Com recarga wireless, lente de contato pode monitorar o diabetes

Tecnologias voltadas para o monitoramento da saúde, em aplicativos médicos, são cada vez mais comuns, unindo os últimos avanços em wearables, sensores cada vez menores e comunicações sem fio.

É o caso de uma lente de contato inteligente, capaz de monitorar as informações fisiológicas do olho e das lágrimas, além de fornecer diagnósticos médicos, em tempo real, como níveis de glicose no organismo.

Para indicar a condição diabética em tempo real, os cientistas da Universidade Yonsei, na Coreia do Sul, trabalham no desenvolvimento dessas lentes de contato inteligente, dotadas de mecanismo com carregamento sem fio e sensores de glicose, como explicado no artigo publicado pela Science Advances. De maneira muito eficiente e até inédita, a recarga do dispositivo pode ser realizada sem que o usuário as precise retirar dos olhos.

Segundo o professor sul-coreano e responsável pelo projeto, Jihun Park, o segredo da invenção se baseia em não usar uma bateria convencional, mas sim um supercapacitor, feito de eletrodos de carbono e um eletrólito em miniatura, muito mais eficientes.

O monitoramento do diabetes acontece a partir da concentração de glicose nas lágrimas – fator adequado para determinar o nível de glicemia de jejum nas lágrimas de pacientes diabéticos – e, simultaneamente, para fornecer resultados através do visor conectado ao aparelho.

Por isso, a lente de contato sul-coreana é composta por nanoestruturas transparentes e extensíveis que fazem o produto similar as outras lentes comuns disponíveis no mercado, transparentes e gelatinosas. Só que modelo conta com uma antena e um LED em vermelho, que acende de acordo com a medição do sensor embutido.

Com a conexão sem fio, essas informações são enviadas para um monitor de controle, que mostra os sinais de detecção, em tempo real e integrado. Assim, são eliminadas as necessidades de equipamentos de medição volumosos e adicionais que poderiam obstruir a visão do usuários.

Até agora, os testes das lentes inteligentes estão em fase inicial. Os testes in vivo foram realizados com coelhos, incluindo o monitoramento da mudança de temperatura no olho do animal, eventualmente, causados pela tecnologia.

Os resultados positivos trazem esperança para os cientistas em preparar, no futuro, testes em humanos com as lentes de contato inteligentes. Caso seja bem sucedida, a tecnologia seria uma opção para o monitoramento não invasivo na área de cuidados de saúde, a partir dos olhos e as lágrimas.

Líder da pesquisa, o cientista Park já desenvolve há alguns anos estudos com lentes de contato inteligentes. No ano passado, a sua equipe construiu uma versão que podia monitorar os níveis de glicose no sangue. Dessa vez, a equipe juntou essa capacidade com a da tecnologia wireless.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e aposentar as baterias no futuro

O mundo já conhece os benefícios da tecnologia 5G como a alta velocidade na transmissão de dados e baixa latência. Agora, os cientistas do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, descobriram que essas redes …

Covid: como evitar a trágica marca de 5 mil mortes por dia no Brasil?

No dia 19 de maio de 2020, o Brasil atingiu pela primeira vez a marca das mil mortes diárias por covid-19. Esse número permaneceu relativamente estável, em um patamar considerado alto, durante todo o segundo semestre …

Físicos afirmam que o universo é um computador de aprendizado de máquina

Físicos teóricos que trabalham com a Microsoft lançaram um artigo na sexta-feira afirmando que o universo é essencialmente um computador de aprendizagem de máquina (machine learning, em inglês). Os pesquisadores, vários afiliados à Microsoft, pré-publicaram um …

Mundo ainda tem países sem uma única dose de vacina

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 600 milhões de doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. Mas a discrepância entre países é alta: enquanto, …

Covid: site calcula quando você será vacinado. Resultados não animam

Um grupo de voluntários chamado CoronavirusBra desenvolveu uma plataforma para calcular quando você será vacinado contra a covid-19. O ‘Quando vou ser vacinado?’ utiliza dados públicos como a média de imunizados com o número de pessoas …

Rússia inicia desenvolvimento de mais uma vacina contra COVID-19

Sendo o primeiro país a registrar uma vacina contra a COVID-19, a Rússia anunciou o início do desenvolvimento de mais uma vacina contra o coronavírus. A criação do novo medicamento estará a cargo do Instituto Smorodintsev …

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …