Curitiba pode ter multa de até R$ 980 para quem jogar lixo na rua

O curitibano que jogar no lixo na rua pode passar a ser multado. O valor previsto em um projeto de lei na Câmara Municipal é de até R$ 980, informou o ParanáPortal. 

O projeto, de autoria do vereador Felipe Braga Cortes (PSD), será reapresentado na Câmara neste ano. A proposta estava disponível para votação em plenário desde outubro de 2013. No entanto, como não foi votada até dezembro do ano passado, a iniciativa acabou sendo arquivada com o fim da legislatura em 2016.

Pela proposta, guardas municipais e funcionários da limpeza pública que flagrarem pessoas jogando lixo em locais inadequados devem fazer uma advertência. O vereador explica que, em caso de desrespeito, o agente público deve pedir a identificação do infrator.

“A ideia é que a Guarda Municipal, que tem a possibilidade legal de fazer isso, assim como ela faz com a pichação, possa multar aquele cidadão que joga o lixo em parques, praças, logradouros, ruas, enfim”, explica o vereador, citado pelo ParanáPortal.

“A gente teve essa ideia quando ela surgiu no estado do Rio de Janeiro, já faz três anos, e a gente trouxe para Curitiba. Se não é uma solução total, ela traz uma conscientização maior”, diz o vereador.

A proposta prevê que a multa varie de acordo com o tamanho do objeto descartado. Para volumes pequenos, com tamanho até uma lata de refrigerante, seriam cobrados R$ 157; para peças maiores, mas com menos de um metro cúbico, o valor seria de R$ 392; e para itens acima de um metro cúbico, o infrator teria de pagar R$ 980.

De acordo com o autor do projeto, nos primeiros meses, a ideia é fazer com que o cidadão seja informado sobre a lei, para depois iniciar a cobrança de forma integral.

“A ideia do projeto não é criar uma indústria da multa, mas é que, nos primeiros meses, se faça não a cobrança, mas a educação. Para as pessoas saberem que, a partir de agora, tem fiscalização, não pode jogar lixo na rua”, explica. “A partir disso, com comunicação, com mídia, fazendo divulgação disso tudo, que se multe quem jogar lixo na rua”, completa.

As sessões na Câmara Municipal voltam a ser realizadas em fevereiro e, com isso, o parlamentar pretende reapresentar o projeto de lei já com as alterações sugeridas no primeiro texto. Felipe ainda pretende realizar uma audiência pública para discutir a possibilidade de implantação da proposta.

Se a iniciativa for aprovada, o período de adaptação para a nova lei será de seis meses entre a publicação e o início de vigência.

// EcoD

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Catarro? Som da tosse? Conheça métodos alternativos para detectar a covid-19

Desde o início da pandemia, a realização de testes para detectar a covid-19 fez-se extremamente necessária. No entanto, com o passar dos meses, instituições e empresas privadas ao redor do mundo deram início ao desenvolvimento …

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …

Consumo de plásticos explode na pandemia e Brasil recicla menos de 2% do material

Com o avanço do delivery de alimentos e do comércio eletrônico, além do maior uso de material hospitalar descartável como máscaras e luvas, o consumo de plásticos explodiu durante a pandemia do coronavírus. O aumento do …

Cientistas explicam por que não se consegue parar a pandemia

Cientistas turcos descobriram que a quantidade de vírus SARS-CoV-2 no organismo de pacientes assintomáticos é mais alta do que nos que apresentam sintomas, o que diferencia radicalmente o novo coronavírus de outros patógenos e explica …

Al-Ahly venceu Liga dos Campeões da CAF

A equipa egípcia do Al-Ahly arrecadou o troféu da Liga dos Campeões da Confederação Africana de futebol pela nona vez ao derrotar o outro clube egípcio, o Zamalek, por 1-2. A final 100% egípcia decorreu no …

Monolito misterioso achado no deserto dos EUA desaparece

O misterioso monolito de metal que causou grande especulação após sua descoberta em um deserto no estado americano de Utah, nos EUA, aparentemente desapareceu, segundo funcionários locais. O escritório de administração fundiária do estado de Utah …

Parlamento iraniano assina texto que impede inspeção de centrais nucleares

A proposta é uma represália ao assassinato do cientista Mohsen Fakhrizadeh, chefe do Departamento de Pesquisa e Inovação do Ministério da Defesa, nesta sexta-feira (27). O governo iraniano responsabilizou Israel pelo crime, dizendo que …

Campanha pede debate da Globo online após Boulos testar positivo para covid-19

De última hora, o candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), testou positivo para covid-19. Nessa sexta-feira (27), haveria o último debate antes das eleições entre ele e o candidato à reeleição Bruno Covas …

MDZhB: a misteriosa rádio soviética que segue emitindo sinais e ruídos há quase 50 anos

Uma misteriosa estação de rádio segue ininterruptamente transmitindo somente ruídos estáticos interrompidos por sons robóticos há mais de quatro décadas. Conhecida como UVB-76 ou MDZhB, os sinais da rádio são transmitidos de dois diferentes pontos da …