Depois de brigar com vizinho, mulher iniciou incêndio que matou 10 pessoas em Paris

(cv)

As autoridades francesas divulgaram mais informações sobre o violento incêndio no qual morreram ao menos 10 pessoas na madrugada desta terça-feira (5), em um prédio de oito andares de um bairro nobre de Paris.

A suspeita de ter ateado fogo no local foi presa e é uma das moradoras do edifício. Ela teria cometido o crime depois de brigar com um vizinho.

A polícia judiciária abriu uma investigação por “destruição voluntária provocando mortes”. Os bombeiros ainda realizam vistorias no prédio e alertam que o número de vítimas pode aumentar. Ao menos dez pessoas morreram e 36 ficaram feridas nas chamas que devastaram o imóvel localizado na rua Erlanger, no 16° distrito.

A principal suspeita é uma mulher, identificada como Essia B., de 40 anos, que teria antecedentes psiquiátricos, de acordo com as autoridades. Ela foi presa na rua, depois de ter iniciado o incêndio no prédio, tentando atear fogo em uma lixeira e em um carro.

feu immeuble

#intervention Retour en images sur le feu d’immeuble dans le 16e arrondissement : le bilan s’alourdit à 10 personnes décédées.

Posted by Pompiers de Paris on Tuesday, February 5, 2019

Vizinhos brigaram por causa de música alta

Alcoolizada, ela explicou aos policiais que havia brigado com um vizinho, Quentin, bombeiro de 22 anos. Morador no edifício há apenas 3 meses, ele contou à imprensa francesa que, na noite de segunda-feira (4) ele e a namorada não conseguiam dormir por causa da música alta que vinha do apartamento da mulher.

Segundo ele, há quinze dias a polícia já havia sido acionada por outro morador pelo mesmo problema. O rapaz contou que ele e a namorada tentaram conversar com a vizinha e convencê-la a abaixar o som mas, sem resultado, chamou a polícia.

Igualmente alterados, o casal deixou o prédio por recomendação dos policiais. Quando retornaram mais tarde, acharam que a mulher tinha sido levada para a delegacia, mas se deparou com a vizinha nas escadas.

O jovem disse que mulher ainda tentou quebrar uma janela, derrubar sua porta e que teria colocado pedaços de madeira e papel na porta de seu apartamento. “Ela me desejou boa sorte, lembrando que eu sou bombeiro e que eu deveria adorar o fogo”, conta.

Quentin conseguiu salvar a namorada das chamas, acionar os bombeiros e a polícia. O rapaz diz ter retirado várias pessoas do edifício. Em entrevista ao jornal Le Parisien, alegou que não sabia que a mulher tinha problemas psiquiátricos. “Sou bombeiro e nunca vivi um drama como esse”, afirmou.

Fogo foi apagado após cinco horas de intervenção

No total, 250 bombeiros foram mobilizados, mas o incêndio se propagou com extrema violência. Desesperados, muitos moradores se refugiaram no teto do imóvel gritando por socorro. Três vítimas morreram ao se atirar das janelas para fugir das chamas.

Cerca de 50 pessoas foram resgatadas pelo lado de fora do prédio. Após cinco horas de intervenção, o fogo foi apagado no início da manhã desta terça-feira. Seis bombeiros ficaram feridos.

“Paris está de luto nesta manhã. O balanço de vítimas é terrível”, tuitou a prefeita da capital francesa, Anne Hidalgo.

O presidente francês, Emmanuel Macron, também reagiu em seu Twitter. “A França acorda emocionada depois do incêndio na rua Erlanger, em Paris, na madrugada. Meus pensamentos às vítimas. Obrigado aos bombeiros cuja coragem permitiu salvar várias vidas”, publicou.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …