Acidente nuclear matou 200 pessoas e coloca Coreia do Norte sob risco de radiação

(dv) KNS / KCNA

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Um túnel do complexo de testes nucleares da Coreia do Norte colapsou, matando 100 pessoas. Outras 100 pessoas, enviadas na tentativa de salvamento das primeiras vítimas, morreram também. O acidente aconteceu no início deste mês, havendo risco de exposição à radiação causada pelo acidente.

O colapso de um túnel do complexo de testes nucleares de Punggye-ri, na Coreia do Norte, matou cerca de 200 pessoas. O acidente aconteceu no início deste mês, mas só foi noticiado nesta terça-feira (31) pela agência estatal sul-coreana Yonhap e pela cadeia de televisão japonesa TV Asahi, que citam fontes norte-coreanas.

Segundo o The Telegraph, 100 pessoas teriam ficado inicialmente soterradas no colapso do túnel, então, durante as tentativas de salvamento, o túnel teria desmoronado de novo, matando outras 100 pessoas envolvidas na missão de socorro.

Segundo a imprensa sul-coreana, o acidente pode ter provocado fuga de radiação.

A televisão japonesa informa que os colapsos poderiam ter sido provocados pelos testes nucleares que a Coreia do Norte realizou no início de setembro, que teriam potencialmente enfraquecido os terrenos em volta do complexo nuclear de Punggye-ri.

Um estudo publicado em setembro pelo 38 North / US-Korea Institute, da Universidade Johns Hopkins, sugeria que o 6º ensaio norte-coreano tinha causado “danos substanciais no túnel”, e imagens de satélite captadas após os testes de 3 de setembro mostravam sinais de danos significativos na superfície do local, incluindo desabamentos de terra.

A Coreia do Norte anunciou ter testado com sucesso, no dia 3 de setembro, uma nova e poderosa bomba de hidrogênio, desenvolvida para ser instalada em um míssil balístico intercontinental. O dispositivo é muito mais poderoso do que a bomba atômica.

As autoridades sul-coreanas divulgaram então que o teste ocorreu em Kilju County, próximo de Punggye-ri, localizado no Norte do país, local onde habitualmente Pyongyang leva a cabo seus testes nucleares.

O anúncio do “sucesso absoluto” do teste de uma bomba de hidrogênio, conhecida como “bomba H”, foi feito pela âncora da televisão estatal norte-coreana KCTV, horas depois de Seul e Tóquio terem detectado uma atividade sísmica incomum na Coreia do Norte.

A agência meteorológica da Coreia do Sul registrou na altura um sismo de magnitude 3.0 na Coreia do Norte, mas avaliou o evento como um fenômeno natural, ao contrário de especialistas chineses, que se referiram a uma “explosão”.

Um funcionário da agência meteorológica sul-coreana, que não se quis identificar, explicou então que foi detectado um terremoto na área ao redor de Kilju, província no noroeste da Coreia do Norte onde fica o local de testes nucleares Punggyeri, garantindo que o abalo não foi provocado por uma explosão artificial.

Mas segundo a Sky News, as autoridades chinesas suspeitam que o sismo de 3,4 de magnitude possa ter sido uma explosão causada por um novo teste nuclear.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Por que o príncipe da Arábia Saudita hackeou celular de Jeff Bezos, segundo investigação da ONU

Uma intriga internacional envolve, desde 2018, o homem mais rico do mundo e uma ditadura ultrafechada acusada de matar seus inimigos com requintes de crueldade. E, agora, o caso está sendo investigado por especialistas em …

Garoto de apenas 6 anos arrecada $270 mil para ajudar animais em incêndios australianos

Nos incêndios que devastaram algumas regiões da Austrália, mais de 1 bilhão de animais morreram. No esforço para salvar os animais resgatados e tentar, o mais rápido possível, lhes oferecer um novo lar, este garotinho …

A descoberta dessa nova célula imunológica pode ser um tratamento “universal” para o câncer

Um novo estudo da Universidade de Cardiff (País de Gales) descobriu um tipo de célula imune que poderia levar a uma “terapia universal” contra o câncer. Estamos falamos de uma célula T equipada com um tipo …

Governo brasileiro diz que UPS está interessada na privatização dos Correios

A privatização dos Correios tem despertado o interesse de diversas empresas estrangeiras de logística. Há algum tempo, Alibaba e Amazon manifestaram desejo em participar do processo de desestatização da estatal brasileira. Agora, a UPS também teria …

Coronavírus. OMS diz que ainda é cedo para decretar urgência internacional

Em uma reunião realizada nesta quinta-feira (23) em Genebra, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, descartou, por enquanto, lançar um alerta de urgência internacional contra o coronavírus que se espalha …

Parlamento britânico valida definitivamente acordo do Brexit

O Parlamento britânico adotou em definitivo o acordo do Brexit, abrindo caminho para a saída do Reino Unido da União Europeia dentro de nove dias. O texto que regula os termos do divórcio, negociado entre o …

Brasil piora em ranking mundial de corrupção

O Brasil caiu uma posição no principal ranking internacional de corrupção, passando da 105ª para a 106ª entre 180 países, segundo o relatório divulgado nesta quinta-feira (23/01) pela ONG Transparência Internacional. O Brasil continua sendo um …

Cidade inteira é colocada em quarentena na China por causa de vírus exótico que se espalha pelo mundo

A China colocou toda a cidade de Wuhan sob quarentena para tentar evitar o contágio do vírus mortal 2019-nCoV, uma nova cepa do coronavírus identificada pouco tempo atrás. O município é o local onde uma epidemia …

Ministro astronauta mostra Terra esférica no Instagram para calar terraplanistas

Talvez quem escolhe acreditar no terraplanismo realmente não queira aceitar provas de que a Terra é esférica, mas, de qualquer forma, muita gente continua tentando convencê-los de que acreditam em uma falácia. Dessa vez foi o …

Macron bate boca com policiais israelenses em Jerusalém

O presidente francês, Emmanuel Macron, discutiu nesta quarta-feira com agentes do serviço de segurança de Israel (Shabak) que faziam sua segurança durante uma visita à Cidade Velha de Jerusalém. Macron foi filmado dizendo em …