Descoberto palácio de rei bíblico embaixo de túmulo destruído pelo Estado Islâmico

Voice of America / Wikimedia

Ruínas da mesquita sunita, onde estava o Templo de Jonas, em Mosul, destruída pelo EI em 2014

Ruínas da mesquita sunita, onde estava o Templo de Jonas, em Mosul, destruída pelo EI em 2014

Arqueólogos iraquianos fizeram uma descoberta surpreendente nos destroços do Túmulo do Profeta Jonas, que foi destruído pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI). Os pesquisadores encontraram no local o palácio do antigo rei assírio Senaquerib, citado na Bíblia.

O exército iraquiano recuperou das mãos do EI a zona onde se situa o túmulo, em uma colina de Mosul, no Iraque, no mês passado. A ação fez parte da forte ofensiva lançada sobre a cidade que esteve sob controle do grupo terrorista durante os últimos dois anos.

Quando os arqueólogos procediam à documentação dos estragos provocados pelo grupo terrorista no Túmulo de Jonas, que estava situado em uma mesquita sunita, encontraram vestígios do palácio do antigo Rei assírio Senaquerib que data de 600 a.C..

A existência do palácio era conhecida, mas vestígios nunca tinham sido encontrados.

O palácio foi construído para o Rei Senaquerib, cujo nome significa “O Deus da Lua Multiplicou os Seus Irmãos” e que é mencionado na Bíblia por causa da invasão comandada por ele ao antigo Reino de Judá, em 701 a.C..

Senaquerib acabou assassinado por dois de seus filhos. Outro filho, Assaradão, se tornou Rei da Assíria (681 a.C. a 669 a.C.) e tratou de ampliar o palácio que foi depois remodelado pelo seu sucessor, Assurbanípal, o último grande líder da Assíria.

“Descoberta fantástica”

O The Telegraph, que relata a descoberta, conta que os arqueólogos chegaram aos vestígios do palácio graças aos túneis escavados pelo EI para procurar artefatos antigos para tomarem posse.

Foi nessa travessia pelos túneis que a arqueóloga iraquiana Layla Salih descobriu uma inscrição em uma pedra, com referência a Assaradão, em escrita cuneiforme – uma das primeiras formas de escrita do mundo-, datada de 672 a.C., altura em que o palácio integrava a antiga cidade assíria de Nínive.

Os arqueólogos encontraram também antigas esculturas assírias em pedra.

“Os objetos não combinam com as descrições do que pensávamos estar lá em baixo, por isso a destruição do EI nos levou a uma descoberta fantástica“, explica ao The Telegraph a professora Eleanor Robson, diretora do Instituto Britânico para o Estudo do Iraque.

“Há uma grande quantidade de história lá em baixo, não apenas pedras ornamentais. É uma oportunidade para, finalmente, mapear a “casa-do-tesouro” do primeiro grande império do mundo, desde o seu período de maior sucesso”, acrescenta Eleanor.

Não se sabe ainda quais relíquias os terroristas podem ter encontrado antes de os arqueólogos terem encontrado o local. “Acreditamos que eles levaram muitos artefatos, como cerâmica e peças pequenas para vender”, refere Layla Salih ao The Telegraph.

Agora, a grande preocupação dos investigadores sãoos túneis que correm o risco de desabar, o que, se acontecer, deve parar a investigação e colocar em cheque o patrimônio histórico encontrado.

[sc name=”assina” by=”” url=”https://zap.aeiou.pt/descoberto-palacio-rei-biblico-baixo-tumulo-destruido-pelo-daesh-151872″ source=”ZAP”

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Tiroteio deixa morto e vários feridos em Washington

Uma pessoa morreu e várias outras ficaram feridas em um tiroteio ocorrido na noite desta quinta-feira nas ruas de Washington, D.C., conforme relatou a imprensa local. Até o momento, são poucas as informações disponíveis sobre o …

Nada de ETs: escurecimento da estrela mais estranha da galáxia poderia ter outra explicação

Astrofísicos teriam desvendado misterioso escurecimento da estrela de Tabby após levantarem hipótese de ação alienígena e de cometas. Trata-se da estrela mais estranha da Via Láctea. Desde o fim do século XIX, a estrela de Tabby …

Ex-ditador da Tunísia Ben Ali morre aos 83 anos na Arábia Saudita

O ex-presidente da Tunísia Zine Ben Ali, 83 anos, morreu nesta quinta-feira. Ben Ali sofria de câncer e estava hospitalizado há uma semana, informou seu advogado Mounir Ben Salha. O ex-ditador tunisiano vivia exilado em Jeddah …

A luta pela vida de bebê com doença rara que recebeu doações de quase 1 em cada 10 belgas

Quase um em cada dez belgas colaborou com a campanha de um casal para arrecadar 1,9 milhão de euros (cerca de R$ 8,6 milhões) e salvar a vida de seu bebê. Pia, de nove meses, tem …

Fukushima: absolvidos três ex-dirigentes da empresa Tepco

Três ex-dirigentes da empresa Tepco foram absolvidos nesta quinta-feira (19), por um tribunal de Tóquio, que determinou que não podem ser considerados culpados pelas consequências da catástrofe nuclear ocorrida em Fukushima em 2011, após um …

Israel vive impasse político após eleição sem vencedor claro

Resultado oficial confirma que nenhum partido conseguiu obter maioria e indica cenário complicado para a formação de coalizões estáveis. Proposta de governo de unidade nacional levanta dúvidas sobre futuro de Netanyahu. Um dia após as eleições …

Rússia e China criarão frota de satélites que darão Internet rápida à Terra

Em projeto conjunto, Rússia e China irão desenvolver uma frota de satélites que deverá fornecer Internet rápida ao nosso planeta. A notícia foi dada pelo vice-premiê russo, Maksim Akimov, durante fala a jornalistas. De acordo com …

Vídeos de OVNIs são reais, afirma Marinha dos EUA

Os três vídeos feitos pelos militares dos EUA, que mostram imagens de “fenômeno aéreo não identificado”, são verdadeiros, de acordo com declarações da Marinha do país obtidas pelo The Black Vault, um site dedicado a …

DNA preservado em museu ajuda a identificar maior anfíbio do mundo

Um anfíbio recém-identificado é possivelmente o maior do planeta. Pesquisadores chegaram a essa conclusão com o auxílio do DNA coletado em um espécime que está preservado em um museu. Atingindo quase dois metros de comprimento, a …

Primeira relação sexual de uma a cada 16 americanas é sem consentimento

Um estudo publicado pela Associação Americana de Medicina mostrou que uma a cada 16 jovens do país teve a primeira relação sexual sem consentimento. A pesquisa também mostra os efeitos negativos a longo prazo deste …