Crocodilos que vivem em caverna inóspita parecem estar evoluindo para uma nova espécie

No Gabão, crocodilos estão vivendo em um local que não parece muito hospitaleiro: o sistema de cavernas de Abanda, escuro e quente, com fumaça nauseante e fezes de morcego por todo lado.

“Parece lama líquida, mas não é”, explica o especialista em cavernas Olivier Testa. Misturado com água, esses resíduos de morcegos se transformam em uma piscina viscosa. “É um ambiente extremamente difícil”, completa o herpetologista Matthew Shirley.

Testa e Shirley fazem parte de uma equipe de pesquisa que atualmente estuda esses crocodilos. Os cientistas acham que os animais estão evoluindo para uma nova espécie, a fim de viver de forma mais adaptada às inóspitas cavernas.

Crocodilos-anões são encontrados acima do solo em todo o território do Gabão, mas a população que habita as cavernas desenvolveu uma assinatura genética única e incomparável.

A dupla recolheu amostras de sangue de diversos indivíduos de Abanda. Cerca de 100 a 200 provavelmente vivem nas 10 a 12 cavernas diferentes do sistema, mas distinguir os crocodilos na escuridão é difícil.

Eventualmente, os pesquisadores conseguiram obter amostras de sangue de 30 a 40 indivíduos diferentes. Além disso, também recolheram amostras de sangue de cerca de 200 crocodilos terrestres da mesma região africana.

Sequenciando o DNA de cada população, a equipe de pesquisa descobriu que os crocodilos da caverna possuíam um haplótipo único – um grupo de genes que passa de geração e é herdado por apenas um dos pais.

“Como resultado desse isolamento e do fato de que poucos indivíduos entram ou saem da caverna, eles estão no processo de se tornarem uma nova espécie. Se isso vai acontecer em breve ou não, ninguém sabe”, argumentou Shirley.

Os cientistas já tinham observado diferenças físicas e comportamentais na população que vive nas cavernas em 2016, descritas em um artigo publicado no African Journal of Ecology.

Os crocodilos foram encontrados pela primeira vez em 2008 pelo arqueólogo Richard Oslisly. Não sabemos exatamente há quanto tempo os animais vivem na caverna.

Shirley estima que isso aconteceu há pelo menos alguns milhares de anos, quando alguns crocodilos entraram lá à procura de abrigo ou comida. Várias centenas de gerações são necessárias para desenvolver tal assinatura genética única, e crocodilos-anões podem viver por 50 a 100 anos.

Ao contrário dos crocodilos-anões que habitam o solo e se alimentam de peixes e crustáceos, a população das cavernas come principalmente morcegos. Na verdade, essa pode ser uma das razões pelas quais originalmente migraram para o sistema de cavernas.

Há dezenas de milhares de morcegos lá. Quando os pesquisadores analisaram o conteúdo estomacal dos crocodilos, encontraram esqueletos e pele de morcego misturados com grilos.

Alguns dos grandes crocodilos machos também são alaranjados, mas é difícil que essa seja uma mutação genética – é provavelmente resultado da imersão nas fezes de morcego. Os resíduos desses animais são compostos em grande parte de ureia, logo, as poças de pH altamente básico podem “tingir” os animais.

Em populações pequenas como esta, a diversidade genética é uma preocupação. A endogamia pode levar a doenças e defeitos congênitos. Shirley teoriza que um pequeno número de indivíduos vindos de fora da caverna acabem chegando por lá a cada geração.

Além da incrível descoberta do que pode ser uma população geneticamente única, estudar os crocodilos que vivem em Abanda pode auxiliar os cientistas a entender como esses animais se adaptam a ambientes inóspitos.

Os crocodilos são répteis naturalmente diurnos, que dependem da luz solar para regular o metabolismo. A maioria dos crocodilos de Abanda fica sem luz solar durante décadas.

Ainda há muito para aprender sobre a espécie e sua evolução. Um artigo científico sobre os animais ainda está sendo preparado.

Ciberia // NatGeo / HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …