Coreia do Sul desliga “máquina de propaganda” na fronteira com o Norte

Jin-Hee Park / EPA

Soldado sul-coreano junto aos alto-falantes instalados pela Coreia do Sul na zona desmilitarizada de Paju, a norte de Seul

Os militares da Coreia do Sul anunciaram nesta segunda-feira (23) que desligaram os alto-falantes de propaganda na fronteira militarizada com a Coreia do Norte, em um gesto de boa vontade, com a aproximação do encontro histórico entre os líderes da península coreana, que será realizado na próxima sexta-feira.

Os alto-falantes, que podem ser ouvidos por quilômetros na Coreia do Norte, tanto por militares que vigiam a zona militarizada quanto pelos civis, têm estado ligados regularmente desde janeiro de 2016, em resposta ao quarto teste nuclear da Coreia do Norte, segundo a CNN.

Nos megafones, podia se ouvir música pop coreana, notícias e reportagens críticas ao país vizinho, e as previsões meteorológicas – ou seja, partes da vida “livre” na Coreia do Sul que está, estritamente, fora de limites para os norte-coreanos.

Apesar de a Coreia do Norte também ter seus próprios canais de propaganda, há muito tempo que se opôs ao alto-falantes sul-coreanos, respondendo, às vezes, com com artilharia de fogo. Não se sabe ainda se Pyongyang seguirá o exemplo de Seul.

A atitude de a Coreia do Sul desligar os alto-falantes representa uma modesta cedência perante Pyongyang, dias antes de seu líder, Kim Jong-un, se encontrar com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, no encontro intercoreano que será realizado na próxima sexta-feira.

Essa é a primeira vez que os líderes das duas Coreias, que, tecnicamente, continuam em guerra desde que a Guerra da Coreia acabou com uma trégua em 1953, vão se sentar cara a cara em mais de uma década.

O porta-voz do Ministério da Defesa da Coreia do Sul, Choi Hoi-hyun, disse que a decisão foi tomada “para pacificar a tensão militar entre as duas nações e para criar um ambiente pacífico para o encontro que se aproxima”.

As preparações para o encontro estão a todo o vapor, com várias conversas entre as Coreias para os últimos detalhes. A responsável do Departamento de Estado dos EUA para assuntos do leste asiático e do Pacífico, Susan Thornton, também está em Seul, onde deverá se encontrar com o Ministro das Relações Exteriores, Kang Kyung-wha.

No fim de semana, a Coreia do Norte anunciou a suspensão dos testes nucleares e o fechamento de uma unidade de testes atômicos. O anúncio surpresa aconteceu dias antes das conversas históricas com o vizinho do Sul e semanas antes do também histórico encontro entre os líderes norte-coreano e americano.

Na sexta-feira, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, deverá se encontrar com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, em Panmunjom, designada por “aldeia das tréguas”. Em junho, em data e local ainda a confirmar, Kim deverá se encontrar com o presidente dos EUA, Donald Trump.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pais gays viram alvo de investigações na Rússia

Alguns anos atrás, o advogado Vladimir (nome modificado), morador de uma grande cidade russa, decidiu ter um filho com o auxílio de uma mãe de aluguel. Sua família inteira ficou contente quando uma menina nasceu. …

Líbano: Saad Hariri volta ao posto de primeiro-ministro para formar novo governo

Saad Hariri foi nomeado novamente primeiro-ministro do Líbano, com o desafio de chegar a um acordo com as várias forças políticas do país e formar um governo capaz de realizar as reformas necessárias para …

Alunos incentivam câmeras ligadas para que professores não ‘falem’ com telas em branco

Para amenizar a sensação de solidão de professores em aulas online, alunos norte-americanos começaram a usar o TikTok para incentivar mais estudantes a abrirem as câmeras durante encontros educacionais à distância. A usuária da rede social …

Identificada a causa da maior extinção em massa na história da Terra

A vida na Terra tem uma história longa, mas também extremamente turbulenta. Em mais de uma ocasião, a maioria de todas as espécies foi extinta e uma biodiversidade já altamente desenvolvida reduziu para um mínimo …

Cães farejadores de covid: eficazes e baratos, mas esnobados

A Europa está em pânico em meio ao segundo surto de covid-19, com taxas de contágio explodindo e os PIBs despencando. A Bélgica acaba de anunciar que não mais testará cidadãos assintomáticos, mesmo que tenham …

Bolsonaro é avaliado positivamente por 37% da população, diz pesquisa

Entre os que souberam do dinheiro na cueca do senador Chico Rodrigues (52%), 74% não mudaram sua avaliação sobre o presidente Bolsonaro. Os que mais mudaram de opinião foram os pesquisados com ensino superior (26%) …

Tribunal Constitucional da Polônia invalida direito ao aborto por malformação do feto

O Tribunal Constitucional da Polônia invalidou nesta quinta-feira (22) uma disposição que permitia a interrupção voluntária da gravidez (IVG) em caso de malformação do feto. Uma vez que a decisão entre em vigor, apenas o …

Estudo descobre 1,8 bilhão de árvores no deserto do Saara e no Sahel

Um estudo publicado na revista Nature descobriu que na região do Saara Ocidental e no Sahel, há mais de um bilhão de árvores. No meio da aridez do local, a surpreendente descoberta colocou um novo …

Guerra Fria 2.0 entre EUA e China será uma batalha tecnológica, dizem especialistas

A batalha mundial pelo domínio da alta tecnologia está cada vez mais centrada em EUA e China. Com confronto aberto no caso da Huawei, especialistas do clube Valdai alertam para uma longa guerra fria tecnológica …

Combate à corrupção reduz mortalidade infantil, aponta estudo

Auditorias anticorrupção realizadas em municípios brasileiros entre 2003 e 2015 reduziram a mortalidade infantil. Esta é a principal conclusão de um estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que relacionou o …