Picada de falsa-viúva-negra traz algo ainda pior do que veneno, revela novo estudo

Pequena aranha, muito comum no Reino Unido, pode transmitir bactérias perigosas. Cientistas fazem alerta e pedem atenção para equipes médicas.

Uma equipe de cientistas do Reino Unido afirma que a aranha Steatoda nobilis, conhecida como falsa-viúva-negra, carrega em sua picada algo muito mais perigoso do que veneno. Essa espécie, comum em casas britânicas, transmite na picada bactérias que causam infecções de pele horríveis. A descoberta foi publicada na terça-feira (1º) na revista científica Scientific Reports.

“Cerca de dez espécies de aranhas comuns no noroeste da Europa têm presas fortes o suficiente para perfurar a pele humana e liberar veneno, mas apenas uma delas, a falsa-viúva-negra é considerada de importância médica”, afirma John Dunbar, principal autor do estudo, citado pelo portal Science Alert.

Na maioria dos casos, quem é picado por essa espécie pode esperar algumas horas de dor no local e talvez um ou dois dias de articulações rígidas. Mas não é com o veneno que precisamos nos preocupar, é com o risco representado por bactérias encontradas nas presas dessas aranhas.

Desde o início da pandemia de COVID-19, os casos de picadas por falsa-viúva-negra aumentaram no Reino Unido e fala-se até em praga da espécie. Recentemente foram noticiadas histórias sobre picadas de aranhas que deixaram as vítimas com algo muito pior do que um dedo latejante. Mãos inchadas, buracos de pus apodrecendo e até ameaças de amputação foram alguns dos casos que chamaram a atenção dos pesquisadores.

“Nosso estudo demonstra que as aranhas não são apenas venenosas, mas também são portadoras de bactérias perigosas capazes de produzir infecções graves […]. A maior ameaça é que algumas dessas bactérias são resistentes a vários medicamentos, o que as torna particularmente difíceis de tratar com medicamentos regulares”, explica Neyaz Khan, coautor do estudo.

Devido ao uso excessivo de antibióticos, tanto na medicina quanto na manutenção da saúde do gado, as superbactérias resistentes aos medicamentos são uma ameaça emergente. A boa notícia é que todos os micróbios encontrados na falsa-viúva-negra podem ser tratados com ciprofloxacina, um antibiótico comum. Por enquanto, pelo menos.

Compreender o potencial de infecção resistente a medicamentos, mesmo por meio de alguns furos minúsculos, pode ajudar a salvar vidas. “Isso é algo que os profissionais de saúde devem considerar a partir de agora”, conclui Khan.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …