Desertoras radioativas e um bebê sem sexo: houve um Chernobyl na Coreia?

Uma misteriosa “doença fantasma” e um bebê deformado morto pelos pais: são estes os horripilantes relatos de duas mulheres que viviam perto do local de testes nucleares e fugiram do país.

Duas desertoras da Coreia do Norte que viviam perto do local de testes nucleares usado por Pyongyang declararam à NBC que acreditam ter estado expostas a radiação e temem pela saúde dos membros das suas famílias que ficaram no país.

Lee Jeong Hea, que fugiu em 2010, vivia no distrito de Kilju, na região onde se encontra o local de testes nucleares da Coreia do Norte, Punggye-ri.

“Morreram tantas pessoas que começamos a chamar de ‘doença fantasma‘. Pensávamos que estávamos morrendo porque éramos pobres e comíamos mal. Agora sabemos que foi por causa da radiação”, indicou Lee.

Rhee Yeong Sil, outra desertora que fugiu em 2013, contou que durante anos não fazia ideia de que a Coreia do Norte realizava testes nucleares naquela zona. Rhee afirma que vivia a poucos quilômetros do local de testes Punggye-ri e que um dia sua vizinha deu à luz um bebê completamente deformado.

Não conseguimos sequer determinar o sexo do bebê, porque nem genitais tinha. Na Coreia do Norte, geralmente, as pessoas matam os bebês deformados. Por isso, eles mataram o bebê“, revelou.

Além disso, as desertoras relataram histórias de trutas que morrem nos rios que passam pela montanha e que os preciosos cogumelos de pinho desapareceram há muito tempo daquele lugar.

A exposição a longo prazo a baixas doses de radiação pode causar câncer, segundo a Organização Mundial de Saúde. Além disso, este tipo de contaminação pode afetar o funcionamento de tecidos e órgãos.

No entanto, as doenças descritas pelas duas mulheres poderiam ter sido causadas por diferentes fatores: algumas das informações de Rhee e Lee sobre a exposição à radiação datam da década de 1990 e até mesmo 1980, enquanto que o primeiro teste nuclear no país aconteceu em 2006.

A discrepância levanta dúvidas nos especialistas, que afirmam que se algum material radioativo tivesse se infiltrado, os sensores o teriam detectado: algo diferente de uma contaminação radioativa impactou o ambiente e provocou as enfermidades registradas no local, ou a Coreia do Norte realiza testes nucleares há mais tempo do que se pensava?

Ciberia // ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA:

Cientistas descobrem porque os incas tinham "crânios extraterrestres"

A aparência "extraterrestre" dos crânios dos incas, como no filme "Alien", tem suscitado o interesse dos cientistas desde há muito tempo. Investigadores estadunidenses parecem ter encontrado a resposta para este enigma. Muitos povos antigos tinham tradições …

Resultados da Lava Jato garantem bloqueio de US$ 44 milhões no exterior em 2018

O Ministério da Justiça (MJ) informou nesta sexta-feira (23) que, em 2018, as investigações da Operação Lava Jato levaram ao bloqueio de mais de US$ 44 milhões (R$ 142,61 milhões, ao câmbio do dia) no …

Avião hipersônico vai voar de Pequim a Nova York em apenas 2 horas

Os testes aerodinâmicos da versão modernizada da aeronave demonstraram resultados “surpreendentes”. Um grupo de cientistas chineses desenhou um avião ultrarrápido capaz de transportar dezenas de pessoas e toneladas de carga entre Pequim e Nova York em …

Lançamento de satélites da SpaceX é um sucesso

O projeto deverá contar com 12 mil satélites, ou seja, mais que o dobro de todos que já foram enviados ao espaço até então. A SpaceX, recentemente, adiou o lançamento dos satélites experimentais em função da …

Temer afirma que não é candidato à Presidência

O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira que não será candidato à reeleição, e que o decreto para intervir na segurança pública do Rio de Janeiro não foi “jogada eleitoral”. Presidente nega intenções eleitorais na intervenção …

Juíza italiana revela violências de Robinho contra vítima de estupro

A vida de Robinho ganha contornos cada vez mais dramáticos. Condenado em novembro de 2017, acusado de estupro coletivo, o ex-atacante do Santos teve agora os detalhes do crime revelados por uma das juízas responsáveis …

Estudo comprova: antidepressivos são mais eficazes que o placebo

Um estudo recente liderado pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, concluiu que os antidepressivos fazem efeito e que são efetivamente mais ativos do que o placebo na cura dos sintomas de depressão aguda nos …

Brasil quer acordo com a SpaceX para enviar missões ao espaço até 2021

De acordo com rumores recentes, o Brasil pode estar tentando conseguir uma parceria com a fabricante de aviões SpaceX com a finalidade lançar foguetes próprios ao espaço até o ano de 2021. Se o acordo for …

Oxfam é proibida de operar no Haiti por denuncias de má conduta sexual

Nesta quinta-feira (22), o Haiti decretou a suspensão durante dois meses das atividades da ONG britânica Oxfam, depois da revelação de abusos e má conduta sexual cometidos por funcionários. Nos próximos dois meses, o grupo de …

É possível estudar na Irlanda de graça; e em qualquer curso

O governo da Irlanda vai pagar para quem quiser estudar lá. O apoio financeiro é dado por meio do Programa Internacional Education Scholarships. Estudantes internacionais podem receber bolsas de estudo com duração de um ano, …