Em processo de impeachment de Donald Trump, advogados desistem do caso

Jason Szenes / EPA

Donald Trump discursa nas Nações Unidas

Alguns dos advogados do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desistiram de defendê-lo às vésperas do início do julgamento do seu impeachment, informaram a CNN e outros meios de comunicação americanos neste sábado. Por trás dos abandonos de causa estariam as divergências de estratégia na defesa do antigo inquilino da Casa Branca.

Ao todo, cinco advogados jogaram a toalha. E entre eles, dois advogados cotados para liderar a equipe de advogados do bilionário nova-iorquino: Butch Bowers e Deborah Barbier, de acordo com a mídia americana.

Vale lembrar que o julgamento de Donald Trump por “incitamento à insurgência”, após a ocupação do Capitólio em 6 de janeiro por seus partidários, deve começar em 9 de fevereiro.

Essas tensões decorrem de divergências sobre as escolhas táticas do ex-presidente e seus advogados. Donald Trump quer que seus advogados continuem defendendo a tese da fraude eleitoral que levou à vitória de Joe Biden, em vez de focar na legalidade do processo contra um presidente que já está fora do cargo, afirma a CNN. Trump teria chegado a dizer que seu caso é muito simples e que ele mesmo poderia se defender.

O advogado pessoal do ex-presidente, Rudolph Giuliani, deixou claro que estaria pronto para defender seu cliente neste segundo julgamento de impeachment. A contrapartida é que ele mesmo pode vir a ser chamado como testemunha, uma vez que ele se dirigiu aos partidários de Donald Trump no dia de sua incursão ao Capitólio.

Em resposta à informação da imprensa, Jason Miller, assessor de Trump, marcou presença no Twitter: “Trabalhamos muito, mas ainda não tomamos uma decisão final sobre nossa equipe jurídica, faremos isso em breve”.

O julgamento acontecerá?

A abertura do processo de impeachment está prevista para 9 de fevereiro, mas com apenas cinco senadores republicanos prontos para se juntarem aos 50 senadores democratas. Considerando que, para que o julgamento aconteça, é necessária uma maioria de dois terços, ou seja, 67 senadores, que provavelmente não será alcançada, especifica a AFP.

Dezessete republicanos teriam que ficar do lado dos democratas para que Donald Trump fosse condenado após esse julgamento, enfatiza Anne Corpet, correspondente da RFI em Washington.

A votação de uma moção de censura, menos severa, requer o voto de pelo menos dez senadores republicanos para ter chance de ser aprovada, o que alguns consideram, no entanto, possível.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sinais de possível 1º exoplaneta fora da Via Láctea são detectados

Pela primeira vez na história, é possível que os cientistas tenham descoberto um planeta em outra galáxia. O possível exoplaneta recebeu o nome de M51-ULS-1 e se encontra a 28 milhões de anos-luz de distância na …

China vai vacinar crianças a partir de três anos contra a covid-19

Imunizantes aprovados são das farmacêuticas chinesas Sinopharm e Sinovac, fabricante da Coronavac. País será um dos primeiros a começar a vacinar essa faixa etária. No total, China já vacinou 76% da população. Ao menos cinco províncias …

"Bolsonaro ignora todas as necessidades culturais dos brasileiros", diz Gilberto Gil à revista Télérama

A imprensa francesa desta segunda-feira (25) destaca o show de Gilberto Gil nesta noite na Filarmônica de Paris. O músico brasileiro conversou com o jornal Le Monde e com a revista Télérama. "Gilberto Gil", embaixador …

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …

Forças Armadas da Noruega assinam contrato bilionário de mísseis para caças F-35

Noruega tem sido um parceiro ativo no programa de caças dos EUA F-35, tendo em conta que 18 empresas deste país nórdico são parceiros diretos. Subsequentemente, a Noruega decidiu adquirir 52 caças F-35 para substituir …

Brasil fez lobby para mudar relatório climático, diz Greenpeace

Vários países, entre eles o Brasil, tentaram fazer mudanças em um crucial relatório da ONU sobre como combater o aquecimento global, afirmou o Greenpeace nesta quinta-feira (21/10), citando um grande vazamento de documentos. Os documentos aos …

Site da Coreia do Sul é usado para hospedar vírus e distribuí-lo via torrents

Uma campanha de distribuição de malwares na Coreia do Sul está disfarçando cavalos de troia de acesso remoto como um jogo para o público adulto, compartilhado via serviço de hospedagem de arquivos, como o WebHard, …