Cientistas identificam a última refeição de um monstro marinho do tempo dos dinossauros

Todd Marshall / Universidade de Edimburgo

Conceito artístico do parente de ictiossauro descoberto na Escócia

Os ictiossauros, “primos” dos golfinhos dos mares da época mesozoica, comiam grandes lulas e peixes, assim como seus sucessores contemporâneos: as baleias, revelam cientistas britânicos em um artigo publicado na revista Historical Biology.

“Entre as costelas deste ictiossauro, conseguimos encontrar muitos espinhos que cobrem os tentáculos de lulas antigas. É muito surpreendente que tenhamos conseguido descobrir o que comeu pela última vez uma criatura que viveu na Terra há cerca de 200 milhões de anos”, diz Dean Lomax da Universidade de Manchester, no Reino Unido.

“Outros ictiossauros comiam peixe nos primeiros dias de vida, por isso a descoberta é interessantíssima”, acrescenta o paleontólogo.

Os répteis marítimos da época mesozoica são em muitos aspectos um enigma para os paleontólogos, pois seus restos mortais dificilmente são conservados, devido às particularidades do ambiente em que viviam.

Contudo, durante as últimas décadas, cientistas conseguiram revelar muitos detalhes que mudaram radicalmente teorias antes aceitas, como, por exemplo, sobre a comida e o estilo de vida destas criaturas.

Por exemplo, há três anos, um grupo de cientistas revelou que os ictiossauros surgiram na Terra antes mesmo de viverem no mar. Além disso, revelou-se que pliossauros, principais abutres marítimos do período cretáceo, possuíam problemas de saúde como câncer e artrite reumatoide.

Outras peculiaridades da sua anatomia indicam semelhanças entre ictiossauros e mamíferos marítimos contemporâneos dos nichos que foram libertados depois da morte dos gigantescos pangolins há 65,5 milhões de anos.

A equipe de Dean Lomax desvendou mais um segredo dos monstros marítimos da época dos dinossauros ao estudar os restos do menor ictiossauro na história da ciência, Ichthyosaurus communis, que atingia 70 centímetros de comprimento na fase adulta.

Heinrich Harder / Wikimedia Commons

Ictiossauro, dinossauro primo dos golfinhos

Este mamífero marítimo foi uma das primeiras descobertas deste ramo na história da ciência – os fósseis foram encontrados por Mary Anning, a primeira paleontóloga, em placas de giz na costa sul da Inglaterra e registrados ainda em 1822.

Em 2015, Nigel Larkin, analisou os fósseis destes animais guardados no museu da Universidade de Birmingham, limpando-os e catalogando-os. Um dos fósseis pequenos atraiu a atenção do cientista por conter inserções fora do habitual, levando-o a pedir ajuda a Lomax, especialista na esfera de paleontologia de dinossauros.

Segundo Lomax, Larkin tinha encontrado um fóssil único – esqueleto verdadeiro de um Ichthyosaurus communis recém-nascido que morreu depois de ter comido uma lula do início do período Jurássico, por volta de 200 milhões de anos atrás.

A descoberta, segundo paleontólogos, é importantíssima para a ciência, já que nunca tinha sido encontrado ou analisado ictiossauros primitivos que comiam algo além de peixe.

Consecutivamente, a existência de mais opções na dieta dos ictiossauros indica que estes mamíferos marítimos começaram a explorar os mares e ocupar nichos ecológicos diferentes já no início de sua evolução, conclui o artigo na revista Historical Biology.

Ciberia // Sputnik News / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

É isso que acontece com seu corpo quando você come muito apenas uma vez

Qual foi a última vez que você comeu tanto, mas comeu muito, a ponto de se empanturrar? No último churrasco de família? Na noite da pizza? No reveillón? No almoço de ontem? Inúmeros estudos investigaram o …

Reino Unido impõe quarentena a viajantes vindos da França. Paris contra-ataca

O Reino Unido impôs uma quarentena obrigatória para os viajantes que entram no território britânico vindos da França, Holanda e Malta, após um aumento dos casos de covid-19 nesses países. Os viajantes terão que ficar isolados …

Israel e Emirados Árabes chegam a acordo de paz histórico

Mediado pelos EUA, pacto visa normalizar relações diplomáticas entre os países. Israel se compromete a suspender anexações de territórios. Emirados Árabes são primeiro Estado do Golfo a estabelecer laços com Tel Aviv. Israel e Emirados Árabes …

Fortnite dá desconto por fora, é banido pela Apple e caso vai parar na justiça

A Epic está processando a Apple pela retirada de Fornite da App Store. Após um embate jurídico entre as duas companhias, o jogo foi bloqueado na loja do iOS, criando reação imediata da desenvolvedora. A história, …

Com 1000 anos, maior cidade pré-colombiana da região dos EUA fica sob a cidade St Louis

Por mais que tenhamos sido ensinados que a história do continente americano começa pela chegada por aqui dos navegadores europeus – e o próprio nome de tal território sublinha essa recorrente doutrinação – o fato …

Asteroide Psyche poderia ser núcleo de planeta que não se formou, dizem cientistas

Cientistas examinaram um asteroide que deve ser visitado por uma missão da NASA em 2022, encontrando provas que suas propriedades atraíram sucessão de outros asteroides. Após realizar diversas simulações em 2D e 3D usando um supercomputador, …

Essa “formiga-diabo” pré-histórica ataca sua presa há 99 milhões de anos

Uma linhagem extinta há tempos, nomeada afetuosamente de “formiga do inferno” ou “formiga-diabo”, foi encontrada presa em âmbar há 99 milhões de anos atrás, com sua mandíbula em formato de foice agarrada firme na presa. No …

Mataram um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros depois de 50 anos de perseguição

Notícia triste para quem luta pela preservação do meio ambiente. Conhecido como Demônio, um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros, que segundo moradores aterrorizava vilarejos na ilhas Bangka Belitung (Indonésia), foi morto na semana …

China diz que encontrou traços de coronavírus em frango brasileiro

Carga de asas de frango que chegou a Shenzhen, no sul do país asiático, foi confiscada. Funcionários da alfândega que entraram em contato com alimentos foram testados, mas exames deram negativo. Traços do novo coronavírus foram …

Vacinação em SP começa em janeiro, segundo diretor do Butantan

Com a pandemia, inúmeras empresas estão dedicadas ao desenvolvimento de uma vacina que possa ajudar na luta contra a COVID-19. Nesta quarta-feira (12), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, afirmou que o estado …