Coreia do Norte dispara míssil balístico intercontinental – e diz que pode atingir todo o território dos EUA

(dv) KNS / KCNA

O Pentágono anunciou que o último míssil lançado pela Coreia do Norte é um projétil balístico intercontinental, que realizou um voo de mil quilômetros. Segundo a emissora de TV norte-coreana (KCTV), o engenho poderia alcançar “todo o território dos Estados Unidos”.

“Detectamos um lançamento de míssil da Coreia do Norte. Estamos em processo de avaliação da situação e divulgaremos informação adicional quando estiver disponível”, disse o porta-voz do Pentágono, coronel Robert Manning.

O míssil balístico intercontinental, com alcance que permite atingir todo o território norte-americano, foi o primeiro ensaio em dois meses e meio, depois do último, de médio alcance, ter sobrevoado o norte do Japão antes de cair no mar.

“A Coreia do Norte lançou um míssil balístico não identificado em direção a leste das cercanias de Pyongsong, província de Pyongan del Sur, ao norte da capital norte-coreana [Pyongyang]”, revelou o Estado-maior Conjunto sul-coreano.

Os frequentes ensaios com armas feitos pelo regime de Kim Jong-un, entre os quais um ensaio nuclear no último dia 3 de setembro, aumentaram a tensão na zona a níveis nunca vistos depois da guerra da península da Coreia, entre 1950 e 1953.

No passado dia 21, os Estados Unidos impuseram sanções contra 13 entidades encarregadas do transporte marítimo e terrestre na Coreia do Norte, com o intuito de pressionar Pyongyang para que ponha um fim aos testes de mísseis balísticos e às aspirações nucleares.

As sanções foram divulgadas um dia depois de Donald Trump ter remetido para a Coreia do Norte a lista de países “patrocinadores do terrorismo”, da qual o país asiático tinha saído há quase uma década.

Depois da decisão, o presidente dos Estados Unidos instou o regime comunista norte-coreano a “pôr fim ao desenvolvimento nuclear ilegal e aos mísseis balísticos“.

Na Assembleia Geral da ONU, em setembro, Trump foi duro quanto aos programas nucleares norte-coreanos e ameaçou “destruir totalmente” a Coreia do Norte se Pyongyang continuasse com as provocações.

Por várias vezes, Trump afirmou também que não descarta uma ação militar contra o regime de Pyongyang, uma vez que, disse, anos de diálogo não serviram para nada.

Donald Trump, que falou à imprensa a partir da Casa Branca, não deu mais detalhes sobre as medidas que os Estados Unidos poderão adotar. A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, tinha anunciado antes que Trump foi informado do lançamento ainda quando o míssil estava no ar.

Entretanto, fonte oficial japonesa disse que o míssil caiu no mar do Japão, na Zona Econômica exclusiva do país.

Coreia do Sul quer sanções mais fortes a Pyongyang para travar séria ameaça à paz mundial

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, afirmou que o novo disparo de míssil por parte da Coreia do Norte é uma “séria ameaça” à paz global e defendeu que são necessárias sanções mais fortes contra Pyongyang.

Moon Jae-in garantiu, no Conselho de Segurança Nacional, que a Coreia do Sul “não ficará sentada a ver” as provocações da Coreia do Norte e explicou que vai trabalhar com os Estados Unidos para fortalecer a segurança.

O presidente da Coreia do Sul salientou que é preciso “desencorajar as ambições nucleares” da Coreia do Norte e explicou que os sul-coreanos anteciparam o lançamento e estavam preparados.

O Exército da Coreia do Sul efetuou seus próprios exercícios com mísseis, que começaram poucos minutos depois do lançamento da Coreia do Norte ter sido detectado.

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) deve se reunir em caráter de emergência, nesta quarta-feira (29) à tarde por causa do lançamento do míssil efetuado pela Coreia do Norte, anunciou a presidência italiana.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …

Imagens do satélite Amazonia-1 já estão disponíveis — e qualquer um pode acessar

O Ministério da Ciência e Tecnologia comunicou, nesta semana, que as imagens do Amazonia-1 já podem ser acessadas pelo público. O satélite Amazonia-1 foi lançado em fevereiro de 2021 e, desde então, já avançou por etapas importantes, …