Acidente nuclear matou 200 pessoas e coloca Coreia do Norte sob risco de radiação

(dv) KNS / KCNA

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Um túnel do complexo de testes nucleares da Coreia do Norte colapsou, matando 100 pessoas. Outras 100 pessoas, enviadas na tentativa de salvamento das primeiras vítimas, morreram também. O acidente aconteceu no início deste mês, havendo risco de exposição à radiação causada pelo acidente.

O colapso de um túnel do complexo de testes nucleares de Punggye-ri, na Coreia do Norte, matou cerca de 200 pessoas. O acidente aconteceu no início deste mês, mas só foi noticiado nesta terça-feira (31) pela agência estatal sul-coreana Yonhap e pela cadeia de televisão japonesa TV Asahi, que citam fontes norte-coreanas.

Segundo o The Telegraph, 100 pessoas teriam ficado inicialmente soterradas no colapso do túnel, então, durante as tentativas de salvamento, o túnel teria desmoronado de novo, matando outras 100 pessoas envolvidas na missão de socorro.

Segundo a imprensa sul-coreana, o acidente pode ter provocado fuga de radiação.

A televisão japonesa informa que os colapsos poderiam ter sido provocados pelos testes nucleares que a Coreia do Norte realizou no início de setembro, que teriam potencialmente enfraquecido os terrenos em volta do complexo nuclear de Punggye-ri.

Um estudo publicado em setembro pelo 38 North / US-Korea Institute, da Universidade Johns Hopkins, sugeria que o 6º ensaio norte-coreano tinha causado “danos substanciais no túnel”, e imagens de satélite captadas após os testes de 3 de setembro mostravam sinais de danos significativos na superfície do local, incluindo desabamentos de terra.

A Coreia do Norte anunciou ter testado com sucesso, no dia 3 de setembro, uma nova e poderosa bomba de hidrogênio, desenvolvida para ser instalada em um míssil balístico intercontinental. O dispositivo é muito mais poderoso do que a bomba atômica.

As autoridades sul-coreanas divulgaram então que o teste ocorreu em Kilju County, próximo de Punggye-ri, localizado no Norte do país, local onde habitualmente Pyongyang leva a cabo seus testes nucleares.

O anúncio do “sucesso absoluto” do teste de uma bomba de hidrogênio, conhecida como “bomba H”, foi feito pela âncora da televisão estatal norte-coreana KCTV, horas depois de Seul e Tóquio terem detectado uma atividade sísmica incomum na Coreia do Norte.

A agência meteorológica da Coreia do Sul registrou na altura um sismo de magnitude 3.0 na Coreia do Norte, mas avaliou o evento como um fenômeno natural, ao contrário de especialistas chineses, que se referiram a uma “explosão”.

Um funcionário da agência meteorológica sul-coreana, que não se quis identificar, explicou então que foi detectado um terremoto na área ao redor de Kilju, província no noroeste da Coreia do Norte onde fica o local de testes nucleares Punggyeri, garantindo que o abalo não foi provocado por uma explosão artificial.

Mas segundo a Sky News, as autoridades chinesas suspeitam que o sismo de 3,4 de magnitude possa ter sido uma explosão causada por um novo teste nuclear.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …

Covid-19: Governo chinês recompensa quem se vacina distribuindo ovos

Primeiro país afetado pela Covid-19, mas também o primeiro a se recuperar da pandemia, a China ainda encontra dificuldades para convencer sua população a se vacinar contra o coronavírus. O governo em algumas regiões …

Bloomberg revela planos de Biden de cortar orçamento do Pentágono

A administração Biden alegadamente pretende propor ao Pentágono um orçamento menor do que sob a administração Trump, reportou a agência Bloomberg citando três fontes. De acordo com agência, o orçamento será US$ 7 bilhões menor (cerca …

Cientistas revelam ameaça de grande desabamento de plataformas de gelo na Antártida

Novo estudo demonstrou que mais de um terço da área das plataformas de gelo na Antártida pode cair no mar se as temperaturas globais aumentarem em quatro graus, em comparação com o nível pré-industrial. De acordo …

“É como um lindo instrumento”: mais de 2 mil microfones desvendam o mistério o zunido dos beija-flores

O beija-flor faz um agradável zumbido quando paira na frente das flores para se alimentar. Mas só agora ficou claro como suas asas gera o som harmônico enquanto bate suas asas a impressionantes 40 vezes …

Barroso determina que presidente do Senado instale "CPI da covid"

Pedido para criar a comissão foi protocolado no início de fevereiro, mas Rodrigo Pacheco resistia. Colegiado deve apurar irregularidades e pode gerar desgaste ao governo. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou …

Cientistas descobrem segredo do computador de mais de 2 mil anos

A Máquina de Anticítera permanecia há mais de um século como um dos grandes mistérios do planeta até março desse ano: espécie de primeiro computador da história, o mecanismo com mais de 2 mil anos …

Família real britânica: morre príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth 2ª

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth 2ª, morreu nesta sexta-feira (09/04) aos 99 anos, anunciou o Palácio de Buckingham. Em um comunicado, o palácio disse: "É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anunciou …

Dinamarca suspende vistos e se torna 1° país europeu a ordenar retorno de refugiados à Síria

A Dinamarca acredita que a situação na província de Damasco se encontra atualmente estabilizada e decidiu suspender as autorizações de residência temporária de várias centenas de sírios. Trata-se do primeiro país europeu a ordenar …