, não podem abandonar os ninhos enquanto estão chocando os ovos.

Os ratos aproveitaram para explorar outra fraqueza na defesa dos albatrozes: atacaram por trás, onde o poderoso bico da ave não consegue alcançá-los. Se os ratos tentassem o ataque pela frente, “não teriam a menor chance”, explicou o biólogo.

“Os ratos estavam à procura de uma fonte líquida, por isso acabaram por beber sangue”, explicou um dos biólogos. A mesma fonte acrescentou que os ataques poderiam ter se espalhado porque os roedores foram aprendendo uns com os outros.

Atualmente, os biólogos locais tentam diminuir a população de ratos na ilha.

Ciberia // Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ausência nas eleições poderá ser justificada pelo celular

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou nesta quarta-feira (30) que a justificativa de ausência nas próximas eleições - cujas votações ocorrerão em 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno) - poderá …

"Mafalda" perde seu criador, Quino, aos 88 anos

O criador de Mafalda, o cartunista argentino Quino, morreu aos 88 anos. O icônico ilustrador e humorista marcou a vida argentina e do mundo todo com a criação da pequena menina com grandes ideias que …

Muito além de Netuno: objeto binário choca cientistas por ter partes orbitando muito perto

Um objeto transnetuniano (TNO, na sigla em inglês) binário foi detectado por uma rede de observação nos EUA. Objetos transnetunianos consistem em pequenos corpos gelados que orbitam o Sol a uma distância longínqua, para além …

Acusados de financiar terrorismo na Síria com bitcoins são detidos na França

A Procuradoria Nacional Antiterrorista (PNAT) da França anunciou a detenção nesta terça-feira (29) de 29 pessoas acusadas de transferir recursos a jihadistas na Síria graças a um circuito sofisticado no qual foram utilizadas criptomoedas. A …

Donald Trump e Joe Biden travam debate caótico

Xingamentos e interrupções marcam primeiro duelo direto. Trump se recusa a condenar racistas, e Biden chama presidente de palhaço e mentiroso. Democrata sinaliza que pretende retaliar Brasil por devastação ambiental. Faltando pouco mais de um mês …

Flight Simulator tem um bug com buraco bizarro no mapa do Brasil

Vejam só: encontraram um bug respeitável na edição 2020 de Flight Simulator, o respeitado simulador de voo da Microsoft. E, para o nosso orgulho, a falha se localiza especificamente no Brasil. Se você sobrevoar as coordenadas …

Médica fez viagem institucional para impedir aborto de criança vítima de estupro e Damares teria atuado nos bastidores

Uma reportagem da Folha de São Paulo afirmou que uma das médicas que trabalhou para impedir o aborto legal de uma criança de 10 anos que foi estuprada em São Mateus, ES, confessou, em entrevista, …

COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas

Óleo natural feito a partir do fígado dos tubarões é um componente-chave entre os ingredientes utilizados por vários candidatos a vacina contra a COVID-19. A Shark Allies, uma organização de defesa aos tubarões, da Califórnia, EUA, …

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …