Descoberto palácio de rei bíblico embaixo de túmulo destruído pelo Estado Islâmico

Voice of America / Wikimedia

Ruínas da mesquita sunita, onde estava o Templo de Jonas, em Mosul, destruída pelo EI em 2014

Ruínas da mesquita sunita, onde estava o Templo de Jonas, em Mosul, destruída pelo EI em 2014

Arqueólogos iraquianos fizeram uma descoberta surpreendente nos destroços do Túmulo do Profeta Jonas, que foi destruído pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI). Os pesquisadores encontraram no local o palácio do antigo rei assírio Senaquerib, citado na Bíblia.

O exército iraquiano recuperou das mãos do EI a zona onde se situa o túmulo, em uma colina de Mosul, no Iraque, no mês passado. A ação fez parte da forte ofensiva lançada sobre a cidade que esteve sob controle do grupo terrorista durante os últimos dois anos.

Quando os arqueólogos procediam à documentação dos estragos provocados pelo grupo terrorista no Túmulo de Jonas, que estava situado em uma mesquita sunita, encontraram vestígios do palácio do antigo Rei assírio Senaquerib que data de 600 a.C..

A existência do palácio era conhecida, mas vestígios nunca tinham sido encontrados.

O palácio foi construído para o Rei Senaquerib, cujo nome significa “O Deus da Lua Multiplicou os Seus Irmãos” e que é mencionado na Bíblia por causa da invasão comandada por ele ao antigo Reino de Judá, em 701 a.C..

Senaquerib acabou assassinado por dois de seus filhos. Outro filho, Assaradão, se tornou Rei da Assíria (681 a.C. a 669 a.C.) e tratou de ampliar o palácio que foi depois remodelado pelo seu sucessor, Assurbanípal, o último grande líder da Assíria.

“Descoberta fantástica”

O The Telegraph, que relata a descoberta, conta que os arqueólogos chegaram aos vestígios do palácio graças aos túneis escavados pelo EI para procurar artefatos antigos para tomarem posse.

Foi nessa travessia pelos túneis que a arqueóloga iraquiana Layla Salih descobriu uma inscrição em uma pedra, com referência a Assaradão, em escrita cuneiforme – uma das primeiras formas de escrita do mundo-, datada de 672 a.C., altura em que o palácio integrava a antiga cidade assíria de Nínive.

Os arqueólogos encontraram também antigas esculturas assírias em pedra.

“Os objetos não combinam com as descrições do que pensávamos estar lá em baixo, por isso a destruição do EI nos levou a uma descoberta fantástica“, explica ao The Telegraph a professora Eleanor Robson, diretora do Instituto Britânico para o Estudo do Iraque.

“Há uma grande quantidade de história lá em baixo, não apenas pedras ornamentais. É uma oportunidade para, finalmente, mapear a “casa-do-tesouro” do primeiro grande império do mundo, desde o seu período de maior sucesso”, acrescenta Eleanor.

Não se sabe ainda quais relíquias os terroristas podem ter encontrado antes de os arqueólogos terem encontrado o local. “Acreditamos que eles levaram muitos artefatos, como cerâmica e peças pequenas para vender”, refere Layla Salih ao The Telegraph.

Agora, a grande preocupação dos investigadores sãoos túneis que correm o risco de desabar, o que, se acontecer, deve parar a investigação e colocar em cheque o patrimônio histórico encontrado.

[sc name=”assina” by=”” url=”https://zap.aeiou.pt/descoberto-palacio-rei-biblico-baixo-tumulo-destruido-pelo-daesh-151872″ source=”ZAP”

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Missão indiana levará sonda para investigar efeitos do vento solar em Vênus

Em 2005, o Instituto Sueco de Física Espacial (IRF) enviou à órbita de Vênus a sonda ASPERA-4, através da missão Venus Express, da agência espacial europeia ESA. A sonda estudou o planeta até 2014, medindo …

O mistério das centenas de elefantes encontrados mortos em Botsuana

A morte “totalmente sem precedentes” de centenas de elefantes em Botsuana nos últimos meses está cercada de mistério. O biólogo e ativista Niall McCann afirmou que colegas no país do sul da África identificaram mais de …

Coronavírus na Coreia do Norte: Kim Jong-un declara 'sucesso brilhante' no combate à pandemia e zero casos

O líder norte-coreano Kim Jong-un elogiou o "sucesso brilhante" de seu país ao enfrentar a pandemia de covid-19, segundo a agência de notícias estatal KCNA. Falando em uma reunião do Politburo, Kim disse que o …

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em comércio, templos e repartições públicas

Presidente alegou que uso de máscaras em locais fechados pode ser classificado como "violação de domicílio" e vetou trecho que obrigava o poder público a fornecer máscaras para a população mais pobre. O presidente Jair Bolsonaro …

Novos hábitos devem fazer parte da vida das sociedades no pós-pandemia, dizem especialistas

Enquanto a vacina que poderá conter a disseminação do novo coronavírus não sai, o mundo seguirá lavando as mãos. exaustivamente, abusando do álcool gel (ou de desinfetantes poderosos), caprichando na limpeza de tudo o …

Coroas de buracos negros supermassivos podem ser fonte de "partículas fantasmas"

Nas profundezas do gelo antártico, estão enterrados mais de 5.000 sensores de luz, que fazem parte do Observatório IceCube, um detector de neutrinos. Em 2018, este observatório recebeu a atenção da comunidade científica de todo …

Partícula exótica nunca vista antes é descoberta no CERN

Cientistas trabalhando no Grande Colisor de Hádrons (LHC) observaram uma partícula exótica composta de quatro quarks charm. Essa é provavelmente a primeira descoberta de uma classe de partículas jamais observada pelos físicos. O quark é uma …

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro

Ministério Público Federal acusa senador de ter recebido pagamentos indevidos da Odebrecht através de contas no exterior. Verônica Serra, filha do político, também é denunciada. A força-tarefa da Operação Lava-Jato em São Paulo denunciou nesta sexta-feira …

'Morra quem morrer', diz prefeito na Bahia ao decretar reabertura do comércio

O prefeito da cidade de Itabuna (BH), Fernando Gomes, declarou em vídeo divulgado nas redes sociais que autorizará reabertura de estabelecimentos comerciais em 9 de julho. Ao anunciar a implementação do decreto que autorizará reabertura do …

Édouard Philippe, premiê francês, pede demissão e deixa cargo após três anos

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou sua demissão nesta sexta-feira (3) ao presidente Emmanuel Macron, que aceitou o pedido. O anúncio foi feito nesta manhã pela assessoria do palácio do Eliseu, a sede da …