Com recarga wireless, lente de contato pode monitorar o diabetes

Tecnologias voltadas para o monitoramento da saúde, em aplicativos médicos, são cada vez mais comuns, unindo os últimos avanços em wearables, sensores cada vez menores e comunicações sem fio.

É o caso de uma lente de contato inteligente, capaz de monitorar as informações fisiológicas do olho e das lágrimas, além de fornecer diagnósticos médicos, em tempo real, como níveis de glicose no organismo.

Para indicar a condição diabética em tempo real, os cientistas da Universidade Yonsei, na Coreia do Sul, trabalham no desenvolvimento dessas lentes de contato inteligente, dotadas de mecanismo com carregamento sem fio e sensores de glicose, como explicado no artigo publicado pela Science Advances. De maneira muito eficiente e até inédita, a recarga do dispositivo pode ser realizada sem que o usuário as precise retirar dos olhos.

Segundo o professor sul-coreano e responsável pelo projeto, Jihun Park, o segredo da invenção se baseia em não usar uma bateria convencional, mas sim um supercapacitor, feito de eletrodos de carbono e um eletrólito em miniatura, muito mais eficientes.

O monitoramento do diabetes acontece a partir da concentração de glicose nas lágrimas – fator adequado para determinar o nível de glicemia de jejum nas lágrimas de pacientes diabéticos – e, simultaneamente, para fornecer resultados através do visor conectado ao aparelho.

Por isso, a lente de contato sul-coreana é composta por nanoestruturas transparentes e extensíveis que fazem o produto similar as outras lentes comuns disponíveis no mercado, transparentes e gelatinosas. Só que modelo conta com uma antena e um LED em vermelho, que acende de acordo com a medição do sensor embutido.

Com a conexão sem fio, essas informações são enviadas para um monitor de controle, que mostra os sinais de detecção, em tempo real e integrado. Assim, são eliminadas as necessidades de equipamentos de medição volumosos e adicionais que poderiam obstruir a visão do usuários.

Até agora, os testes das lentes inteligentes estão em fase inicial. Os testes in vivo foram realizados com coelhos, incluindo o monitoramento da mudança de temperatura no olho do animal, eventualmente, causados pela tecnologia.

Os resultados positivos trazem esperança para os cientistas em preparar, no futuro, testes em humanos com as lentes de contato inteligentes. Caso seja bem sucedida, a tecnologia seria uma opção para o monitoramento não invasivo na área de cuidados de saúde, a partir dos olhos e as lágrimas.

Líder da pesquisa, o cientista Park já desenvolve há alguns anos estudos com lentes de contato inteligentes. No ano passado, a sua equipe construiu uma versão que podia monitorar os níveis de glicose no sangue. Dessa vez, a equipe juntou essa capacidade com a da tecnologia wireless.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Apple quer proibir lançamento de livro que revela segredos comerciais da empresa

O livro alemão App Store Confidential, de Tom Sadowski, é uma publicação temida pela Apple. Isso porque o autor foi o líder de desenvolvimento da loja de aplicativos da Gigante de Cupertino na Alemanha, Áustria …

Chineses acusam governo de usar epidemia de coronavírus para prender dissidentes

No momento em que a China enfrenta a epidemia do COVID-19 que já causou 2 mil mortes e infectou 74 mil pessoas no país, o mundo se pergunta se a crise reforça ou, pelo …

Suíça quer devolver dinheiro ganho com tráfico de escravizados para as Américas

O horror do tráfico de pessoas escravizadas entre os séculos XVI e XIX para os EUA, Caribe, América Latina e principalmente o Brasil teve mais responsáveis do que nos dita a história. E a Suíça …

Reino Unido pós-Brexit fecha portas para imigrantes pouco qualificados

No Reino Unido pós-Brexit, os estrangeiros que quiserem obter um visto de trabalho no país vão ter que provar muitas habilidades. Os candidatos receberão pontos de acordo com seu nível de inglês, diploma e profissão …

Síria realiza primeiro voo comercial entre Damasco e Aleppo desde 2013

Diretores de aeroportos da Síria mencionam o trabalho realizado no aeroporto de Aleppo para permitir o feito, realizado graças à vitória do Exército sírio e esforço dos operários. A Síria realizou seu primeiro voo comercial em …

Mudanças climáticas ameaçam futuro das crianças do mundo, diz ONU

Estudo de Nações Unidas, Unicef e revista 'The Lancet' aponta ações de sustentabilidade insuficientes. Países ricos fracassam em prover meio ambiente favorável, apesar de melhor ponto de partida. Países de todo o mundo estão fracassando em …

Bug no sistema do McDonald's forneceu lanches de graça sem limite de quantidade

Imagine você poder realizar quantos pedidos quiser no McDonald's e não ter que arcar com um só centavo para isso. Bem, essa mamata virtual era o que vinha acontecendo no sistema da multinacional de fast-food …

Governo chinês está até "queimando" dinheiro para combater o coronavírus

A briga do governo chinês contra o Covid-19 (também conhecido como "novo coronavírus") tem colocado diversos órgãos governamentais em alerta, e o governo da China parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença …

Maior organização de escoteiros dos EUA declara falência após processos de abuso sexual

O grupo Boys Scouts of America, principal movimento de escoteiros dos Estados Unidos, apresentou um pedido de falência nesta terça-feira (18), em um esforço para salvaguardar as indenizações às vítimas de abuso sexual, afirma um …

Ações humanas alteram dispersão de sementes na Amazônia, aponta estudo

Análise de mais de 26 mil árvores demonstra que atividades como queimadas e desmatamento abalam o equilíbrio entre fauna e flora. Com degradação, restam animais pequenos na floresta, que espalham sementes menores. Quando se fala em …