Dormir mais de 10 horas aumenta o risco de doenças cardiovasculares

quinnanya / Flickr

-

A conclusão é da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e do Instituto do Sono, na última edição do World Congress on Brain, Behavior and Emotions, congresso sobre o cérebro realizado em Porto Alegre.

Os cientistas apresentaram evidências de uma série de estudos nacionais e internacionais que identificaram os riscos à saúde associados à prática de dormir muito ou pouco.

Por exemplo, em uma pesquisa da Universidade do Nevada (EUA) e publicada no periódico Sleep Medicine neste ano, os autores concluíram que dormir de duas a quatro horas por noite aumenta em duas vezes o risco de sofrer enfarte ou Acidente Vascular Cerebral (AVC). Já entre os que dormem mais de dez horas, esse risco é sete vezes maior.

E segundo falou no congresso a pesquisadora da Unifesp e palestrante, Lenise Jihe Kim, o fenômeno pode estar associado às características do sono de quem dorme demais.

“Basicamente, as pessoas que dormem mais teriam maiores despertares durante a noite, ou seja, um sono mais fragmentado. E a cada despertar elevam a pressão arterial e a frequência cardíaca. Isso, cronicamente, leva à hipertensão e à inflamação, alterações cardiometabólicas que favorecem um AVC ou um enfarte”, disse a especialista, citada pelo O Estado de S. Paulo.

Até há poucos anos, os estudos dessa temática ficavam mais restritos aos riscos da privação do sono e não do excesso dele. “A temática das pessoas que dormem muito é bastante recente. Temos registros de alguns estudos um pouco mais antigos, mas pesquisas epidemiológicas com evidências populacionais são de 2016 para 2017”, disse.

Um dos primeiros estudos que já apontavam os riscos de passar muitas horas na cama – conduzido por pesquisadores de Baltimore, nos Estados Unidos, e publicado em 2009 no Journal of Sleep Research – mostrou que o risco de morrer por uma doença cardiovascular era 38% maior entre os que dormem muito em comparação com quem dorme oito horas por noite.

O índice é bem maior do que o encontrado entre os que dormem pouco. Nesse grupo, o risco de mortalidade era 6% maior.

Lenise explica que uma das hipóteses é que a pessoa que dorme demais, ao contrário daquele que sofre com insônia, não percebe que se trata de um problema de saúde. “Ela não reconhece bem os sintomas, acha que, por ter a oportunidade de dormir mais, não tem problemas e não procura serviços médicos. Mas a verdade é que os que dormem mais horas costumam sofrer mais com problemas como ronco e apneia do sono”, relatou.

E não é só o número de horas que define uma “pessoa que dorme muito”. “São aquelas pessoas que dormem mais do que a média da população, que é de sete a oito horas por noite, mas que fazem isso porque precisam dessa quantidade de horas. Não é simplesmente porque têm uma oportunidade de dormir mais em um fim de semana, por exemplo, é porque tem a necessidade de dormir muito para se sentirem bem no dia seguinte”, afirma.

No outro extremo, o dos que passam poucas horas na cama, os pesquisadores apontaram como riscos problemas cardiovasculares, obesidade e outras doenças associadas ao excesso de peso. Dormir de duas a quatro horas por noite eleva o risco de ganhar peso em 200%.

O motivo é que a restrição de sono provoca alterações metabólicas que alteram hormônios. Isso aumenta a nossa fome e diminui a sensação de saciedade. Ou seja, sem dormir bem, acabamos comendo mais do que comeríamos em um dia normal e vamos preferir comidas calóricas, ricas em gordura e açúcares, segundo explicou Monica L. Andersen, diretora do Instituto do Sono, professora da Unifesp e também palestrante do congresso.

O sistema de defesa do organismo também fica mais frágil com a privação de sono, segundo Sergio Tufik, presidente do instituto e também professor da Unifesp. “Dormir pouco prejudica o sistema imunológico e deixa o nosso corpo mais suscetível até mesmo ao crescimento de células tumorais. Essas células estão presentes em todas as pessoas, mas, com o sistema de defesa funcionando bem, a chance de as combatermos é maior”, contou.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bug no sistema do McDonald's forneceu lanches de graça sem limite de quantidade

Imagine você poder realizar quantos pedidos quiser no McDonald's e não ter que arcar com um só centavo para isso. Bem, essa mamata virtual era o que vinha acontecendo no sistema da multinacional de fast-food …

Governo chinês está até "queimando" dinheiro para combater o coronavírus

A briga do governo chinês contra o Covid-19 (também conhecido como "novo coronavírus") tem colocado diversos órgãos governamentais em alerta, e o governo da China parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença …

Maior organização de escoteiros dos EUA declara falência após processos de abuso sexual

O grupo Boys Scouts of America, principal movimento de escoteiros dos Estados Unidos, apresentou um pedido de falência nesta terça-feira (18), em um esforço para salvaguardar as indenizações às vítimas de abuso sexual, afirma um …

Ações humanas alteram dispersão de sementes na Amazônia, aponta estudo

Análise de mais de 26 mil árvores demonstra que atividades como queimadas e desmatamento abalam o equilíbrio entre fauna e flora. Com degradação, restam animais pequenos na floresta, que espalham sementes menores. Quando se fala em …

Sucesso nas apostas depende do apostador

Se você quer ter lucro nas apostas, precisa fundamentalmente de duas coisas: ter vantagem em relação à casa de apostas e um método de apostas bem rigoroso. Falamos disso porque muitos dos apostadores deixam dinheiro às …

Bezos doará US$ 10 bilhões para combater mudanças climáticas

Dono da Amazon anuncia fundo para financiar pesquisas voltadas a reduzir impactos do aquecimento global. Empresa tem enorme pegada de carbono por uso de combustíveis fósseis no transporte de produtos. O multimilionário americano Jeff Bezos afimou …

Jogador alvo de racismo toma atitude que todo mundo deveria ter e abandona gramado

Na última rodada da Liga Portuguesa, o Porto venceu fora de casa Vitória de Guimarães por 2 a 1. O gol que definiu a partida foi do malinês Marega. O ponta de lança recebeu um …

Ministra da Saúde de Macron vai disputar prefeitura de Paris em batalha de mulheres

O partido presidencial francês e seus aliados centristas encontraram neste domingo (16) na ministra da Saúde, Agnès Buzyn, 58, a sucessora ideal para Benjamin Griveaux. O candidato de Emmanuel Macron ao cargo de prefeito de …

Organização vende suposto DNA de Donald Trump e outros líderes globais

Nesta sexta-feira, uma organização chamada Earnest Project passou a oferecer a chance de possuir amostras de DNA de alguns líderes mundiais e outras celebridades. O grupo alega que coletou clandestinamente itens descartados pelos participantes do Fórum …

Tribunal alemão suspende derrubada de floresta para fábrica da Tesla

Justiça ordena que gigante americana interrompa corte de árvores nos arredores de Berlim enquanto analisa pedido de associação ambiental. Empresa de Elon Musk planeja construir ali sua primeira "gigafábrica" da Europa. Um tribunal na Alemanha determinou …