Cobra bebê mais velha do mundo é encontrada em “túmulo” de âmbar

Uma cobra bebê nasceu há 99 milhões de anos – ainda no tempo dos dinossauros – no sudeste da Ásia, mas nunca teve a oportunidade de crescer. O pequeno réptil encontrou um fim “pegajoso” na resina de uma árvore que acabou por se tornar o seu “túmulo” de âmbar.

O fóssil – o mais antigo de uma cobra recém-nascida – era originalmente de propriedade privada, mas foi doado para o museu do Instituto de Paleontologia de Dexu, perto de Pequim, na China, onde os cientistas tiveram a oportunidade de analisá-lo.

Segundo o estudo, publicado na quarta-feira (18) na revista Science Advances, o pedaço de âmbar contém dois fósseis notáveis: o primeiro e mais valioso é o do filhote de serpente, pertencente ao Cretáceo – período da era Mesozoica datado há cerca de 145 milhões e 66 milhões de anos. Os cientistas identificaram 97 vértebras do réptil recém-nascido que mede 4,8 centímetros de comprimento.

A pequena cobra não tem cabeça, mas os autores do estudo poderiam identificá-la como uma nova espécie que chamaram de Xiaophis myanmarensis, revelou Michael Caldwell, coautor do estudo e professor do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade de Alberta, no Canadá.

O segundo fóssil encontrado é um pedaço de pele de uma serpente maior. No entanto, o fragmento fossilizado é tão pequeno que os cientistas não conseguiram determinar com exatidão se pertence à mesma espécie da cobra bebê.

Ambas as descobertas são uma evidência intrigante dos ancestrais das cobras modernas, que viveram há milhões de anos. Além disso, esses fósseis são os mais antigos do gênero encontrados até agora. Por esses motivos, oferecem aos cientistas uma janela única para um passado muito distante.

No mesmo pedaço de âmbar, existiam outros restos orgânicos menos significantes que o esqueleto e a pele, mas que também ajudam a identificar e detalhar o habitat dessa espécie primitiva, explicou Caldwell.

“O âmbar recolhe tudo aquilo em que toca, funciona mais ou menos como uma cola, e depois o preserva durante 100 milhões de anos. Quando tocou na cobra bebê, também pegou vestígios do solo da floresta, juntamente com seus insetos, plantas e excrementos e, por isso, fica claro que a cobra vivia em uma floresta“, rematou.

Ciberia // Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sonda da NASA captou o som do vento em Marte

A sonda InSight da NASA pousou em Marte em 26 de novembro, tendo a missão de estudar o interior do Planeta Vermelho. Por enquanto, nos presenteou com o som do vento no nosso planeta vizinho. No …

Voyager 2 da NASA já entrou no espaço interestelar

Pela segunda vez na história, um objeto feito pelo homem alcançou o espaço entre as estrelas. A sonda Voyager 2 da NASA saiu da heliosfera – a bolha protetora de partículas e campos magnéticos criada …

Freiras desviam 500 mil de escola católica para jogar em Las Vegas

Duas freiras norte-americanas admitiram terem desviado fundos escolares estimados em 500 mil de dólares para realizarem viagens aos cassinos de Las Vegas, anunciou esta semana a arquidiocese de Los Angeles. O desvio de fundos destinados a …

Uma selfie em meio aos protestos em Paris: “metáfora do nosso tempo”

Uma foto do jornalista russo Ilya Varlamov está correndo o mundo, sendo considerada por muitos internautas como um documento que “capta de forma precisa o espírito da nossa era”. A imagem de uma jovem tirando uma selfie …

Experiências de quase-morte: luz no fim do túnel pode ter explicação

Pessoas que estiveram à beira da morte afirmam ter visto uma luz branca brilhante no fim de um túnel e encontrado familiares ou animais de estimação. Apesar do tom sobrenatural, a ciência consegue explicar o …

Setenta anos depois, teste de DNA reúne mãe e filha pela primeira vez

Genevieve achava que sua bebê recém-nascida tinha morrido no parto. Mas não: foi adotada por uma família da Califórnia que mentiu sobre suas origens. Agora, mãe e filha se conheceram graças a um teste de …

“Lobisomem da Sibéria”: maior assassino em série da Rússia era policial e matou 78 mulheres

Um ex-policial russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado nesta segunda-feira (10) na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história …

Pacto Global para Migração da ONU é aprovado por mais de 150 países

O Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regular das Nações Unidas (ONU) foi aprovado nesta segunda-feira (10) por mais de 150 países presentes na conferência intergovernamental da organização na cidade marroquina de Marraquexe. A …

Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social

O secretário de Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Abi-Ramia Caetano, foi eleito para o cargo de secretário-geral da Associação Internacional de Seguridade Social (2019-2024). Ele será o primeiro brasileiro a ocupar a posição. Em …

Professora diz aos alunos que o Papai Noel não existe (e é demitida)

Uma professora substituta, em uma cidade norte-americana, já não vai voltar a ser chamada para dar aulas – além do Papai Noel, ela também “matou” o Coelhinho da Páscoa e a Fada do Dente. Por todo …