Coca-Cola usa a mesma tática das empresas de cigarros

A ONG europeia Foodwatch acusou nesta quarta-feira (4) a Coca-Cola de tentar preservar o modelo de negócio “completamente ultrapassado” ao adotar táticas desesperadas, semelhantes às de empresas gigantes de tabaco, ao tentar negar o impacto dos seus produtos na saúde dos consumidores.

A associação de consumidores europeia pediu também ao governo alemão que siga o exemplo de vários outros países europeus, mais recentemente o Reino Unido, na introdução de um “imposto sobre o açúcar”, que já incentivou empresas de outros países a criar novas receitas com menos açúcar.

“As bebidas com açúcar são os novos cigarros“, declarou Martin Rücker, diretor da Foodwatch Alemanha, em coletiva de imprensa em Berlim, numa analogia reproduzida também na capa do novo relatório da ONG: o estudo mostra a imagem do icônico caubói das antigas propagandas da Marlboro segurando uma Coca-Cola em vez de cigarros.

Rücker estava sentado ao lado de uma cadeira vazia com o logótipo da multinacional de refrigerantes colada na parte de trás. O assento era destinado a Patrick Kammerer, chefe do departamento de relações públicas da Coca-Cola na Alemanha, que não aceitou o convite para comparecer à coletiva.

A organização acusou a multinacional norte-americana de usar medidas irresponsáveis de marketing e lobby para proteger sua participação no mercado global, estimada em 24%, especialmente por “visar conscientemente crianças e jovens” nas campanhas publicitárias.

Influenciar influenciadores

No relatório de 108 páginas, a Foodwatch mostrou que a empresa recrutou dezenas de estrelas do YouTube e Instagram, alguns dos quais com milhões de jovens seguidores, para fazer propaganda do seu principal refrigerante.

A Coca-Cola Alemanha alegou que não direciona nenhum anúncio para crianças menores de 12 anos, mas a Foodwatch lembrou os acordos da multinacional com a seleção alemã e a campanha publicitária anual com pais natais como prova de que a gigante dos refrigerantes tentava claramente conquistar jovens consumidores.

“Quando a buzina emite o som e o caminhão de Natal brilhante da Coca-Cola se aproxima, os sonhos de muitas crianças se realizam”, diz o slogan de um anúncio com o Papai Noel.

A Foodwatch viu paralelos com a indústria do tabaco na forma como a Coca-Cola nega que exista qualquer prova científica clara de que seus refrigerantes são maus para os consumidores.

Quase para ilustrar esse ponto, a Coca-Cola Alemanha divulgou uma declaração antes da coletiva de imprensa desta quarta para evitar críticas da Foodwatch.

“A obesidade é um fenômeno complexo. Se houvesse uma ligação simples e direta entre o consumo de bebidas com açúcar e obesidade, isso deveria estar nas estatísticas“, afirma o porta-voz Patrick Kammerer. “Mas, de acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde, essa suposição não é verdadeira. Um exemplo: em países como a Finlândia, onde jovens consomem pouco refrigerante, há uma alta taxa de excesso de peso. Na Holanda acontece exatamente o oposto”.

Rücker, da Foodwatch, disse que esse era exatamente o tipo de ofuscação que as empresas de tabaco usavam para negar a ligação entre cigarros e câncer. “Os produtos são sistematicamente dados como inofensivos. Não refrescam: causam diabetes. E a Coca-Cola faz tudo o que pode para preservar seu modelo de negócios completamente ultrapassado”.

Tanto a OMS como a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico afirmaram que o mundo está à beira de uma “epidemia de obesidade” que causa cada vez mais casos de diabetes, gota, doenças cardíacas e câncer do colo do útero.

Segundo a Foodwatch, 80% dos estudos financiados de forma independente encontraram uma ligação entre bebidas com açúcar e a obesidade.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …