Cientistas revertem cegueira em ratos

Dreamworks

Shrek the Third, Three Blind Mice

Cientistas da Universidade de Oxford conseguiram reverter em ratos a cegueira provocada pela retinose pigmentar. Um ano após o tratamento, eles se localizaram melhor no ambiente em que estavam e até conseguiram reconhecer objetos.

A retinose pigmentar é a causa de cegueira mais comum entre os jovens. Atinge 1 em cada 4 mil pessoas no planeta e era tida como irreversível. Graças à terapia genética, foi possível reprogramar as células da visão que sobraram e aumentar a sensibilidade dos olhos das cobaias à luz. O estudo foi publicado no jornal PNAS.

Os cientistas esperam que a técnica sirva para recuperar pacientes em estágios terminais de perda de visão.

“Os efeitos da retinose pigmentar para as famílias que têm de conviver com essa doença é devastador, e nós gastamos vários anos trabalhando em novas formas de reduzir as perdas e começar a restaurar sua visão”, explicou Robert MacLaren, professor da Universidade de Oxford.

“Essa nova técnica é promissora porque, ao usar uma proteína humana que está presente no próprio olho reduzimos as chances de causar uma resposta imune no organismo”, acrescenta o pesquisador. Mesmo com a morte dos fotoreceptores as outras células da retina que não são sensíveis à luz permanecem intactas.

Foi daí que os pesquisadores estimularam essas células a “copiarem” a habilidade das irmãs falecidas. Eles injetaram na retina das cobaias um vírus modificado, encarregado de despejar um de seus genes dentro das células remanescentes. Esse gene permitiu às sobreviventes começarem a expressar a melanopsina, proteína sensível à luz.

Assim, as células se tornaram capazes de responder aos estímulos visuais e a repassá-los ao cérebro, o que fez recuperar a visão dos ratos cegos. Os roedores melhoraram significativamente sua resposta a estímulos visuais.

Eles se tornaram mais capazes de reconhecer objetos em seu ambiente e ficaram mais atentos aos seus arredores, em comparação a ratos cegos que não passaram pelo tratamento.

“Há um grande número de pacientes nessa situação, e a possibilidade de devolver a eles ao menos parte dessa função – usando um procedimento genético simples – é animadora”, contou Samantha de Silva, que liderou o estudo. “Nosso próximo passo será dar início aos testes clínicos com pacientes humanos”, completa.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Investigação revela terras protegidas da Amazônia à venda no Facebook

Pessoas que invadem e desmatam ilegalmente trechos da Floresta Amazônica estão anunciando as áreas no Facebook em busca de compradores. Uma investigação da BBC encontrou na plataforma dezenas de anúncios em que vendedores negociam pedaços da …

Primeiro ataque militar da era Biden mata pelo menos 17 no leste da Síria

Os Estados Unidos atacaram, nesta quinta-feira (25), infraestruturas utilizadas pelas milícias pro-iranianas no nordeste da Síria, deixando 17 mortos. Esta é a primeira operação militar organizada pelo governo de Joe Biden. A ação é …

Tiranossauros jovens impediram o desenvolvimento de espécies menores, diz estudo

A pesquisa demonstrou que grandes dinossauros, como o T-rex, que cresceram de um pequeno tamanho até se tornarem criaturas enormes, modificaram seus ecossistemas ao competirem com espécies rivais menores. Um estudo publicado nesta sexta-feira (26), no …

UE quer passaporte para vacinados até meio do ano

A União Europeia quer estabelecer um sistema de passaportes para vacinados contra covid-19 ainda antes de suas férias de verão, no meio do ano. O setor turístico é fundamental para várias economias do bloco, sobretudo …

Facebook encerra contas do exército birmanês devido ao recurso à violência

A rede Facebook anunciou hoje em comunicado ter encerrado as contas vinculadas à junta militar birmanesa devido ao uso da "violência mortífera" contra os manifestantes que têm protestado contra o golpe militar perpetrado no …

Malcolm X: carta indica plano do FBI e polícia de NY para assassinar líder negro

Morto em 1965, aos 39 anos, em Nova York, o ativista negro norte-americano Malcolm X não teve, até hoje, o assassinato totalmente esclarecido. Contudo, o surgimento recente de uma carta aponta para uma possível conspiração entre …

NVIDIA e Stefanini anunciam que desenvolverão Inteligência Artificial no Brasil

A Nvidia Enterprise e a Woopi, empresa do Grupo Stefanini focada em Inteligência Artificial (IA) anunciaram nesta quarta-feira (24) uma parceria para desenvolver soluções de IA e processamento de linguagem natural. E o primeiro projeto …

250 mil mortos por covid no Brasil: o que significa esse número

O Brasil acumula um quarto de milhão de mortes por covid-19, às vésperas de se completar um ano desde o primeiro caso de coronavírus ter sido identificado no país. Segundo as contas do consórcio de imprensa …

Na diplomacia das vacinas, Israel troca imunizante por reconhecimento de Jerusalém como capital

No combate à Covid-19, Israel é exemplo mundial. A metade da população do Estado hebreu já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus e um terço está completamente imunizada, com as …

"Subestimar Rússia de Putin é sempre um erro", diz indicado de Biden para chefiar CIA

Nesta quarta-feira (24), William Burns, o indicado do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para o cargo de diretor da CIA, disse que subestimar a Rússia é sempre um erro e acusou a China de …