Diana, a princesa que lutou por uma monarquia menos rígida e mais popular

Nick Parfjonov / Wikimedia

Diana de Gales, a Princesa do Povo

O Reino Unido lembra amanhã, 31 de agosto, o 20º aniversário da morte de Diana de Gales, mãe dos príncipes William e Harry, que lutou a favor de uma monarquia britânica menos rígida e mais próxima de seus súditos.

Por ocasião da data, documentários sobre a vida da princesa, exposições com seus vestidos e objetos pessoais e imagens inéditas foram divulgados e mostraram alguns de seus segredos mais íntimos.

Diana, que estava divorciada do herdeiro ao trono britânico, o príncipe Charles, morreu em um acidente de trânsito em Paris.

Seus filhos quiseram homenageá-la mostrando ao público, em um documentário transmitido recentemente, uma coleção de fotos carinhosas e até então inéditas, que mostram uma Diana alegre aproveitando um piquenique ou passando um dia em um parque de diversões.

Com esse documentário, os príncipes quiseram aproximar os valores da sua mãe das novas gerações, como seu trabalho para ajudar aos mais desfavorecidos ou sua campanha para combater as minas terrestres.

William e Harry disseram no documentário “Diana, a nossa mãe: vida e legado”, transmitido há algumas semanas pela emissora ITV, que falar sobre a trágica morte “teve um efeito balsâmico“, ainda que tenham ressaltado que se tratava da “última vez que o fariam de uma forma tão sincera”.

Talvez uma das declarações mais reveladoras foi a do príncipe Harry, que se expressou pela primeira vez sem rodeios e criticou os ‘paparazzi’ que a seguiram pelo túnel da Ponte de l’Alma, em Paris, e fizeram fotos do local do acidente enquanto sua mãe morria no banco de trás do veículo.

Por sua vez, William mostrou ter um estilo de monarquia próxima do povo ao estilo de sua mãe, como pôde ser visto em junho, quando o príncipe consolou as vítimas do devastador incêndio na Torre Grenfell, no oeste de Londres, no qual pelo menos 80 pessoas morreram.

A BBC também transmitiu o documentário “Diana em suas próprias palavras”, composto por áudios e vídeos gravados pelo seu professor de oratória, Peter Settelen, e nos quais a princesa contava detalhes da sua vida particular e pública.

Em alguns trechos do vídeo é possível escutar Diana falando que estava em um “casamento a três”, em referência à relação extramatrimonial que Charles tinha com Camilla Parker Bowles, a atual duquesa da Cornualha e esposa do príncipe de Gales.

Por ocasião do aniversário, o povo britânico volta a lembrar uma das mulheres mais famosas do mundo, que se caracterizava pela sua elegância, seu trabalho humanitário e por ser generosa e ter “compaixão e vocação de serviço”, como contou Tessy Ojo, diretora da entidade beneficente Diana Awards, dedicada a ajudar aos jovens mais desfavorecidos.

Diana estava em um carro com seu namorado, Dodi al Fayed, quando aconteceu o acidente fatal, depois que ‘paparazzi’ os perseguiram desde que saíram do hotel Ritz. Na tragédia também morreram Dodi e o motorista, Henri Paul.

Diana, ou simplesmente Lady Di, é lembrada no Reino Unido como a “princesa do povo”, como disse o ex-primeiro-ministro Tony Blair após saber da sua morte naquele domingo, 31 de agosto de 1997.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …

Imagens do satélite Amazonia-1 já estão disponíveis — e qualquer um pode acessar

O Ministério da Ciência e Tecnologia comunicou, nesta semana, que as imagens do Amazonia-1 já podem ser acessadas pelo público. O satélite Amazonia-1 foi lançado em fevereiro de 2021 e, desde então, já avançou por etapas importantes, …

Alemanha acusa médico sírio de crimes contra a humanidade

Promotores federais da Alemanha acusaram nesta quarta-feira (28/07) um médico sírio de assassinato e crimes contra a humanidade. O suspeito enfrenta 18 acusações de tortura contra pacientes de hospitais militares nas cidades sírias de Homs e …

Suposto 'padrão' citado por Bolsonaro não indica fraude eleitoral; presidente admite não ter provas

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live semanal desta quinta-feira (29/07) para fazer uma apresentação questionando a lisura das últimas eleições e apontando o que considera ser "fortíssimos indícios" de fraudes nas urnas eletrônicas. No entanto, …